Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

sábado, 27 de maio de 2017

A Liberdade é possível.

Geralmente falamos de liberdade como se fosse algo utópico, algo que nunca será alcançado mas que deve ser sempre buscado. 
Não são necessárias coisas externas pra sermos livre. 
Não precisamos de bebidas, drogas, leis, religiões, "modinhas". 
Liberdade não tem nada a ver com uma vida desequilibrada, desregrada. Isso é escravidão! 
Quem precisa dessas coisas pra "provar que é livre", só prova quão escravo ainda é. 
Liberdade não tem a ver com o lugar externo onde você está agora, tem a ver com o lugar interno em que você vive. 
Todas essas coisas que citei acima nos dão a "falsa sensação de liberdade". 
Sim, incluí a religião. Pois há muita gente que segue religiões e é preso, é escravo da culpa, da justiça própria, do "merecimento",... 

A grande questão é que há, SIM, uma forma de ser liberto: conhecendo A Verdade. 
 A Verdade está em maiúsculo porque é sujeito próprio. 
Disse Jesus: "EU sou O Caminho, A Verdade e A Vida". 
Liberdade não é um lugar físico, é um lugar no espírito. 
"Onde o Espírito de Deus está, ali há liberdade." 
E onde Ele habita? Dentro de nós. Dentro de quem crê Nele. 
Ou seja, pra ser livre só é necessária uma coisa: CONHECER A VERDADE. Conhecer Jesus. Num papo reto mesmo! Conversar com ELE, alimentar-se Dele. Abrir mão de ensinamentos errados e abrir-se para o que ELE diz em Sua Palavra. 

Muitaaaaaa gente me diz: "você é tão livre e expressa tanto Deus, é interessante isso!"
Sim, porque prisão não representa Deus. Jesus veio pra nos libertar mesmo. Libertar do pecado, da morte, do Ego... 
Luto pra manter-me livre através da renovação da mente (lendo a Bíblia). Porque permanecer livre num mundo que tenta nos escravizar o tempo inteiro através da relativização (entre outras coisas) é desafiador! 
 Liberdade não tem a ver com a roupa que você usa, com a maquiagem, com o cabelo, ... Essas coisas são rótulos. E rótulos são rasos, são apenas máscaras...E eu falo de profundidade. 
Ser livre é um estado de espírito conquistado através de Jesus, por permanecermos Nele. É uma forma de viver que mesmo que você esteja no fundo do poço, estará livre. 

Obs: me uso como exemplo não porque "me acho", e sim porque "O achei". E é preferível falar de mim, pois só sei de mim. Cada um sabe de si.

Nenhum comentário:

Postar um comentário