Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

domingo, 25 de dezembro de 2016

Estou "certa", mas me pareço com Cristo?

Pra mim, a evolução do ser humano está bem ligada ao "parecer-se com Cristo". 
Aí, há momentos que vêm colocar em "xeque" nosso aprendizado. No caso, o MEU aprendizado. [porque a vida será sempre assim, aprendendo até chegar "a estatura do Varão Perfeito"]
Dia após dia, ELE vai sendo construído em nós (quando permitimos), mas pra isso, o "EU" precisa sair do centro para que ELE reine. Enfim, vamos aos fatos. 

Esses dias me deparei com uma situação comum, nada extraordinário. E claro, tive uma pequena "guerra interna": agir como "a maioria diz" ser saudável ou agir como Cristo? 
[É, porque muitas vezes, o saudável 'que dizem' vai na contramão da Cruz ]. 
A resposta parece óbvia (no meu caso, que vivo Nele), mas minhas emoções queriam gritar, eu queria falar, eu estava cheia de razão! E a resposta geral era : "você está certa!". 
Era muito "EU"!!!! E na vida com Deus é "Não mais eu quem vivo, mas Cristo em mim". 
Eu sei, parece loucura ou "falta de amor próprio". Mas não é isso. É consciência da Identidade que ELE me deu, e essa identidade me torna livre do EGO e da necessidade de provar o "amor próprio". 

Sim, eu estava certa, não estava exigindo nada de mais, nada que fosse desumano ou absurdo. Mas minhas emoções estavam querendo tomar partido, e estavam me PARTINDO, dividindo, colocando em dúvida minha própria Fé. Minhas emoções estavam se sobressaindo ao meu espírito (ali, onde Deus habita em mim, onde a Fé atua). 
Errei. Não na visão geral, não na visão do povo, mas na visão espiritual. 
 Me deu até vergonha de mim mesma. Como pude agir ou pensar assim? Mas tudo bem, ainda bem que existe a Graça, e podemos sempre aprender e melhorar! 

Pra concluir, minha lição foi: mesmo que todos te amem e digam conselhos por causa desse amor, fique com o Amor e a Palavra de Deus. As coisas Dele são eternas. 
Podem não ser atitudes fáceis, mas te garanto que quando agimos guiados por Jesus, não há arrependimento. Podemos confiar Nele. 
O primeiro passo pode ser doloroso (o passo da morte do ego), mas a estrada é bem mais leve! 
O caminho da Cruz dói mesmo, mas o resultado final é RESSURREIÇÃO, é vida de Deus jorrando a partir de nós. E sejamos sinceros, é da vida Dele que precisamos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário