Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

domingo, 14 de setembro de 2014

Quer ser uma pessoa de sucesso?


Quantas vezes usamos parâmetros errados para dizer que somos ou não abençoados, se estamos ou não no caminho certo.
E pior, quantas vezes julgamos os outros de acordo com esses parâmetros equivocados?! Achamos que porque alguém está casado (ou está se casando) ele está indo no caminho certo, ou que é abençoado ou mais "santo" que os demais.
Entenda o que digo. Casar é, sim, uma benção! A grande questão é: estou com a pessoa certa? Ou estou me casando porque já está na hora? Essa pessoa vai caminhar comigo debaixo da direção de Deus? Ela tem me levado a ser uma pessoa melhor, mais íntima de Cristo ou tem me me levado pra um caminho mais humanista, mais místico...???
Ainda bem que o Pai tem misericórdia de nós e quando tomamos o caminho errado, e sendo ELE o NOSSO DEUS, ELE nos remedia!

Achamos que porque alguém está em dificuldades financeiras é porque ele não merece ter grana, ou é pior que nós, ou não é abençoado. Muitos têm o coração mais puro e voltado para o Pai do que alguns cheios de "sucesso".
Ou achamos que alguém é abençoado só porque sua carreira vai "muito bem, obrigado".
TODOS NÓS já fomos abençoados em Cristo.
Mas sucesso? O sucesso não é medido assim. Ser bem sucedido é estar onde Deus quer que vc esteja. Caso o contrário, é vaidade.

Achamos que porque alguém está em crise emocional, tem suas questões ao invés de ser o "sabe tudo" ele é complicado, e Deus não está com ele. (Estou colocando as situações com lentes de aumento para que a gente possa enxergar.) As crises, muitas vezes, mostram que a pessoa está inquieta porque sabe que pode melhorar.
Não se mede sucesso por esses fatores temporais ou visíveis.
Sim, o cara pode ser abençoado e ter grana. Mas a questão vai muito além.

Ao ler o livro de Jonas (Bíblia) percebemos que, por um momento, Jonas teima em seguir um caminho que não era pra seguir, pega um barco noutra direção e acaba sendo jogado no mar e engolido por um peixe grande.
 Quando Jonas estava no barco, no conforto (ele até dormia durante a tempestade), ele não estava no melhor lugar. Não estava na direção certa, não estava dentro do propósito de Deus. Então jogaram-no no mar, e dentro da barriga do peixe ele estava no melhor lugar que ele podia estar, porque ele estava no caminho de volta para a vontade de Deus.
Jonas podia ter evitado tudo isso se tivesse mais sensível a voz do Pai e se tivesse confiado no Amor Dele e vontade Dele.
Mas como Deus é misericordioso, ainda quando erramos, ELE nos traz de volta.
O problema é que, às vezes, esse caminho de volta dói um pouco.
Nem todo caminho será difícil, claro. Mas quando estiver difícil lembre-se que para se chegar ao paraíso sempre teremos que enfrentar gigantes. E muitas vezes esse gigante pode ser nossa própria vontade, cegos pelo orgulho, desejo...
E mais, se Jesus está com você não há peso insuportável. O Espírito Santo é nosso ajudador, consolador...Então, mesmo quando está difícil fica mais fácil passar por algumas situações.

Cada um tem um propósito nessa vida.
Acredite, o propósito de Deus para nossas vidas é o melhor! Ele é um Pai amoroso, bondoso, rico em misericórdia.
Que possamos descobrir o propósito de Deus para nós.

Por uma vida com mais sentido. Afinal, não basta existirmos, temos que viver. E a plenitude da vida só alcançamos Nele.

Com Amor...

Nenhum comentário:

Postar um comentário