Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Saia da gaiola.

Não queira que eu volte pra gaiola só porque você não entende meu percurso, só porque você optou por não voar. 
Sou águia, nasci pra viver em lugares altos. 

Se queremos libertar pessoas, sejamos primeiramente LIVRES. 
Sabe o que motiva alguém a ser livre? Não é nos ver dentro da gaiola com a chave na mão. É nos ver voando!
Quando alguém livre te vê voando, ele admira. 
Quando é alguém "engaiolado", critica. 
Mas estou falando da VERDADEIRA LIBERDADE. 
"Foi pra Liberdade que Cristo nos libertou". 
Somos livres do pecado, livres da religião, livres de escravidões, ego, ... Livres para sermos plenos dentro de nossa singularidade. 
 EM DEUS - não na religião - está nossa liberdade. Você não a encontrará fora Dele. 

Aos que ainda se encontram presos, tenho uma boa notícia: a gaiola está aberta, é só empurrar a porta e ousar voar! 
Como? Com as asas da Fé.

Mas estou falando de liberdade e não de libertinagem.

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

A hora da resposta.

Dias atrás me fizeram uma pergunta. 
Eu tinha a resposta já, eu sabia o que responder mas não era a hora, aquele momento estava tumultuado, a mente já estava cansada (de ambos) e eu não respondi. 
Preferi pensar mais uns dias. 
Aí vc pode perguntar: "mas pra quê demorar se você já sabia a resposta?" 
Sabe, tenho aprendido que, às vezes, a gente até sabe a resposta mas não é a hora de responder. 
Saber a resposta é ter conhecimento. Discernimento para a hora de responder é sabedoria. 
Uma resposta certa na hora errada pode se tornar inútil. 
E levando para o lado espiritual...Creio que Deus faça isso com a gente, afinal, ELE sabe de todas as coisas. Mas dar-nos essas respostas não depende DELE, depende de nosso preparo pra ouvir e entender. 
Então, se você acha que Deus não está te respondendo, pense bem. 
Talvez você é que não esteja ouvindo. OU talvez, você não entenderia a resposta agora. 
Uma criança do jardim de infância não entenderia uma resposta do sétimo ano. 
Quer uma resposta mais rápida? Corresponda ao nível de maturidade necessário mais rápido, escolha amadurecer, melhorar... 

Beijos 
Com Amor...

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Que óculos você tem usado?

Como é bom estar firmada em Deus! 
Como é bom simplesmente me disponibilizar para que ELE reine SOBERANO em minha vida. Acredite, as circunstâncias que vejo são, praticamente, as mesmas que você, mas vejo-as de um outro ângulo. Vejo-as de cima. 
Não porque sou melhor, mas porque escolhi descansar no colo de Deus. 
O ângulo faz toda a diferença. Os óculos emocionais e espirituais que usamos para a vida mudam tudo. 
É uma questão óbvia. Faça um teste: se você usa óculos em que as lentes são amarelas, o mundo fica amarelado. Se os óculos têm grau, você enxerga distorcido. 
Que "óculos" usar? Os óculos da VERDADE. 
O que é a Verdade? O que Deus diz. Por isso, a importância de conhecê-LO. Entre as inúmeras maravilhas que esse relacionamento nos proporciona, um deles é ter uma visão nítida (embora quase sempre na contramão) do mundo. 

Beijos 
Com Amor... 

#SóELEéRei



terça-feira, 1 de novembro de 2016

Sobre ser transparente... Sobre a vulnerabilidade...

Semana passada na aula de Pilates: 
-O que foi, Renatinha? Você tá preocupada, triste hoje... 
-É, umas guerrinhas internas... 

Essa semana: 
-Tá cansada hoje, ne? 
-Super!rs...Mas é só cansaço físico mesmo. 
-Eu sei...é perceptível. Você, pra mim, é como aquela vidraça: TRANSPARENTE. 
-Mas é porque você é um bom leitor de almas... 

É impressionante, ele consegue distinguir cada emoção minha. 
Engraçado, sou uma atriz que não consegue encenar na vida real. [Ainda bem!] 
Se bem que...dias atrás, em determinada situação, eu tentei não me expressar, não transparecer nada para tentar ter controle sobre minhas emoções...Uau! Como foi pesado viver UM DIA assim! Como conseguem? 
Eu até tentei entrar nessa onda de não me expor, pra não me sentir vulnerável, mas vai muito na contramão do que creio e do que sempre vivi. 
Na verdade, isso de fingir que não sente, segurar emoções é mais para que o outro não tenha controle sobre nós, ne?! Tolice! 
Afinal, é na vulnerabilidade que nos permitimos ser tocados e tocamos os outros. 
Não dá para nos isolarmos. Fazer isso é acatar uma vida desumana. 
E nós...somos HUMANOS! 
O ser humano precisa ser tocado e tocar. Precisamos dessa troca. 
Enfim... A transparência pode até me tornar "vulnerável", mas ao menos me torna VIVA.