Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Sobre quem? Sobre você mesmo e sobre mim.


Quem escreve, escreve sobre  quem?
Quem escreve normalmente o faz por observar o mundo, mesmo sem querer.
É inevitável! Parece que o inaudível se torna grito em meus ouvidos, o abstrato me empurra. Às vezes é sufocante, e preciso escrever para que as letras me soltem.
Já falei disso outras vezes mas repito para evitar que tirem conclusões precipitadas.
Eu, por exemplo, escrevo sobre o que vejo lá fora, o que vejo nas pessoas, o que vejo em mim. Passado, presente e futuro se tornam uma coisa só pra quem escreve.
Escrevo na 'primeira pessoa' porque é assim que prefiro, porque sou eu quem está escrevendo, oras!
Ainda que as ficções tenham verdades, não deixam de ser ficções.
É como um filme que você assiste e se vê nele. Aquele filme não é uma indireta, mesmo que sirva perfeitamente em sua vida. E se serviu, use como lição!

Já recebi pedidos como "escreva sobre isso" ou ainda "aconteceu isso e isso na minha vida, o que você acha? Escreva pra gente". Quem escreve vira uma espécie de "alter ego" de quem se vê ali, a gente vira voz de um monte de gente.
Já ouvi muito de gente que nunca vi na vida dizendo "nossa, parece que você sabe da minha vida".
Pois é, acontece.
Como disse meu querido Mario Quintana : "Um bom poema é aquele que nos dá a impressão de que está lendo a gente ... e não a gente a ele".
E isso pra quem escreve é uma honra!!! Pra mim, é uma das coisas mais gratificantes de se ouvir.  Porque, vocês sabem, não me importo tanto com falar "formalmente", falar bonito ou com métrica e blablablá. Há quem faça isso. Mas não é o meu caso. Escrevo pra ESTABELECER COMUNICAÇÃO, escrevo pra expressar minhas verdades, pra tocar almas.
A vida se repete mesmo. Mudam-se os personagens e alguns detalhes, mas a imprevisibilidade do ser humano é completamente previsível. Não há muita surpresa.
Portanto, se você SE ler por aqui não se envaideça. Sinta-se feliz por ter SE encontrado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário