Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Procurando por palavras.



Clara ainda estava lá procurando palavras.
Não sei o que acontece para elas fugirem assim (as palavras).
Ela ainda não sabia dar nomes.
Era estranho, inesperado.
Tão simples que ficou complexo.
"É só um sentimento querendo brotar", ela pensou.
"Só?", ela mesma questionou, "como se o despertar de um sentimento fosse a coisa mais tranquila do mundo".
Clara era dada a monólogos.
É, ela estava com um certo receio.
Já não aguentaria passar pelas mesmas dores.
"Por favor, dores diferentes pra agora", era só o que ela pedia.
Não que ela desejasse a dor, mas sabia que em alguns momentos são inevitáveis, já que ela tinha uma sensibilidade gritante.
Não tinha palavras. Não tinha lógica. Não tinha tempo o suficiente.
"Eu sei, o tempo não diz nada", ela já SE explicava.
Depois de anos, pela primeira vez alguém tocou seu coração. E sem pretensão!
Esse era o medo dela, ele não ter pretensão alguma.
"Ahh como as pessoas andam desumanas, me sinto tão humana por SENTIR. Parece que só eu sinto o mundo inteiro!", ela refletia.
Não, ele não fez nada grandioso.
Clara sempre se apegou aos detalhes, ao abstrato, ao invisível. E era isso que a traía, pois era sem perceber que ela era atraída.
"Ele é tão diferente, me parece frio, distante, inconstante....Estou tão acostumada a pessoas que se expressam, que ligam sempre, mandam mensagem, se fazem presentes", mais uma vez Clara tentava entender tudo aquilo, pois ela gosta de PRESENÇA constante (física ou não).
"Ele é educado mas parece que, às vezes, não quer ser pra não parecer tão doce...Mas eu sei, eu seiiiii, a natureza dele é gentil e tomara que seja doce!", a discussão interna continuava.
E, sem entender, sua mente apenas pensava na praia durante a noite, no cuidado despretensioso dele (ele parecia não querer demonstrar sensibilidade)...
Ela fechava os olhos e toda sua memória se enchia de QUATRO DIAS!
Como alguém enche toda memória da gente com quatro dias?
A despreocupação com as horas.
As carícias trocadas.
O barulho da respiração.
A melodia do coração que ela ouviu enquanto estava deitada no peito dele.
O sorvete dividido.
E os pés gelados sendo aquecidos ora por pele, ora por meias colocadas por ele.
E pra completar, ele tinha algo que ela sempre pediu ao Pai (Deus): ele amava a Deus sobre todas as coisas (de verdade!), algo que ela achou que não fosse encontrar.
Que grata e temível surpresa essa aproximação!


quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Vença por dentro primeiro.


Cada dia que passa eu tenho mais certeza que o mundo interno governa o externo. Às vezes não percebemos porque não é simultâneo, algumas coisas levam um tempo pra florescer dentro de nós mesmo que a semente já tenha sido lançada.
Explico.
Nossa maior vitória não é conseguir uma ascensão financeira ou vencer alguma batalha da vida. Nossa maior vitória é vencer os monstros do lado de dentro, é vencer o medo, o orgulho, a arrogância, a escravidão de algumas coisas...e vencer, principalmente, a incredulidade - que é a raiz de inúmeros outros males.
Quando a gente SE vence, as circunstâncias pouco importam.
Claro, teremos batalhas internas sempre, mas que sejam novas batalhas e não as mesmas.

Não cheguei a essa conclusão por "idealismo", mas por ver isso na Palavra do Pai.
Talvez você não conheça a história de Davi, mas antes dele ser rei, ele passou um bom tempo sendo "formado". Enquanto ninguém o via, ele lutava contra a rejeição, contra leões e ursos (literalmente)... E quando ele - adolescente, de pequena estatura (externa)- foi o único que teve coragem de ir contra Golias (o gigante), ele não o fez por coragem, ele venceu o gigante por causa da confiança.
Isso mesmo, ele conhecia o Deus vivo que ele servia, e também, por dentro ele já tinha vencido.
Que a gente chegue nesse lugar, onde o que está construído por dentro tenha alicerces tão profundos que os gigantes de fora não nos assustem mais.
Quando estiver diante de uma situação embaraçosa, que te induza ao erro, ao pecado, a desistência, lembre-se: a guerra é interna. Liberte-se por dentro, e então do lado de fora você irá voar!
E essa vitória é possível com a ajuda do Espírito Santo e Ele está disponível para todos.
Creia, e as circunstâncias não determinarão onde nem como você agirá. Beijos Com Amor... Boa noite.

Sede sóbrios.

"¶ E já está próximo o fim de todas as coisas; portanto sede sóbrios e vigiai em oração. Mas, sobretudo, tende ardente amor uns para com os outros; porque o amor cobrirá a multidão de pecados." _1 Pedro 4:7-8

Sim, é importante ser sóbrio e vigiar EM ORAÇÃO (deixando claro que o VIGIAR aqui não é a vida alheia, é a si mesmo). MAS SOBRETUDO vamos EXERCER o amor, e não apenas dizer que ama. Qual é a diferença? O amor (prático, de verdade)cobre multidão de pecados, perdoa.
Se você está expondo os outros, criticando sempre, cobrando apenas, você não está praticando o amor. E aqui não falo apenas de conhecidos ou amigos.
"Se achar" cristão ou santo é muito fácil. Olhar o cisco no olho do outro mais ainda. Mas ser um pequeno Cristo (cristão), ser expressão Dele nesse mundo é AMAR. Claro, não confunda cobrir pecados com ENCOBRIR pecados. O amor confronta, exorta sim, mas tudo com graça e sabedoria.
E quando falo PECADO, falo de falhas, defeitos nossos.
E como exercer esse amor? Basta olhar seus próprios defeitos, reconhecê-los...Basta se olhar no espelho e ver que VOCÊ também precisa da graça e misericórdia! Você, assim como eu, também precisa do Amor e Perdão de Cristo. E só quando recebemos esse AMOR podemos dar a outros.

Beijos
Com Amor..

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Na intimidade tudo se revela.

Quanto mais a gente encontra com Deus(JESUS) e se torna íntimo Dele, mais a gente conhece a nossa própria realidade.
Quando vemos a Glória Dele, falamos: "ai de mim". E quando isso acontece, não devemos nos assustar. Porque quando nós reconhecemos nossa fraqueza, ELE nos faz fortes Nele.
Ele não nos recrimina por causa de nossas falhas, mas ELE quer nos aperfeiçoar.
Não devemos temer nossas sombras quando a LUZ (Jesus) é nossa companhia.
ELE nos ama apesar de nós, apesar de nossas limitações.

Quem não reconhece seu pecado, sua debilidade, quem se acha bom demais não valoriza a Cruz de Cristo.
Fiquemos atentos.
Só dá valor à Misericórdia quem precisa Dela. E só precisa Dela quem se enxerga!
E aí, como andam seus olhos a respeito de você mesmo? Você tem SE enxergado?

Obs: encontrar com Deus é buscá-lo, conversar com Jesus, ler a Palavra, se alimentar Dele...entrar pro quarto e abrir o coração. Por Fé.
Chega uma hora que a Fé é a coisa mais lógica que existe. Acredite em mim.

Beijos
Com Amor

A importância de Conhecer a Deus.

Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. _Gálatas 1:8

Cuidado com o "evangelho" que tem ouvido.
É muito importante conhecer a Palavra porque nos alimenta, nos edifica, e também, para não sermos enganados.
Qualquer líder religioso que queira vender a Graça ou a obra da Cruz (salvação, paz, prosperidade, saúde, alegria...) está fora do Cristianismo! Fuja desses!
Afinal, se tivéssemos que pagar, Jesus não precisava ter vindo e ter passado por tudo que passou.
Beijos!
Subamos o nível de intimidade com o Pai( Deus).

Eu sei, intimidade nos leva a liberdade. E liberdade nos leva a responsabilidade. E pra ser responsável é preciso coragem. Mas, pensando bem, você é o único responsável pelas suas escolhas (querendo ou não).

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Relacionamento com Deus.

Mas quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está no secreto. Então seu Pai, que vê no secreto, o recompensará." _Mateus 6:6

Por que Jesus nos ensina entrar no quarto, fechar a porta e ir orar?!
Claro, a Bíblia também nos ensina a orar em todo tempo, a vigiarmos, ficarmos atentos. Mas ele enfatiza aqui nesse versículo o "entrar para o quarto, fechar a porta..."
Primeiro, nos versículos anteriores ele estava dizendo que muitos, publicamente, se faziam de santos, eram cheios de palavras "de Deus", queriam mostrar para os outros quão bons eles eram, e falavam no nome de Deus por pura vaidade (para serem vistos como BONS, o que acontece bastante até hoje), mas na vida deles não havia muita prática ou coração. O coração deles não estava em Deus.
MAS, O FOCO QUE QUERO DAR É: É NO QUARTO QUE TEMOS INTIMIDADE, QUE SOMOS O QUE SOMOS, QUE ABANDONAMOS NOSSOS DISFARCES...É ali que precisamos nos abrir ao Pai. É no tempo a sós com ELE que O conhecemos.
Fazendo uma analogia, é no quarto que temos INTIMIDADE, que conhecemos mais um ao outro. E é na intimidade que geramos VIDA, não é?! Então, com Deus é a mesma coisa.
Ele está focado em nosso coração, ELE gosta de profundidade de relacionamento. Porque é na entrega que somos moldados. É diante da Luz Dele que podemos enxergar quem somos, nossas dores, fraquezas, e também nosso potencial e nossa identidade de FILHOS de Deus.
A RELIGIÃO pode, sim, construir obras, fazer grandes coisas no nome de Deus. Mas acontecerá como está escrito, Jesus disse: "NÃO vos conheço" (Mateus 7:22, 23).
Por que? Porque, apesar de eles fazerem coisas no nome Dele, eles não tinham INTIMIDADE com Jesus. A religião pode ter obras, mas VIDA?! Ahhh VIDAAAA só é gerada num RELACIONAMENTO.
Invista no seu relacionamento com Jesus Cristo, vc só tem a ganhar!

Beijos
Boa semana!
Com Amor...

obs: escrito em 2014.

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

DNA corrupto.

Tenho 'pena' do povo da Odebrecht e tal.
Calma, não tire conclusões precipitadas.
Explico.
Isso que temos assistido há alguns meses sobre a "nojeira" que acontece na Petrobrás, acontece há anos no Brasil inteiro, desde as menores prefeituras e empresas às maiores.
Ou você acha que isso não acontece?
Sério que você acha que isso é um caso isolado?
Nas mínimas coisas vemos isso acontecer.
É a corrupção que se tornou parte do DNA do brasileiro. Lamentável.
Há em outros meios. No meio artístico, por exemplo, existem outras formas de se cobrar por uma indicação. E quem não paga, percorre um caminho bem maior.
Ainda no meio artístico, o que têm de produtoras que "pegam" mais de 50% do cachê dos atores não é brincadeira! Passam para as agências um orçamento de 5X e quando vão pagar os atores pagam 1X, e olhe lá!
E patrocínio de Programas de TV ou filmes e tal? O responsável por fechar o negócio, só fecha se ganhar por fora! E ainda têm a coragem de dizer que isso faz parte!
No meio de grandes construções civis e tal, está tudo dentro da lei, tudo certo, mas o prefeito não libera a autorização se ele não ganhar por fora. É isso ou você está fora.
Ou seja, a coisa chegou num nível tão absurdo que precisa-se pagar para trabalhar. 
E mais, se você for do tipo certinho (como eu e alguns) te criticam, te tiram da jogada e ainda dão um jeito de deturpar tudo pois sabem que não podem contar com você pra encobertar as podridões. Aí ficam com medo, pensam que se você não é como eles, é inimigo deles.

Falei que tenho pena porque os maiores culpados são os que detêm o poder de aprovar ou não.
Se esse povo - do caso citado, Odebrecht - não pagasse a propina, eles não trabalhariam.
Entenda. Falei "maiores culpados", porque quem se sujeita à corrupção, também colabora com ela. Tenho "pena" pois esses foram apenas "bodes expiatórios".
Quem dera se isso tivesse servido de exemplo e nossos políticos tivessem parado com a prática de "ganhar" além do que lhes é pago.

Só Deus! LITERALMENTE. Só Deus pra mudar esse DNA, para transformar água em vinho, para mudar o caráter... Mas sujeitar-se a Deus é complicado para a maioria, afinal, exige abrir mão de si.
O mundo está do avesso e ao invés de o ajustarmos, estão se moldando de acordo com o mundo. Triste e medonho isso! ‪

#‎ProntoFalei‬

O Bom Samaritano.

Ontem assisti a uma situação que explica bem como temos vivido.
Falo da enorme distância entre o que falamos e o que praticamos.
Ontem à noite, o culto acabou. Foi ótimo, como sempre! Deus usou pessoas para falar conosco. MAS, muitas vezes, a semente cai em terra dura e acaba por não florescer.
Como percebemos se nosso coração recebeu a palavra ou não? Na hora da prática. Porque a mente, nossa razão recebe fácil.
Mas, sinceramente, o mundo não precisa de mais conhecimento, mais teoria sobre o amor, mais informações que parecem sensatas. O mundo e nós precisamos da vida, de todo esse conhecimento em ação!
Quer ser expressão de Deus falando sobre Deus? Chega a ser cômico isso!
Ser expressão do Pai é FAZER o que ELE faz.
Mas voltando a situação que vivi e assisti... O culto acabou e uma senhora pobre que mora muito longe teria que voltar pra casa dela de ônibus junto com dois netinhos.
Eu estava sem carro, então minha mama e eu saímos perguntando para as pessoas se elas podiam levá-los.
Pasmem! A resposta de TODOS foi "não posso", pois ela morava longe. Mas é justamente por isso que precisava de "carona", oras! E se fosse uma pessoa rica, influente que precisasse? Será que seria tão difícil achar alguém disposto? Que tipo de amor é esse que dizem e pregam, que se não tiver interesse (algum retorno), não servem uns aos outros?
Uns nem paravam pra ouvir, como se não fosse da "conta deles".
Outros fingiam comoção.
Ok. Alguns, realmente estavam com o carro cheio e tal. Mas outros... Um que é "líder" respondeu : "não posso, vou sair pra comer pizza". WHAT???? Ficamos chocadas! Assisti a parábola do "bom samaritano" na minha frente! (leia Lucas 10:25-37). Os entendedores da "lei", da religião tirando o corpo fora da situação.
Mas aí me lembrei de um amigo que tem um coração como o de Jesus, um amigo que não apenas sabe sobre o Pai (Deus) como também O expressa : Hugo Santos (tenho que citá-lo, honrá-lo ).
Ele disse: "vou sair também, mas levo-a em casa antes".
Viram? Simples! O amor sendo expressado.
Falar "mais amor, por favor" é fácil demais! Escrever nas redes sociais criticando os outros consegue ser ainda mais fácil para a maioria. Mas na hora que nos é dada a oportunidade de fazermos a diferença fingimos que não é com a gente.
É, é da nossa conta sim!
Essa história foi apenas UM exemplo do que acontece corriqueiramente em nossas vidas.
Será que somos um bando de gente "pregando" gentileza, simplicidade, mas na prática somos arrogantes, egoístas...
Aos que, como eu, acreditam na Bíblia e seguem Cristo, lembrem-se: na Palavra diz que os FILHOS (aqueles que têm Deus como Pai) seriam conhecidos pelo AMOR.
Está passando da hora de alinharmos o que falamos, o que dizemos crer com o que praticamos.

Beijos
Boa semana!
Com Amor...