Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

terça-feira, 31 de maio de 2016

Em que você está pensando?

A pergunta que não quer calar: "Em que você está pensando?" . 
O Facebook a todo instante nos pergunta isso. 
Mas te desafio ir além, pergunte-se : "com que tenho ocupado minha mente?" 
Pense no que você tem pensado. É produtivo? Te conduzirá à um bom lugar? 
Às vezes vemos tantas notícias ruins, tantas desgraças, tanta gente revoltada que passamos a considerar essas coisas normais. 
E pior, essas coisas passam conduzir nossos pensamentos. 
E, sabemos, pensamentos geram ações, ações repetidas geram um comportamento e nosso comportamento conduz nossos passos. 
Quando sou firme ao cortar determinados assuntos, não pense que é frescura ou exagero. É só porque quero ter domínio sobre o que entra e sai de minha mente. 
Muitas vezes nos percebemos tristes e angustiados (sem motivos), buscamos razões, queremos culpar pessoas, mas atente-se, pode ser simplesmente porque não temos escolhido nossos pensamentos. 

A Bíblia - a Palavra de Deus que é "VIVA e EFICAZ" - nos alerta inúmeras vezes sobre nossos pensamentos, mente e tal. 
"Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus." _Romanos 12:2 
"Como é feliz aquele que não segue o conselho dos ímpios (os que seguem a si mesmo e não ao Pai), não imita a conduta dos pecadores (que escolheram viver sem fé), nem se assenta na roda (fala de intimidade) dos zombadores!" _ Salmos 1:1 
Obs: Entre parênteses no versículo acima é um acréscimo meu, apenas para explicar. 

Ao "puxarmos assunto", perguntamos, de certa forma, sobre os pensamentos dos outros, e também demonstramos por onde andam nossos pensamentos. 
Aliás, nisso as redes sociais podem dar uma ajudinha... O que temos postado (ou curtido, reforçando um comportamento) demonstra muito bem como andam nossos pensamentos. 
Às vezes, cheios de nós mesmos, cheios de nossa própria justiça (que é bem falha), cheios de críticas "destrutivas" (em forma de brincadeiras que ferem), cheios de ira, revolta, amargura, medo... Te convido a mudar seus pensamentos a partir de AGORA. 
PARE e pense sobre o que você tem pensado. Redirecione quando perceber que está pegando um caminho que levará à "morte". 

Finalizo com um versículo que resume tudo o que eu disse: "Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas. Tudo o que vocês aprenderam, receberam, ouviram e viram em mim, ponham-no em prática. E o Deus da paz estará com vocês." Filipenses 4:8,9 

Boa Semana. 
Com Amor...

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Sou eu. É você.

Cada vez mais acho que o problema não está no outro, está em nós. 
Está em você, em mim. 
É o "nosso eu" não tratado, e até mesmo desconhecido (afinal poucos se conhecem de verdade), que faz leituras equivocadas de pessoas e situações. 
São nossos "olhos maus" que distorcem tudo em busca de aceitação e enxergam qualquer coisa como "desdém". 
É "nosso eu" adoecido que não aceita a singularidade e encara como defeito e/ou ameaça as diferenças. 
São nossos olhos empoeirados pelo EGO inchado, egoísmo, medo e tudo que não vem do Pai que escurecem nossa visão de mundo. 

Não estou negando a existência de guerras e tudo o mais. Estou falando de uma das CAUSAS. 
É uma criatura melindrosa e sem consciência de si que se ofende - por se achar "menor"- ou ofende o outro por se achar superior (o que também é uma falta de consciência de si) que cria as intrigas, que viram guerras, que roubam a paz. Entende?! 

Eu fico observando as coisas e percebo o quanto o "nós" influencia nossa visão do "você"
Uma pedra pra você é tropeço, pra mim é obra de arte. 

Mude a forma de olhar. 
Se enxergar algo com maldade, olhe além. Pergunte com amor. 
Às vezes o problema não está no outro e sim na sua interpretação. 

"Transformai-vos pela renovação da vossa mente". 
"Se seus olhos forem bons todo teu corpo terá luz". 

Pensem nisso. 
Beijos 
Com amor...

domingo, 29 de maio de 2016

Andar com Cristo.

Andar com Deus (o Cristo) é uma coisa muito interessante.
Ter relacionamento com ELE, decidir se submeter a soberania Dele, à vontade Dele é um caminho cheio de aventura.
Sim, aventura, porque a fé nos convida à sair do barco e andar sobre as águas.
Mas não pense que é loucura.
Fé é andar sobre uma Palavra de Deus, sobre algo que ELE lhe disse e não sobre o que você "acha". Fé é certeza.

Pra ilustrar melhor...
Andar com Deus é como entrar no mar. Você vai indo mais fundo, mais fundo, mais fundo até que seus pés não alcancem mais ao chão.
E quando chegamos nesse nível de intimidade e propósito, não tem mais volta, é o mar quem guia, a maré puxa. E pra falar a verdade, quando chegamos nesse lugar, nem queremos mais voltar.
Esse é o nível que Deus quer levar todos nós.
E não é perigoso, apesar de parecer insano "perder o controle".
É desafiador, sim, mas é maravilhoso.
A maioria das pessoas entram na água (conhecem Deus) mas ficam só até onde os pés alcançam, até onde ELAS têm o controle.
Não deixa de ser bom, mas mergulhar é melhor.

E se você não está entendendo nada do que estou falando, provavelmente, você esteja apenas na praia sentado à beira do mar, observando as águas, admirando, mas sem ter experiência.

Tire os sapatos e mergulhe.

Beijos

Bom Domingo!

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Não se precipite, Flor. Confie.



Outra cidade. De novo.
Flor era assim, viajava pra vários mundos (internos e externos). Ela gostava disso.
E a raiz ela mantinha sempre no Alto (no Céu, em sua origem).
[A vantagem de ter raiz no Alto é que você se torna livre mas mantém a constância.]
Era um dia como outro qualquer. 
Bom, pelo menos parecia ser mais um dia comum.
Mas antes dela chegar nessa nova terra, Deus havia falado com ela.
[pois é, ela tinha um bom relacionamento com ELE]
ELE disse : "minha filha, quando chegar lá te darei três coisas." 
E  as descreveu. Ela confiou mesmo sem saber COMO tudo aconteceria.

Flor não tinha ideia de como seria nada naquela sua viagem. Agiu completamente na fé.
E nesse dia que parecia como outro qualquer, ela conheceu Gael. Ou melhor, ela o "re-conheceu" (no sentido de conhecer novamente, pois eles já tinham sido apresentados).
Deus falou com ela novamente. Dessa vez sobre ele.
Flor se esquivou e disse : "Ah Pai" , ela O chamava assim, "não sei, não. Ele me parece frio, e eu...ahhh...o Senhor me conhece! Mas o Senhor quem sabe. Qualquer coisa, 'tamo junto' "
O Pai riu. Ele gostava da espontaneidade de Flor.

Gael e Flor se aproximaram de uma forma intensa e rápida.
E nessa aproximação, algo mudou dentro dela. Brotou um interesse, admiração, ternura...
Mas Gael se esquivou. 
Então, Flor começou a duvidar do que o Pai disse antes da viagem.

Durante o tempo que ela ficou na cidade, a "segunda coisa" aconteceu.
Ela voltou a crer.
E falava consigo mesma : "Que fé é essa menina? Oscilando assim?! Ok. Mas não te condeno. Bom, no caso, como estou falando comigo mesma....não ME condeno."

Mais um tempo se passou e a "terceira coisa" aparentava se cumprir. Mas não cumpria.
E Flor, com sua lógica, pensou: "ou acontecem as três coisas, ou nenhuma foi o Pai".
A essa altura, Flor e Gael mal se falavam. Ele havia se distanciado drasticamente.
Pra Flor, mais uma prova de que o jovem não fazia parte do "pacote". Ela não se iludia mais.
Já tinha se iludido demais nessa vida. Ele tinha sido mais um gentil rapaz que....
Enfim, Flor já estava o descontruindo dentro dela. Era necessário esse processo. 
Mas apesar de tudo, algo dentro dela continuava falando sobre ele. Não era paixão. Não era emoção apenas. Era outro departamento. Algo espiritual. Mas como ela explicaria isso?
Como ele sumiu e agiu como tantos outros, ela decidiu o tratar com mais frieza. Em vão. Ela não consegue agir assim por muito tempo. É contra a natureza dela.

Nas contas de Flor, duas coisas tinham acontecido. Embora Gael não estivesse ao seu lado.
Ela disse : "Pai, se o Senhor me disse isso mesmo, eu preciso da 'terceira coisa'."
Mais um tempo se passou e nada.
"É, Pai, acho que confundi sua voz".

Chegou o dia dela ir embora. Passou muita coisa.
Descobriu-se forte mas também descobriu suas fraquezas.
Engoliu lágrimas, mas principalmente, aprendeu a liberta-las. Não havia vergonha nisso.
Fez amigos que se tornaram irmãos.
Entrou no avião feliz e ao mesmo tempo decepcionada com Deus e consigo mesma.
Pensava : "se foi Deus, algo se perdeu no caminho e eu não vi.
Se fui eu quem entendeu errado... Poxa, confundir a voz do meu Pai?!"

E dentro do avião, Deus entregou a "terceira coisa", confirmando então que era Sua voz.

Flor chegou ao Brasil com o coração confortado, mas ainda questionava sobre Gael.
Depois de um tempo ela entendeu que seu Pai deu, sim, as três coisas como prometera. Mas Ele deu as sementes.
"É, quantas vezes recebemos presentes do Pai e negligenciamos porque não percebemos que ELE deu a semente e não o fruto. Porque, às vezes, Ele dá as sementes, mas quem gera os frutos somos nós."





sábado, 21 de maio de 2016

Não justifique, mude.

Quando penso em algumas atitudes minhas, algumas reações, não fico satisfeita comigo.
Aí como Adão fez no Princípio, tento me esquivar da responsabilidade e ainda me esconder de Deus usando todo tipo de artifício.
É, normalmente essas são nossas primeiras reações. Mas numa conversa com o Pai (Deus), com todo amor do mundo, Ele me confrontou: "Sim, filha, você passou por situações complicadas, algumas te feriram... Essas reações até podem ser explicadas, mas você não precisa permanecer assim. Seu passado (ou até presente) pode explicar algumas coisas, mas justificar não! É diferente uma coisa da outra. [...] Você vai ser sempre refém do passado ou está disposta a escrever seu futuro? Pode até não ser fácil, mas também não é tão difícil. Eu estou com você".
Ou seja, se quisermos viver reclamando e culpando os outros, sempre haverá uma desculpa, uma explicação.
Mas podemos escolher sermos responsáveis por nossas vidas e mudar o rumo da história. E aí, querido, é preciso amadurecer.
Todo grande sucesso (emocional, financeiro, espiritual) vem junto com responsabilidades.
Uma criança não pode governar nada. Precisamos escolher crescer (por dentro) e, pra isso, precisamos NOS ENFRENTAR, dar nomes às coisas, aos pecados, erros, traumas.
Não estamos sozinhos nessa batalha, Jesus nos deixou o Espírito Santo (o Consolador, Conselheiro...).
Não justifique, mude.

Beijos Com Amor...

Obs: Escrito em agosto/2015.

Como Tu queres...

"E, indo um pouco mais para diante, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pai, se é possível, passe de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres." _Mateus 26:39

Está aí uma das orações mais difíceis de se fazer!
Até porque a realização dessa oração depende, em parte, de nós. Depende de nossa submissão, de nossa entrega, de nossa confiança na Vontade Perfeita do Pai, no Amor Dele. Se não conhecemos o Amor Dele de verdade, não confiamos.
 Falo "conhecer de verdade" porque SABER com a razão todo mundo sabe, todo mundo diz, mas na prática é bem diferente.
E como fazemos para CONHECER ESSE AMOR? Precisamos DECIDIR CRER, abrir o coração, abandonar preconceitos, abandonar religião...
É natural que, às vezes, aconteça uma guerra dentro de nós. Muitas vezes nossa alma e corpo não estão alinhados com nosso espírito. (alma=emoções, sentimentos, onde olhamos as circunstâncias, os gigantes. espírito= onde temos relacionamento com Deus, onde somos ressuscitados qd cremos em Jesus, onde somos guiados pela Fé e não por vista )
Jesus pediu para o Pai "se possível afaste de mim este cálice", porque Ele sabia que pra chegar ao alvo, para chegar a Vontade Perfeita, Ele teria que passar por um caminho difícil. Mas como ELE conhecia o Pai, ELE confiou e disse "mas que seja feita a TUA Vontade".
 Às vezes, decidir pela vontade Dele fará com que a gente confronte algumas coisas em nós, fará com que nossos desejos tenham que ir para a Cruz.
Mas DEUS é ele! Ele vê lá na frente, ELE nos vê por dentro...E pode ter certeza que a vontade Dele é para o NOSSO BEM.
Ele não precisa se auto afirmar. Ele disponibiliza a vontade Dele para nós por Amor.
Está na moda dizer "Deus no comando", "Deus na frente sempre"... Mas repensemos, vamos nos reavaliar. E se tivermos que dar a outra face?
É ELE quem está no comando mesmo?!
A vontade Dele sempre está enlaçada com "amá-LO acima de todas as coisas e amar ao próximo", e isso muda tudo.
Não é fácil, mas que possamos ESCOLHER realizar essa oração.

Beijos
Com Amor...


Obs: escrito em agosto de 2015.

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Não saia da fé.

Disse Jesus: "O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância."_João 10:10 

Às vezes levamos ao pé da letra demais. 
Mas se o mundo tem roubado nossa fé, nossa alegria, nossa paz... o inimigo já tem conseguido seu objetivo. 
Roubar nosso posicionamento, nossa coragem, nossa identidade, nosso trono... isso sim, é um grande golpe contra nós. Pois isso vai matando aos poucos. 
Tem muita gente que por fora é cheio de força, mas por dentro sangra. Tem muita gente que frequenta igrejas e até fala de Deus, mas não jorra mais a vida! E esse é o objetivo do "ladrão": nos roubar a vida, a plenitude, a abundância. 

O diabo, o mundo, as circunstâncias (ou seja lá o nome que você dê) quer nos tirar de debaixo da Graça e nos colocar na lei ou na libertinagem. Quer nos levar para a escravidão do mundo ou da religião, mas nunca aos pés da Cruz. 
Na lei, ninguém consegue cumprir e o fardo se torna pesado demais. Na libertinagem (mundo sem a Luz), Deus não habita (estou falando daqueles que já conhecem O caminho, e usam da Graça para justificarem escolhas incoerentes)

O mundo quer a todo instante nos tirar da fé. Porque é NA FÉ que usufruimos do que foi conquistado pra nós. É pela fé que somos "reis e sacerdotes". 
 ["E nos fez reis e sacerdotes para Deus e seu Pai..." _Ap 1:6] 

As circunstâncias não tem colaborado? Governe sobre elas. 
Como assim? Oras, somos filhos do Rei (Deus). 
Governar sobre elas não significa que elas irão mudar sempre. Às vezes, elas não vão mudar na hora que você quer. [Às vezes, quem tem que mudar somos nós ]. 
Mas governar é estar acima delas, é escolher descansar e confiar em Deus independente delas. 

Jesus veio para que tenhamos vida e vida em abundância.
Como uma planta tem vida? Quando tem raízes profundas o suficiente para se firmar em qualquer estação e beber da água da vida. " Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão"_ Salmos 1:3.
Aprofunde suas raízes em Deus. Invista tempo conhecendo-O, pois conhecendo-O você SE conhece também. 

Quando o mundo quiser te atormentar, lembre-se: você tem uma posição em Cristo, você tem uma identidade. Não abra mão disso. Não saia da fé. 
Tire o foco das coisas, dos gigantes, foque em Cristo. Porque quando olhamos para ELE, podemos enxergar quem somos (Nele) e isso muda tudo dentro de nós. 
 "Mas todos nós, com rosto sem véu, contemplando como em espelho a glória do Senhor, somos transformados na mesma imagem de glória em glória, como pelo Senhor o Espírito." _2 Co 3:18. 

Beijos 

Com Amor...
<3 b="">

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Relações e a distância.




Os poucos (pouquíssimos) "relacionamentos amorosos" que tive foram à distância.
E sempre me questionavam : "mas por que um amor tão longe?"
Aproveito pra responder agora. 
Primeiro, porque nunca escolhi alguém por conveniência ("ah é mais fácil esse ou aquele") e sim por identificação de mundo interior.

E segundo...Bom, agora vou falar não apenas sobre namoro, 
e sim sobre qualquer outro relacionamento (amizade, familiar...).

Não é a distância que afasta pessoas.
É o silêncio que estrangula o carinho do outro.
É a falta de interesse, falta de apoio.
É o sumiço inesperado. É o "eu o amo, ele vai entender"...e nessa história, deixar pra lá! E sempre contar com a compreensão do outro mas nunca tentar entender o outro.

Num relacionamento à distância não cabem "joguinhos emocionais".
[talvez por isso eu o prefira. Sempre há mais diálogos claros, mais confiança...não tem espaço pra "mimimi"]

O que não pode acabar é a COMUNICAÇÃO, meus caros!
Entenda. Não estou falando de uma simples conversa. 
Estou falando de transferência de mundos, de liberdade pra falar qualquer "abobrinha" ou "chorar as pitangas". 

São milhas e milhas de distância?
Se tiver um propósito, um alvo, a distância se torna apenas
o percurso rumo ao alvo (construção de família, por exemplo).

É a ausência que enfraquece.
E ausência não tem a ver com presença física. Tem a ver com coração cercado.
Sim, tem gente que está ao seu lado, conversa com você mas tem o coração cercado.
Tem muros ao redor ao invés de pontes. Aí, não estabelece conexão.
E o que mantém uma relação é essa conexão invisível.
Eu já disse uma vez: a indiferença é assassina e suicida.
Não se gabe por ser indiferente. Isso também te mata.

Agora, independente de distância, tudo o que falei precisa fazer parte da COMUNHÃO.
Isso é simplesmente valorizar e respeitar o outro.
Amor não se acha todo dia. Valorize o que você tem. Inclusive, o amor próprio.



segunda-feira, 16 de maio de 2016

É preciso discernimento.

Tem gente que quer saber de sua vida porque se importa com você, porque quer participar, porque gosta de você. E isso é lindo (e raro)!
Mas tem gente que quer saber por pura curiosidade. Não terá nenhuma reação sobre nada do que você diga ou faça. Se você estiver precisando de ajuda, não irá te ajudar. Se você quiser compartilhar vitória, não irá se alegrar com você.

Que saibamos discernir.
Há a multidão, há os 12 discípulos e há os 3 mais chegados.
A multidão te aplaude mas também te condena.
Os doze estão com você.
E 3 se dão por você.

Não é que eu seja anti-social. Eu gosto demais de gente, mas a intimidade é pra poucos.
Pra entrar na minha casa tem que ter entrado na vida.

Peçamos discernimento ao Espírito Santo, pois só ELE sonda corações.

domingo, 15 de maio de 2016

Dizem que sou corajosa...



Dizem que sou corajosa. 
Mas vou explicar. 
Não é coragem, é fé. 
Aliás, uma coragem que nasce da fé. 
E não é fé em mim, apesar de ter confiança por saber quem sou : filha do Rei. 
Mas minha segurança, minha fé está firmada na minha identidade, no meu DNA. 
É por causa Dele, e não por mim. 
Ele que é poderoso, imutável, perfeito! 

Uma fé firmada em nós mesmos se torna instável, porque somos instáveis. 
Mas uma fé firmada no Pai de Amor, firmada em Cristo, é garantia. 
Sim, garantia porque "está consumado", TUDO já foi feito. 
A eternidade já começou. 
Nada do que a gente faça pode mudá-lo. Essa é a garantia: a Perfeição (Ele) é constante.

[Perfeição = "Perfeição caracteriza um ser ideal que reúne todas as qualidades e não tem nenhum defeito, e designa uma circunstância que não possa ser melhorada."] 

Firme-se Nele e verá a coragem brotar dentro de você. 
Mas não tenha pressa, é uma semente. 
Caminhe de acordo com seu nível de fé. Tenha paciência e cultive-O dentro de você. 

Beijos 
Com Amor... 

Bom domingo e boa semana!

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Para que os frutos se manifestem.

Essa semana eu estava conversando com uma menina na academia (não sei o nome dela), e ela disse "meu pai frequenta igreja há anos e nunca mudou, não adianta nada". 
Fiquei triste porque sei que é verdade. 
Concordo!!!! 
Frequentar igreja não adianta. É necessário SER IGREJA (ser a habitação do Espírito Santo e deixar que ELE governe). 
Saber teologia também não adianta. É preciso ter intimidade com o autor da Bíblia. 
Saber sobre alguém não te faz amigo dela, porém, conhece-lo sim. 
Cristianismo não é uma religião - me entenda!- onde vivemos normalmente e frequentamos a igreja. Não dá pra separar das demais coisas. 
Me perdoem os teólogos e os cheios de apreço por palavras no dicionário, mas Cristianismo não é religião, é estilo de vida, é um DNA (DNA do Pai), e DNA a gente não tira quando sai de casa. 

Infelizmente, estamos "queimados", e com razão. 
 E como fazer, então, se frequentar igreja não adianta? 
Frequentar igreja é só uma parte (congregar é importante). Mas o que traz transformação é VIVER COM ELE (vida no Espírito). 
Aí alguém diz: "mas eu vivo!
Ok. Boa escolha! Mas por que aqueles frutos do Espírito descritos em Gálatas 5 não se manifestam? Ora, porque pra isso é preciso que "tomemos nossa cruz"
"Quem quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome tua cruz e siga-me". Foi Jesus quem disse! Para que ELE cresça, a gente precisa diminuir. Caso contrário, cria-se uma aberração (um ser com várias cabeças. A sua, a dele, ...). 
Para que o Amor manifeste é preciso que nossa justiça própria morra. 
Para que a mansidão, domínio próprio, bondade, longanimidade apareçam, nosso EGO precisa ir pra cruz. É isso que significa "ir pra cruz". 
Não existe evangelho sem cruz. 
Evangelho sem morte de ego (entre outras coisas) vira mais uma mera religião. 
Para manifestarmos o Reino Dele, o nosso governo precisa morrer. 
Se não estamos manifestando Deus, se não temos sido uma extensão Dele nesse mundo, fizemos de Jesus mais uma religião. 
Cuidado. Religião não muda nada, não salva ninguém; e ainda vira fardo! 

E por que você iria querer isso (conhecer Jesus)? Pra experimentar a verdadeira plenitude de vida. Eu falo do que sei. 

Eu conheço o Deus que sirvo. Sei em quem tenho crido. 
Se ELE me transforma, pode te transformar. 
Não justifique. Escolha andar sob direção dAquele que nos criou e nos amou mesmo sendo tão falhos. 
Ele não espera perfeição de você. Ele só espera que você creia (fé = atitude). O resto é com ELE. Essa é a Graça.

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Trouxa, eu?!

Tem gente que me acha 'trouxa'. E até concordo se eu enxergar pelo ponto de vista deles.
Porque sou do tipo que mesmo que o amigo/amiga me trate com indiferença, eu continuo tratando com amor. É o que tenho pra oferecer, pois recebi demais.
Me dão um tapa, eu dou a outra face.
Isso é ser trouxa? Mas não foi isso que Jesus ensinou?
Na verdade, "tomar a cruz" é algo bem contrário a esse mundo cheio de si.
E fazer isso é visto como "ser trouxa".
No meu ponto de vista é exercer o "amor apesar de".

Sim, há casos de falta de amor próprio e omissão, e por isso não reagem.
Mas, claro, não sou omissa, sei me posicionar. Afinal, é preciso discernimento e equilíbrio. Normalmente as pessoas agem de forma vingativa (ou fazem joguinhos emocionais), "ele não atendeu, não vou mais atendê-lo", ...por uma questão de EGO, orgulho. Estão doidos pra fazer mas não fazem.
Já eu, prefiro não permitir que os outros mudem meu jeito.
Continuarei semeando amor, continuarei doando meu tempo... E isso, no meu caso, não é porque não me valorizo. Pelo contrário, é porque ME amo e me cuido, e não gosto de trair minha essência, a essência que Deus me deu e ensinou .
Claro, há momentos que eu paro, mas não porque meu ego foi ferido, e sim, porque cansei, perdi a motivação, afinal relacionamentos precisam ser recíprocos para se manterem.

A linha é tênue entre "dar a outra face" e "ser passivo".
Ser pacífico não é ser passivo. Às vezes a gente estabelece paz se posicionando.

E pra encerrar, eu quero agradecer a cada um que colaborou com o prêmio de "trouxa do ano"!
Não, não estou desapontada. Cada um me ajudou a perdoar, a crescer...
Porque a gente só aprende a perdoar quando se sente ferido. E conhecer o perdão é começar a entender o Amor de Deus por nós- que somos tão cheios de falhas.

quarta-feira, 4 de maio de 2016

É só pra te ter mais perto.



Tem dia que dá vontade de viver dentro da memória só pra tê-lo mais perto.
Hoje é esse dia.
Hoje meus desejos não conseguiram ficar trancados, minha razão não conseguiu ME enganar e o coração gritou alto!
Mas como não posso dizer, escrevo, descrevo, despejo.
E por que não posso dizer? Talvez por orgulho, por receio, por achar desnecessário alimentar o ego de alguém já que escolheu ficar tão longe...
Mas hoje?!
Ahhh...Hoje eu queria ficar horas conversando sobre tudo com você, te enxergando, aprendendo, ensinando, falando de Deus (e com Deus também), rindo de coisas idiotas ...
Depois a gente assistiria a um filme e você, mais uma vez, dormiria antes do fim.
Eu poderia achar ruim você não me acompanhar no filme todo, mas quando você dorme é a hora que meu pensamento acorda. E eu fico te olhando, te imaginando, criando mil viagens, roteiros, histórias,... vivendo um mundo inteiro ao seu lado. 
[E isso tudo apenas nesses minutos de imaginação, enquanto você dorme!]
E se você estivesse cansado e não quisesse fazer nada disso, tudo bem, eu ficaria horas acariciando seus cabelos, seu rosto... te fazendo descansar.

Talvez alguém não entenda esse meu "desejo" de viver dentro da memória.
Não é nostalgia ou querer viver de passado. É só meu jeito de te ter ao meu lado.




domingo, 1 de maio de 2016

Seja despertado.



Tem gente que me chama de inocente, ingênua...mas acho o ser humano algo divino!
Há muita beleza no ser humano, ela só precisa ser despertada.
Por que eu continuo acreditando no ser humano (em nós)?
Oras, porque eu continuo acreditando em Deus. Ele é o mesmo, ELE continua sendo BOM.
E todo "dom perfeito vem Dele".
Porque fomos feitos à imagem e semelhança Dele.
Porque temos a natureza Dele, porém essa natureza precisa ser vivificada.

Eu acredito porque jamais duvidaria da capacidade de meu Deus.
Eu acredito porque ELE acredita em nós. Se ELE sendo Deus acredita, por que eu não acreditaria?
Acredite também!

Seja um "despertador" de almas, alimente o melhor das pessoas. Isso já é um começo.
E mais do que isso, seja um "vivificador" de espírito.
Como? Expresse Cristo. Apresente Cristo para as pessoas, porque só ELE tem o fôlego de vida para que nosso espírito vivifique. 
Almas boas, tratadas, curadas, amadas podem tornar o mundo mais leve por agora. Mas apenas um espírito vivificado faz da eternidade um lugar de paz.
Cuide do agora e do eterno.
O 'agora' é apenas o começo. A eternidade já começou.
Permita que Cristo te ressuscite para que essa continuidade da vida seja como no princípio : no céu.
Céu é nossa origem, mas ele pode ser nosso presente e nosso destino. Basta crer em Jesus e iniciar um relacionamento.
É simples. Não complique.
Usufrua de uma vida com a alma despertada e o espírito vivificado.
Isso não significa uma vida perfeita e sem tribulações. Isso simplesmente dá significado (SENTIDO) à vida.
E o SIGNIFICADO (ter Deus dentro de nós) torna as dores mais amenas, os desafios se tornam possíveis, A VIDA PASSA A TER UM PROPÓSITO e isso muda tudo.