Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Meu maior sonho...


Um sonho? 
Que todas as pessoas sentissem o que eu sinto. 
Esse amor absurdo que ultrapassa o entendimento. 
Essa paz estranhamente confortante. 
Essa alegria escandalosa. 
O que há de diferente nisso? 
É que sinto esse amor por alguém mesmo quando a pessoa não merece, e sinto-me amado, principalmente, quando não mereço. 
É que sinto essa paz estranhamente confortante quando estou no meio da guerra, mesmo quando estou ferida. Não é que deixa de doer, mas a dor é esmagada pela paz gerada pela confiança que tenho no meu Deus. 
O que há de diferente na minha alegria escandalosa? É que ela me invade mesmo quando não há motivos aparentes. É uma gratidão pela vida, pela Graça. É uma alegria que confronta meus fantasmas e traumas. (Não confunda escandalosa com "extrovertida". Há várias maneiras de jorrar essa alegria.Não importa como, através de quê...ela jorra. )

Mas não tente gerar isso usando máscaras externas, pois isso traria uma reação contrária com o tempo. Isso pesaria.
Como conseguir então?
Bom, isso tudo é sustentado por minha fé em Cristo.
E minha Fé é sustentada por uma decisão diária de olhar pra ELE, de crer Nele ao invés de me apegar ao "natural"(ao que vejo).
Aí, no final das contas, o sobrenatural passa a ser o caminho mais óbvio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário