Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

terça-feira, 28 de junho de 2016

Que saibamos lidar com o diferente.

Por que temos dificuldade em lidar com o jeito alheio ( o que é diferente de nosso jeito)? 
Por que queremos sempre que o outro seja como gostaríamos? 
Talvez porque seja mais fácil amar o que é espelho. Mas isso não é amor, é narcisismo disfarçado. 
E aqui não estou defendendo defeitos, por favor. Tenham discernimento. 
Erros devem ser sempre corrigidos. 
"Coices" devem ser evitados, "jeito" que agride o outro deve ser pensado e mudado. 

Essa é nossa vantagem: podemos sempre mudar, melhorar, crescer. Mas mudar se você sorri demais, se você se expressa com as mãos e todo o corpo, mudar sua essência?! Mudar o que te difere? Se anular?! Nãoooo..... 
Que saibamos lidar com a naturalidade do outro - o que é bem diferente de lidar com o personagem criado e forçado de muitos, pois esse tem que ser combatido mesmo.  
Que saibamos lidar com a luz do outro, com as virtudes do outro. Pois, infelizmente, nossa luz incomoda, nosso jeito compreensível agride quem não consegue ser, a bondade é vista com maus olhos.... 
Mas quer saber? Se suas virtudes incomodam não há motivos para mudar. 
Se forem defeitos, MUDE. Jamais justifique defeitos dizendo que "é seu jeito". 

Beijo Beijo

Obs: escrito junho/2015.

Um comentário:

  1. Nooooooooossa!

    Se eu digo "é o meu jeito" para justificar os meus coices estarei afirmando que sou um cavalo. E sabemos que cavalos não mudam, ne? A não ser que o Espírito Santo o encha e muda esse comportamento.

    Ótimo o seu texto de hoje! Me identifiquei com algumas situações que eu solto alguns desses coices... rsrsrs

    Que o ES me encha por completo, Amém. \o/

    Abraço.

    ResponderExcluir