Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

sábado, 14 de novembro de 2015

Seja verbo.

Acalme-se.
Vai passar. É só um temporal.
Quando? Isso não cabe a mim responder.
Assusta? Sim, ainda mais se tirarmos nossos olhos do Alto.
Respire fundo. Sente o ar, o fôlego de vida? É seu. Foi dado à você.
E se a tempestade estiver dentro de você, permita que haja Sol. Descortine-se.
Clame a Deus, chame por ELE, e Ele fará separação entre luz e trevas, assim como no princípio de tudo.
E peço mais uma coisa: que essa luz que nascer aí dentro ilumine quem cruzar seu caminho.
Não seja mais uma teoria, mais alguém cheio de opinião e vazio de coração, não seja mais uma "prece", seja VERBO. Porque é o verbo que age, que transforma.
Mais amor? Não, acredito que não seja tão urgente assim. O que falta mesmo é AMAR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário