Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

domingo, 30 de novembro de 2014

Um vôo audacioso mas necessário.


Um casal no alto da montanha, na ponta da pedra.
Estão lá o homem e a mulher de mãos dadas.
Eles se gostam. É gostoso sentir o vento lá de cima. A vista é, no mínimo, interessante.
Eles viveriam anos ali, sentindo a brisa, com os olhos sobre tudo que conseguem, com o controle em suas mãos, com a segurança da previsibilidade.
E eles não estão errados. É uma opção de vida.
Existe o contato entre eles, existe o carinho, a "confiança". Por que a confiança está entre aspas? Porque a confiança existe porque ambos têm controle de seus sentimentos. Principalmente ele.
Ela é tão apaixonada por ele que o faz sentir-se preso, ancorado, seguro.
Ele gosta muito dela. Aprendeu a "amá-la". Por que está entre aspas? Porque o que se aprende, também pode se "desaprender". É diferente de um amor que veio de forma natural. Um amor que é semente cria raízes. Esse é genuíno.

Enfim, o casal está ali.
Alguns diriam que isso é sensatez. Eu digo que é loucura.
É loucura passar uma vida toda ali sendo que há muito mais.
Mas isso é questão de ponto de vista.
Eu já tive o ponto de vista do alto da montanha também. Estática. Apreciando tudo. Tinha o romantismo e tal, afinal eu sou romântica até com amizade.
Era legal, bonito, mas eu sempre soube que tinha mais. Eu sabia que podia voar!
E por que não voam? Por que não voei?
Por não confiarem. Em quem? No amor. Não é em alguém específico, não é no parceiro(a). É ACREDITAR NO AMOR que faz toda diferença.
"AHhh eu acredito sim! Tanto é que vou me casar daqui uns meses"_ele disse.
Sim, casamento é um grande passo! Mas infelizmente não significa amor.
Então alguém me pergunta: o que é o amor então?
O Amor é o casal no alto da montanha, na beira da pedra e de repente SALTAM!
O amor é esse vôo arriscado, corajoso, que rouba nosso fôlego mas ao mesmo tempo nos transmite paz. É quando a gente fica em paz perto da pessoa mesmo que a situação não pareça favorável.
É quando a pessoa desperta cada pedaço de nosso corpo e nos faz criar asas. É quando somos capazes de voar, descobrir novos horizontes, ir para o desconhecido... É não ter controle do que sente (entenda!) , é quando você luta para não pensar na pessoa e mesmo assim pensa...
Mas é preciso que os dois amem, que os dois se joguem. Porque se só um deles se jogar e o outro ficar ali na pedra, como estão de mãos dadas, uma hora o que se jogou vai pesar pra quem ficou. E ambos ficarão presos.
Eu já vi muitos casais no alto da montanha. Muitos mesmo!
Já vi também casal onde a mulher se joga e o cara fica ali em cima.
Os dois tipos de casal vivem bem, é razoável.
Mas eu?! Ahhhh...prefiro voar acompanhada.

sábado, 29 de novembro de 2014

Não confunda.


Numa época em que perdemos a consciência vale um alerta: não vamos confundir as coisas.
Não é porque a pessoa gosta de moda que ela é "personal stylist".
Não é porque ela gosta de fazer graça que é comediante.
Não é porque gosta de aparecer que deveria ser artista. Pelo contrário!
Aliás, vamos entrar um pouco mais nessa questão.
Artista não é uma criatura acima das demais. Na verdade, às vezes é até dolorido, já que o artista tem uma sensibilidade maior a tudo o que acontece (seja com ele ou não).
Ele enxerga o oculto, toca o abstrato. Percebe as inúmeras nuances da alma com nitidez.
Não se treina pra ser artista. Não adianta querer ser artista. Você nasce artista.
Desde criança as percepções são diferentes, o foco,...o mundo do artista é particular. Entenda, ele vê o mundo de uma ótica singular.
Há bons músicos por aí mas poucos artistas.
Há bons atores mas poucos artistas.
Há bons escritores que sabem todas as regras gramaticais mas poucos, pouquíssimos artistas.
O artista não pensa na "glória". Claro, é bom ser querido mas não é isso que o move. O artista está preocupado em dar o recado, em ser canal por onde a verdade possa se mostrar. Ele quer despertar-se e despertar os outros.
Ele não quer nem deve se fazer de ídolo. O foco dele é mostrar a vida através da arte, é expressar o íntimo, é revelar o que a maioria tem dificuldade de ver, é ser lente de aumento do coração.
E ele não se esforça pra fazer isso. Ele simplesmente faz. É natural, orgânico.

Não tem nada a ver com 'ser do contra', ele não é do contra, é apenas a favor da nudez de alma, da verdade.
Não tem a ver com ser alternativo ou pop... Não tem a ver com gosto musical, embora alguns gostos sejam mais facilmente compreendidos por artistas.
Por ter uma visão diferente é julgado, taxado até de trouxa. Mas não é. Diante disso ele até ri porque compreende a visão do outro. É que ele enxerga além. Ele vê beleza onde pra muitos não tem. E por isso também tem facilidade para perdoar. Porque ele enxerga!
Porque ele enxerga não só o outro, mas principalmente suas próprias limitações.
Não confunda-se. Se você se esforça para tentar parecer artista, 'desencane'!  Mas não se ache menor por não ser artista. Cada um tem seu propósito nesse mundo.
O artista é muitas e muitas vezes incompreendido porque vai na contramão desse mundo carente e desejoso por ser "celebridade".
O que ele quer? Apenas ser reflexo do que acontece no mais íntimo de cada um e com isso ajudar o outro a avançar, crescer, voar.

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Seja a mudança.


Eu sei que o que publicamos (GERALMENTE) é reflexo do que somos e pensamos. Mas a internet tem se tornado pesada demais por dar uma falsa impressão de poder. 

  Vamos rever nossas postagens, o que dizemos, as ideias que disseminamos... 
Reflita: o que você posta é CURA ou VENENO?! 
O que você posta estimula o perdão, o amor ou a acusação, raiva ? 
Você ajuda os outros a enxergarem outros ângulos ou vc rotula?! Não temos esse direito. 
Alguém pode dizer "ah é meu jeito!". What?! Se seu jeito machuca as pessoas, ESTÁ NA HORA DE MUDAR! Porque defeitos a gente não justifica, a gente conserta. 
A humildade se faz necessária. Mas pra isso a gente precisa SE ENXERGAR TAMBÉM, ver nossos próprios defeitos. 
Você acha alguém grosseiro?! Ao invés de reforçar esse comportamento, já experimentou ser gentil com ele? 
Você acha que alguém se comporta como um "vagabundo(a)"? Experimente tratá-la com respeito, amor. 
Ao invés de alimentarmos as fraquezas, as doenças, os comportamentos que muitas vezes são gritos de socorro,...Vamos fazer DIFERENÇA NA VIDA DAS PESSOAS?! 
Essa é minha proposta pra NÓS. Aliás, isso é o que Jesus nos ensina. 

E finalizo com a frase de Gandhi : "seja a mudança que deseja ver no mundo". 

Beijos 

Com Amor...

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Ouça-SE. Ouse.


Juan é um cara inteligente, determinado e que, quase sempre, consegue o que quer.
É bonito também. Sempre atrai olhares.
Educado e simpático, com isso atrai admiradores.

Clara é uma mulher bonita, de beleza 'instigante'. É o que dizem.
Para a maioria a beleza é tida como um troféu. Para Clara foi apenas uma dádiva. Um presente que, aliás, unido a sua outra característica vira um "sonho" para muitos, mas realidade de poucos.
Entenda. Clara é inteligente também. E inteligência com beleza é uma mistura assustadora para a maioria dos homens. Dizem "você é a mulher dos sonhos", mas poucos tem CORAGEM e segurança...
Essa conclusão ela chegou depois de alguns a dizerem isso com TODAS AS L E T R A S!
E ela ficava pensando em o que fazer. Fingir que era burra? Se enfeiar? Abaixar o nível para que o outro se sentisse seguro? Ou estimular o outro a crescer com ela?
Ela sempre optou por estimular o crescimento alheio juntamente com o dela.

O fato de Clara ter essas duas características não a tornam perfeita. Defeitos ela tem de sobra, mas como é inteligente busca transforma-los, melhora-los.
E Juan... Bom, para Clara ele era perfeito! Sim, ele tinha defeitos mas ela não estava nem aí pra isso pois ela o amava.
Sim, ela sentia raiva de algumas atitudes dele. Mas o amor sempre falou mais alto. Ela o conhecia como ninguém. Acho que até melhor que ele  mesmo. Porque ele fugia de si vez ou outra.
Eles se amaram desde o primeiro dia. E acredito que esse amor vá durar a vida inteira mesmo que...

-Você saiu com outra pessoa?
-Como assim, Juan? Nós terminamos há tanto tempo.
-Eu sei. Mas é que...
-É o que?
-Nada. Você está certa. Eu também estou namorando com outra há um tempo.
-Então! Você seguiu sua vida. Eu tenho que seguir a minha.
-Eu não segui minha vida.
-Não? Você está com outra pessoa na sua vida.
-Sim, mas não no coração.
-Tá. E o que eu faço? Eu te esperei por anos! Você sabe como eu tentei...
-Você tá certa.
-Eu estou certa?! É isso que você tem a me dizer?! Ahhh por favor...Enfrente-se UMA vez na vida!
-Você sabe que eu enfrento.
-Enfrenta um monte de coisas. Menos o fato de me amar.
-Eu já falei que você está certa. Não vou te atrapalhar mais... Eu sei que eu fiz tudo errado.
-Ahhh não seja estúpido, Amor! Ops...Juan. E daí que você tenha feito tudo errado? Faça certo agora! Você me conhece, sabe que eu não faço jogos, não te faria sofrer nem por decreto!
-Mas e o que eu faço com a ...??
-Você a ama? Nem precisa responder. Eu sei que não! Se amasse você não pensaria em mim todos os dias como você já me disse...[...] O que você faz?! Quer um conselho de amiga, como sempre fui sua, além de amante, namorada... ?Não deixe o orgulho ditar o que você deve fazer!
-Mas...você vai me aceitar?!
-Caramba! Lute pelo amor! Medo de ter o orgulho ferido a essa altura do campeonato?! Medo de sofrer? Medo é só um ilusão.
-Você largaria esse cara com quem está saindo?
-Não seria a primeira vez que eu largo alguém por você. Mesmo que não saiba. Meu noivado acabou simplesmente porque apesar de ter um anel no dedo, uma casa já comprada, era você quem ocupava meu coração.
-Você não acha mais fácil cada um seguir como está ?
-Mais fácil é. Mas seguir o mais fácil e vivermos longe um do outro?
-É que...com você eu fico tão bobo, minha vida fica imprevisível....O mundo fica bem mais bonito mas me assusta.
-Você está assustado? Não sabe como será o próximo passo? Eu também não sei. Mas sei que quero estar com você. Segure minha mão e não solte mais. 
Nosso encaixe é perfeito, lembra?!

domingo, 23 de novembro de 2014

Que geração!


Que época é essa?
Pessoas cheias de informações externas, mas nenhuma por dentro.
Se acham inteligentes demais, bem informadas demais, e por se acharem demais, NÃO SE ENCONTRAM.
Cheias de objetivos, mas sem nenhum PROPÓSITO.
Cheias de esperança, mas pouca fé.
Querendo mudança, mas sem nenhuma disposição para SER ESSA MUDANÇA.
Cheias de interesses, mas completamente DESINTERESSANTES.
Cheias de fotos no espelho, mas nenhuma percepção do reflexo.
Almejando fama, procurando o amor, a aceitação, fingindo ser o que não são para terem "mais seguidores, curtidas e elogios". Pessoas carentes de IDENTIDADE, necessitando que alguém as dê um nome, que as reconheçam já que elas mesmas não se conhecem apesar do discurso cheio de ousadia e "conhecimento via internet".
Que geração é essa nossa?
Pessoas cheias de justiça própria, querendo apontar dedo pra todo mundo, achando que criticar e acusar é "cool", mas carente de um espelho pra ver-se.
Pessoas cheias de discurso mas pouca prática.
Cheias de palavras bonitas mas pouca ação.
Algumas até têm 'ações bonitas' (porque isso gera aplauso) mas com a motivação toda errada. É aquela coisa: "de boas intenções o inferno está cheio", já de boas motivações....
Cheias de "fotos bonitas" mas com uma realidade feia.
Cheias de religião mas sem nenhum RELACIONAMENTO COM JESUS. Poucas assumindo a identidade de FILHAS de Deus, poucas agindo como ELE age.
Pessoas loucas para amar e ser amadas, e nessa ânsia declaram amor sem nem mesmo saber o que é esse sentimento. Casam-se sem saber que a única aliança que mantém um casamento não é de ouro, nem uma casa em comum, nem motivações em comum, nem gostar da companhia, nem uma promessa dita na frente de testemunhas. A aliança que une e MANTÉM um casamento é o AMOR. Mas não esse amor banalizado, e sim o amor que o Pai ensina.

Bom, não quero ser mais uma a apenas mostrar a realidade sem apontar uma solução.
Então, por que uma época sombria como essa?
Essa é a nossa geração: pessoas cheias de si e vazias de Deus.
Porque é assim mesmo, ou nos enchemos de nós mesmos ou nos enchemos Dele. Um sempre terá que sair pra dar espaço ao outro.
EU prefiro tentar me esvaziar a cada dia, ME confrontar, para que ELE me encha.
A vida por ELE transformada, a vida por ELE habitada é que faz a diferença nesse mundo e não a MINHA opinião. Não é o instrumento sozinho que traz a música, é quem o toca.
Por mais afinadas que sejam minhas cordas, ser um violão não trará música pra ninguém, a menos que Cristo seja o músico!

sábado, 22 de novembro de 2014

Dia do Músico.


Hoje é o "Dia do Músico".
Dia daqueles que foram picados pela música e que honram essa arte.
Não daqueles que gostam de música. Mas daqueles que a Música gosta deles.
A musicalidade não é medida por quem grita mais ou quem faz mais firulas, mas por quem afinadamente expressa a alma.

Vou repetir o que um amigo disse sobre um grupo que amo.
Compartilho música deles porque eles honram cada sílaba musical, cada nota, cada batida...com melodia e letra quase escassas nos "músicos" de hoje!
Independente de gosto musical, todo músico sabe reconhecer a excelência desse grupo.
E um viva para nós!

https://www.youtube.com/watch?v=n_PhyjelwU0&feature=youtu.be

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Menos "mimimi"!

Querem falar de violência? 
A cada 5 MINUTOS uma mulher é agredida. 
A cada 1 hora um gay é agredido. 
A cada 1 hora ONZE (11) cristãos são MORTOS por causa da fé. 
A cada 11 MINUTOS uma pessoa morre no trânsito. 

Vamos melhorar esse quadro?! Respeite todo mundo. 
 O foco não tem que ser dividido. O foco deve ser o SER HUMANO e ponto. E chega de mimimi.... ‪#‎menosMimimi‬

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Vaidade do Orgulho.



O orgulho perguntou: -Você não tem medo do que as pessoas vão pensar ? Fica aí escrevendo coisas de amor, até parecem declarações de amor para alguém que só Deus sabe se existe...
-Medo? Por que eu teria medo?
-Porque as pessoas estão constantemente avaliando, julgando...
-Ah não... Não me importo com os julgamentos alheios. Cada um é limitado por seu próprio pensamento. O que a pessoa pensa sobre eu falar de amor denuncia muito mais ela do que a mim.
-Mas você não acha que precisa se apegar um pouco a mim para não ser tão envergonhada?!
-Me apegar a você, Orgulho?! Pra quê? Amor próprio sim, orgulho não, obrigada. Não seja tão vaidoso, Orgulho!
-As pessoas vão rir de você, te chamar de trouxa, boba, ... Vai ficar toda envergonhada ! Depois não diga que eu não avisei.
-Oh obrigada pela "preocupação", mas não tenho do que me envergonhar. Amar alguém não é vergonha. Expressar amor, muito menos! Vergonha é roubar do outro o direito de saber que é amado. Vergonha é matar dentro da gente esse sentimento por pura conveniência, medo, falta de coragem... Vergonha seria se eu estivesse noiva até hoje de um cara que eu gostava muito, mas que não tinha meu coração, não me fazia alterar a respiração. Vergonha eu sentia de mim mesma quando percebia que minha vida não podia ter uma pausa que me fizesse pensar, nem podia ter algum contato com quem eu amava que lá estava meu coração denunciando minha covardia. Vergonha eu sentiria se eu tivesse levado isso adiante porque já tinha ido longe demais. Vergonha eu sentiria se eu tivesse preguiça de começar de novo com quem eu REALMENTE amava porque meu noivo (na época) já estava ali, tão amável, disponível... Vergonha eu sentiria se continuasse sendo omissa comigo mesma, e continuasse com ele porque ELE me amava, e eu gostava muito.
Mas vergonha do amor? Vergonha é não aceitar o amor.
-Hum...não sei. Esse amor aí...
-Esse amor é o real. Não culpe o amor pelo o que as paixões, os desejos, o 'gostar' , os jogos de relacionamentos, as conveniências, o tesão, ou qualquer outra coisa tenha te causado. As pessoas usam essa palavra de forma leviana. Acredite em mim, Orgulho, se por ser ferido UMA vez alguém deixou de "amar", não era amor. Amor não tem orgulho, tem consciência. Se não tem orgulho, dificilmente será ferido. Não limite o amor...

domingo, 16 de novembro de 2014

Que sorte!


E depois da tempestade, do vento forte que balançou muita coisa, fiquei com você guardado.
Mas não o "você" perfeito, fiquei com aquele cheio de falhas mesmo e tão cheio de doçura,
aquele tão humano quanto eu.
Fiquei com nossas mensagens trocadas a qualquer hora do dia e da noite.
Fiquei com a música "tarde vazia" que me enviou que se tornou de sua autoria pra mim.
Fiquei com a doçura nos seus olhos, com a gentileza em cada gesto.
Fiquei com o beijo que nos isolava do mundo, com o "fazer amor" que nos transportava para um mundo muito mais simples, autêntico, cheio de coragem, sem a necessidade das palavras... Um mundo onde ficar junto por amor era a única opção.
Fiquei com sua mão segurando a minha, com você me carregando para eu não pisar em espinhos...
Fiquei com nosso abraço 'encaixante' desde o primeiro dia...
Fiquei com nossas brincadeiras, com sua rapidez em entender cada vírgula dita ou não dita.
Fiquei com o rio que saiu de seus olhos. Rio é água corrente, água que tem vida, ele não mente.
Fiquei com "O Teatro Mágico" expondo seu íntimo, meu íntimo.
Fiquei com John Mayer, com a moda de viola e todas as músicas boas...
Fiquei com a música sendo parte de você, e por ser parte de mim também, você fazendo parte de mim.
Fiquei com o romantismo no parque (de noite ou de dia).
Fiquei com você me ligando pra saber se depois de anos eu estava noiva de outro.
Fiquei com os detalhes que nenhuma fotografia capta, com os detalhes que não se podem fingir nem para si ou muito menos fugir.
Não conheci mil lugares com você, mas conhecemos o nosso universo tão raro e que temos em comum. Não viajei pelo mundo com você mas criamos um novo pra nós. E isso pra mim vale muito mais!
Sim, conhecer lugares (físicos) em boa companhia é ótimo, mas descobrir alguém que é do mesmo mundo que a gente é incomparável!
Não fiquei com muitas fotografias, mas com a memória cheia.
Fiquei com a flor que colheu pra mim e pra sempre sendo a flor do jardim de seu querer.
Fiquei longe sem compreender, mas fiquei com o amor. E o amor por você sem merecer, e sem estremecer depois de tanta coisa.

E depois da tempestade, do vento forte... conheci o amor. Que sorte!

Tua Vontade.


E, indo um pouco mais para diante, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pai, se é possível, passe de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres.
 _Mateus 26:39 

Está aí uma das orações mais difíceis de se fazer! Até porque a realização dessa oração depende, em parte, de nós. Depende de nossa submissão, de nossa entrega, de nossa confiança na Vontade Perfeita do Pai, no Amor Dele. 
Se não conhecemos o Amor Dele de verdade, não confiamos. 
Falo "conhecer de verdade" porque SABER com a razão todo mundo sabe, todo mundo diz, mas na prática é bem diferente. 
E como fazemos para CONHECER ESSE AMOR? Precisamos DECIDIR CRER, abrir o coração, abandonar preconceitos, abandonar religião... 
É natural que, às vezes, aconteça uma guerra dentro de nós. Muitas vezes nossa alma e corpo não estão alinhados com nosso espírito. 

(alma=emoções, sentimentos, onde olhamos as circunstâncias, os gigantes. 
espírito= onde temos relacionamento com Deus, onde somos ressuscitados qd cremos em Jesus, onde somos guiados pela Fé e não por vista ) 

Jesus pediu para o Pai "se possível afaste de mim este cálice", porque Ele sabia que pra chegar ao alvo, para chegar a Vontade Perfeita, Ele teria que passar por um caminho difícil. Mas como ELE conhecia o Pai, ELE confiou e disse "mas que seja feita a TUA Vontade". 
Às vezes, decidir pela vontade Dele fará com que a gente confronte algumas coisas em nós, fará com que nossos desejos tenham que ir para a Cruz. Mas DEUS é ele! Ele vê lá na frente, ELE nos vê por dentro...E pode ter certeza que a vontade Dele é para o NOSSO BEM. Ele não precisa se auto afirmar. 
Ele disponibiliza a vontade Dele para nós por Amor. 
Está na moda dizer "Deus no comando", "Deus na frente sempre"... Mas repensemos, vamos nos reavaliar.
E se tivermos que dar a outra face? É ELE quem está no comando mesmo?! 
A vontade Dele sempre está enlaçada com "amá-LO acima de todas as coisas e amar ao próximo", e isso muda tudo. 
Não é fácil, mas que possamos ESCOLHER realizar essa oração. 

Beijos 

Com Amor...

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Ah Manoel...


Um de meus poetas favoritos morreu: MANOEL DE BARROS.
Aquele que brincava com as palavras feito menino!
Aquele que queria reinventar o homem usando borboletas...
Aquele que era como água que corria entre as pedras...
Aquele que, quando criança, era ave...

É estranho falar que ele morreu porque poeta não morre.
O coração parou de bater? Também não. Coração de poeta 'é coletivo', bate com a gente e é pra sempre.
Parou de respirar. É...acho que é isso. Mas continua sendo ar de muita gente, inspiração de quem faz  arte, e expiração de quem não sabe fazer a arte mas quer se expressar por ela.

Mais um amor se foi. Ele, que era ave quando criança, voltou a ser. Voou para um lugar mais alto...
Ah Manoel...eu te amava e você nem sabia. Mas mesmo assim me sentia correspondida.

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Crê somente.


"E Jesus disse: Não temas, crê somente. [...]E, tendo chegado à casa do principal da sinagoga, viu o alvoroço, e os que choravam muito e pranteavam. E, entrando, disse-lhes: Por que vos alvoroçais e chorais? A menina não está morta, mas dorme." _Marcos 5:36-39

Só fazendo um pano de fundo, nessa passagem um homem vai até Jesus pedindo que ELE fizesse alguma coisa pois sua filha havia morrido. A reação de Jesus é essa que lemos acima.
Como ELE conseguia reagir assim? Todos estavam em prantos, desesperados...e ELE simplesmente diz: "NÃO TEMAS, CRÊ SOMENTE."
Jesus era homem mas era completamente conectado aos Céus.
A visão Dele não era terrena, não era nas circunstâncias, não era nos problemas. ELE via com os olhos de Deus, ELE estava SEMPRE com os olhos dele voltados para o Pai. E é isso que faz a diferença em nossas vidas.
Seja lá a situação que você esteja vivendo, volte seus olhos para o Pai, é de lá que vem o socorro. É de lá que vem a resposta.
Com nossas próprias forças não conseguimos ultrapassar certas barreiras, com nossa razão muito menos. Nossa razão limita a fé. A razão ri da fé. Mas a fé ri da impossibilidade.
Jesus não disse para o pai fazer "campanha na igreja", nem nenhum ritual, nem se tornar um "santarrão", nem nada...ELE apenas disse " CREIA". Porque o fato de crer Nele já estabelece mudanças em nossas atitudes.
Jesus via a menina viva, curada. A visão do Pai é de um mundo PERFEITO. E por que não usufruímos disso? Por causa de nossa incredulidade.
 Temos muita esperança, mas pouca fé.
 A fé confessa a verdade que crê, não o que vê. E confessa até que.... Até que aconteça !
E como ter uma fé que funciona? Eu também estou buscando isso. Mas a Bíblia nos alerta para edificarmos nossa Fé, ouvindo a Palavra do Pai (porque ELE é o consumidor da nossa Fé), decidindo crer, decidindo não olhar para a guerra do lado de fora (e de dentro, em nossa alma). Decidindo, no meio da tempestade, PERMANECER CRENDO. Decidir adora-Lo em meio a guerra, decidir buscá-Lo mesmo quando nada está como gostaríamos.

Que possamos ter a visão de Jesus.
Se nossas crenças não estão nos transformando, elas são apenas estudos teológicos, misticismos, são apenas religiões. E Jesus não nos chama para uma religião, ELE nos convida para uma vida de TRANSFORMAÇÃO, para um relacionamento onde podemos viver onde ELE vive, ver como ele vê.
Conecte-se ao Pai.

Beijos
Com amor...

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Viva com bom humor!! Com bom amor!


Amor com humor e humor com amor!
 Porque é impossível ter um sem o outro pois eles só andam de mãos dadas!
Quem AMA (amor saudável) tem bom humor e quem tem bom humor provavelmente descobriu o amor seja na outro, pelo outro e, principlamente, por si!

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Mesmo assim...


As pessoas, às vezes, vão ficar irritadas com seu bom humor. Seja bem-humorado mesmo assim.
Às vezes, as pessoas vão desconfiar de sua gentileza por causa do mundo egoísta em que elas vivem por dentro e refletem por fora, seja gentil mesmo assim.
Às vezes, elas vão te agredir e tentar te condenar colocando palavras em sua boca ou deturpando o que você diz por você ser livre, SEJA LIVRE MESMO ASSIM!
E ainda podem ficar surpresas e te chamarem de "trouxa" por você perdoar e pedir perdão sem estipular um "preço". Perdoe mesmo assim!
Às vezes, vão ter inveja de você pelo que você é. Seja mesmo assim!
Às vezes vão querer te aprisionar e te fazer refém das doenças emocionais delas, posicione-se mesmo assim.
Às vezes, a pessoa que te feriu vai te pedir ajuda, ajude mesmo assim. 
Às vezes, as pessoas vão questionar sua sobriedade por você focar em Deus e não se estressar com as circunstâncias que descabelam muita gente. Continue focando em Deus mesmo assim. Afinal, é ELE quem nos dá sabedoria para vencer as circunstâncias contrárias.
Às vezes, as pessoas vão estranhar sua doçura enquanto todos são amargos, seja doce assim mesmo!
As pessoas podem não entender sua alegria no meio de uma guerra, seja alegre mesmo assim.
Porque um dia elas também vão entender (tomara!) que o bom humor, a alegria, a doçura vêm de dentro e vão cultivar isso dentro delas também.
A grande questão é: seja bem humorada, doce, gentil, livre...qualquer coisa, mas que seja de verdade, e não um teatro para as redes sociais ou para a sociedade. 
O que quero que entenda é que, as pessoas sempre vão dizer, elas sempre vão estranhar o que é diferente delas. E mais ainda, elas sempre vão se assustar com quem vive o que diz, com quem é por fora o que é por dentro.
O que quer que você seja, seja por dentro primeiro. 
E aqui não estou congratulando quem é um "cavalo" (e com orgulho) não, só porque a "pessoa assume o que é" ! 
"Coices" são atitudes de seres irracionais. Se agimos com grosseria, se somos mal educados, se somos vingativos...ISSO PRECISA SER MUDADO. Não pelo outro apenas, e sim, principalmente, por nós mesmos. Porque carregar esse peso todo, carregar tanta amargura só nos priva de viver o melhor da vida e de vermos nos outros o melhor!
Acredite, toda essa revolta que alguns têm contra o mundo torna-os cegos e eles só enxergam suas próprias trevas projetadas nos outros.
As pessoas podem achar isso tudo que eu disse fantasioso demais, mas quando Deus não está morto pra nós nem dentro de nós, quando entendemos o AMOR de Jesus, é possível semear o amor em terra seca e vê-lo florescer. Porque tudo o que eu disse são formas de amar.
E pra concluir, às vezes, as pessoas podem te julgar maluco porque você tem Deus como seu Pai e melhor amigo, TENHA ASSIM MESMO. Porque esse é o Caminho para uma vida plena.
E ainda podem rir por você escolher viver por Fé e não por vista, viva por fé mesmo assim! Porque é pela Fé que o que não existe passa a existir.

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Porque a gente SE PERDE pra SE ENCONTRAR.


"Você é a mulher da minha vida! Tem tudo que eu quero...eu te amo..." _disse Rafa com um reticência na afirmação.
Liz, atenta, ao texto e ao subtexto ficou aguardando a continuação. De cabeça um pouco baixa e levemente inclinada para o lado, ela o olhava.
Deu um sorriso torto. Tão torto quanto o que Rafa dizia.
- MAS...?
-Quem disse que tem um "mas"?
-Eu sei, Rafa. Você está com medo no olhar.
-Não, não é isso. É que não estou preparado pra casar...
-Medo.
-É que eu te amo demais e... E se você tiver que viajar para um trabalho?
-Medo.
-Por que você está dizendo isso?
-Porque é essa a raiz de seus argumentos...
-Você sabe que eu te amo!
-Sim, eu sei! E sei mesmo! Mas você está cometendo um erro comum que nós cometemos: você está tomando uma decisão tendo o medo como Norte. Sabe, não tem problema termos medos, inseguranças....Todos temos! O problema é escolher um casamento por medo de ficar só, ou escolher uma outra pessoa por medo do que o amor pode causar, ou ainda fazer esse compromisso tão importante porque O OUTRO te ama demais (mesmo que você não a ame)... Abdicar do amor por medo. [...] E não falo só de relacionamentos. Escolher um trabalho ou continuar num mesmo trabalho por anos por medo do novo, por medo de tentar (e fracassar)... Eu já vi esse filme. Talvez por não pressionar, por não fazer um drama já perdi um amor. Mas porque ele, assim como você, teve medo. Porque a pessoa que reage a um drama, que fica com a outra por isso ela só prova que o medo a rege...e o drama do outro faz com que ela sinta-se segura. Claro, há casos e casos. Não estou generalizando. Mas eu falo porque já estive do outro lado. Já tive muito medo. E ainda tenho alguns. Mas aprendi a lidar com isso. Como? Enfrentando-os. Não tem problema ter essas inseguranças. Não podemos é cuidar delas como se fossem um "bicho de estimação". Problemas tem que ser resolvidos, enfrentados e não usados para manipular os outros ou nos tornar refém deles (dos problemas).
-Não duvide do que eu sinto, por favor.
-Não estou duvidando, meu bem. Estou apenas te alertando para que no futuro você não tome decisões cego pelo medo e sem sequer saber disso.
-Por que está dizendo isso? Você é que está no meu futuro!
-Desculpe, mas não posso viver nessa gaiola de medo com você. Eu tentei. Tentei muito. Mas se você não quer sair dela, não me obrigue a ser prisioneira... Depois que aprendi a voar, me dói ser trancada.
-Então você não vai ficar comigo?
-Não fui em quem escolheu isso, foi você, meu amor. Sabe, se eu fosse guiada pelos medos que sinto de vez em quando, não teria feito nada do que já fiz, não teria conquistado nada...
-Eu não quero te perder!
-Então não perca! 

Na verdade, o Rafa, assim como eu e você, tinha o maldito medo de PERDER-SE no Amor. Porque quando a gente AMA, a gente se perde um pouco mesmo. Só temos que entender que esse "perder" não é ruim, é uma fusão.... Quem quer manter-se no controle de todas as coisas não aprendeu a amar ainda. 
Porque quando a gente ama, o outro é tão prioridade em nossa vida quanto nós mesmos...