Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

No game.

Eu não costumo ser uma pessoa "reativa" e, normalmente, as pessoas estranham isso.
Mas eu não vou agir com indiferença e frieza só porque alguém age assim comigo.
Continuo agindo em amor. Aquele é ele, essa sou eu. Óbvio, não?
Aí tem uns que dizem "é o jogo da vida".
Ok. No jogo da vida, eu já dei "game over" há muito tempo! Foi tipo "Fatality. JOGO wins" (quem joga videogame sabe do que estou falando). Já quem não joga (no jogo que propõem) acaba perdendo - na cabeça do povo, porque na minha saio ganhando.
O que quero que enxergue é que ninguém pode determinar como você age.
Às vezes é um desafio e tanto! Há quem diga que oferecer doçura pra quem oferece indiferença é burrice ou falta de amor próprio. Mas eu acredito que cada um oferece o que tem. E, pra mim, falta de amor próprio seria eu me violar só pra me "vingar", pra reagir, pra destratar alguém. Eu estaria ferindo não só a mim como o Espírito Santo que habita em mim, que diz "se o seu inimigo tiver fome, dê-lhe de comer". E olha que nem estou falando de inimigos!

Obs: claro, não estou falando de casos extremos onde um fulano agride o outro e a pessoa vai ficar lá ouvindo, sendo machucado... Tudo é posicionamento! Mas posicione-se sempre em amor e levando em conta o amor próprio, não se violar, não se ferir, não se permitir ser ferido.

Beijos
Com Amor..

Nenhum comentário:

Postar um comentário