Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Sobre o Amor...

A gente pode até não saber definir o amor, mas a gente sabe quando ele está presente.

O coração fica sem rumo.
O corpo fica sem explicação: é coração que acelera, é borboleta no estômago, é lágrima que escorre num ato de enlaçar-se, é mão que parece ter ímã e quer grudar no outro...
E apesar de toda a "bagunça" causada, o espírito fica em paz, a alma sossega.

Nenhum comentário:

Postar um comentário