Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

sábado, 8 de outubro de 2016

Foi ELE que te criou e não o contrário.

Existe uma frase do Blaise Pascal - um filósofo francês- que revela muito sobre quem somos. 
 “Deus fez o homem à sua semelhança, e o homem em retribuição, fez Deus à sua imagem.” 

É impressionante como enxergamos Deus de acordo como enxergamos a nós mesmos. E quando temos uma visão distorcida de nós, O distorcemos também. 
Já viu gente que só enxerga a Deus através da Lei? É porque essa pessoa vive na Lei, sente-se acusada, indigna; não recebeu a Graça. E quem enxerga a si assim (de forma inconsciente, é claro) acaba acusando os outros, pesando sobre os outros. 
Quando eu assisto pessoas falando de Deus como se Ele fosse um "acusador" - e como essas pessoas acusam os outros-, percebo que não conheceram Jesus ainda. Mas podem conhecer! Todos podemos! 

Crente falando mal de crente, uns acusando os outros,... Vivem sob a Lei, vivem sob as tábuas dos 10 mandamentos. Não conheceram a liberdade de uma vida restaurada pela Cruz de Cristo. 
Só conhece a misericórdia quem antes percebeu-se pecador e carente do perdão de Deus. 

Claro, cada caso é um caso, mas geralmente, pessoas duras não percebem seus erros ou percebem mas são orgulhosas demais para reconhecê-los. "Donos da verdade" que vivem sob a mentira de que são melhores que os outros. Só há UM Justo, e é por causa Dele que somos JUSTIFICADOS. 

O que a gente precisa é aceitar o amor gratuito de Deus, essa é a tão falada Graça! 
E quando Ele nos ama, nos cuida, Ele não está sendo misericordioso, ELE está sendo JUSTO. Entenda. 
Ele FOI misericordioso quando enviou Jesus pra pagar o preço do pecado em nosso lugar. Feito isso, com a dívida paga, usufruirmos da Graça é uma questão de JUSTIÇA. É um direito nosso! Não anule esse preço alto que foi pago. Não menospreze o sacrifício de Jesus. 

Somos amáveis com os outros quando sentimo-nos amados. Não adianta falar que crê no amor de Deus se você age com dureza com os outros. É incoerente. 
Renda-se ao Amor Dele. Pare de se condenar. Pare de condenar os outros. Pare de inventar um Deus de acordo com suas mazelas, de acordo com sua justiça, de acordo com sua pequenez. 
Não crie um "deus" a sua imagem; ENTRE na IMAGEM E SEMELHANÇA QUE ELE TE CRIOU. Desfrute da Graça e receba a identidade do Pai. 

Beijos 
Com Amor...

Nenhum comentário:

Postar um comentário