Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

sábado, 18 de outubro de 2014

Quando uma verdade explode...




Bob e Nina eram melhores amigos, desses que falam de tudo. Tudo mesmo! Falam desde besteiras à coisas mais profundas.
Nina tinha passado anos amando um cara. Era o amor mais absurdo do mundo. Não, não era doentio. Era puro, de graça. Era bonito.
De repente, uma verdade explode. E como toda explosão, fez um estrago.

-Nega, quando vejo uns caras agindo assim, eu fico tão desanimado_disse Bob para Nina.
-É. Mas eu sei que ninguém é perfeito. Todos temos defeitos.
-Não, não justifique! Isso é egoísmo, maldade dele! Ainda mais fazer isso com você! Poxa, eu te conheço e te amo tanto que esse cara me deixa irritado.
-Ahhh já faz tempo! Embora eu tenha descoberto a verdade só agora.
-Tá, mas eu ouvi você o defender por anos, mesmo eu te alertando. Você sempre o defendeu, como está fazendo agora!
-Não, não estou defendendo-o! Ele agiu de forma horrorosa SIM.[...] Sabe, quando descobri fiquei perplexa, sem chão! Ainda mais porque eu nem estava procurando notícias, simplesmente caiu no meu colo a informação. Mas fiquei em choque DE VERDADE, não sabia o que pensar, o que fazer com meu passado, com o que vivi...Fiquei com vergonha de mim, de minha inocência, de ter acreditado que ele era BOM e REAL. Depois vi que ele era bom sim, só não era real.
-Como assim? Como uma mentira pode ser boa?
-Não pode. Mas não acredito que ele seja tão ruim assim. Eu via nos olhos dele! Na verdade, acho que os olhos dele nunca mentiram, principalmente depois que terminamos e ele falava frases rotineiras tentando não colocar 'amor', mas nos olhos dele eu via amor. Na música que ele me mandou depois de anos que não estávamos mais juntos... Acredito que ele tenha sido verdadeiro. Ele tinha umas recaídas de VERDADE.
-Ouuuu recaídas de mentira.
-É. Mas, nego, entendo sua indignação e me sinto muito amada por você te vendo reagir assim...
-Ele é um idiota!
-Ah, por favor, não o xingue! 
-Vai continuar o defendendo?! No mínimo ele é um babaca porque perdeu a mulher mais incrível desse mundo!
-Ahhhhhh você que é um ótimo amigo!
-Não, não estou falando pra te "levantar" não. Eu te conheço como ninguém!
-Sabe, me dói muito pensar sobre tudo isso, pensar que o incrível homem que amei nunca existiu. Mas pelo menos ele me despertou o sentimento mais nobre e lindo do mundo: o amor. Esse sentimento que todo mundo procura, muitos inventam senti-lo e poucos REALMENTE o conhecem. 
E independente do que ele tenha feito, ele tem meu perdão.
-Tudo bem, tudo bem... Mas esse cara não sabe o que uma 'brincadeira' dessa pode causar em alguém...
-É, ele não sabe, até porque sempre 'brincou' assim. E minha única oração desde que a máscara caiu até hoje foi: "Deus, não me deixe ficar como ele, que provavelmente já amou alguém e se feriu...Não me deixe ficar como a maioria, fechada, que não acredita em amor e começam a fabricá-lo como se fosse possível. Deus, me ajude a continuar acreditando, a continuar sendo doce...me ajude a não ser uma pessoa que apenas "reage", onde as atitudes dos outros ditem as minhas. Deus me ajude a não ser guiada pelo medo e aceitar alguém que goste de mim ao invés de assumir um sentimento maior por outra pessoa por medo de amar de novo. Me ajude, Deus, a ter minha Fé restabelecida e maior do que a ferida....Amém,"
-AMÉM.



Nenhum comentário:

Postar um comentário