Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Sobre "bom partido"?! Não estamos falando de negócios.


Me pediram pra escrever sobre o que é ser um bom partido ...

 É engraçado como o relacionamento hj em dia é visto como se vc estivesse procurando um imóvel . Procura-se conforto, se vai ter um retorno imediato ou futuro, se atende seus anseios...
 Claro, todo mundo tem sua "listinha" de coisas que aceita ou não no parceiro (alvo). Eu sempre faço a "pré-seleção" pelos defeitos. Preciso saber se os defeitos são aqueles que eu lido bem.  Por exemplo, tem gente que não está nem aí com o quesito gentileza e cavalheirismo mas, PRA MIM, se o cara não tem essas características já é automaticamente "eliminado", pq são defeitos que EU não reajo bem. Sabe, gente que é gentil só quando convém...?! Não é minha praia!
 Entenda, defeitos não são as diferenças. Diferenças devem ser respeitadas e é uma ótima oportunidade de crescimento!
Sim, olho se o cara não é um acomodado na vida, se respeita minha profissão e me estimula a crescer... É importante falarmos a mesma linguagem também para que haja COMUNICAÇÃO.
Mas muito mais importante que tudo isso, a pergunta que me faço é : ELE FAZ MEU CORAÇÃO SALTAR?? Afinal, estamos falando de RELACIONAMENTO, e relacionamento precisa envolver AMOR.
 Não, não é romantismo de minha parte. É uma crença nos valores quase extintos nos tempos modernos.
Do que adianta o cara ter um monte de coisas que eu gosto, preencher meus pré-requisitos se ele não me leva para o MAIS DA VIDA? E o MAIS DA VIDA a gente só vive se estiver disposto a abrir mão da segurança de estar com alguém que vc gosta pra estar com alguém que vc ama. Parece óbvio mas não é. O que mais tenho visto é gente que prefere estar com quem gosta pq tem controle da situação, do que estar com quem AMA, já que o amor nos exige uma entrega maior. E não estou falando isso baseando na minha incrível imaginação ! Já vi isso acontecer. E já ouvi um cara reconhecer isso (ainda existem pessoas honestas consigo mesmas e que falam a verdade do que sentem, e não o que queriam sentir).
O cara disse: - Você é a coisa que mais quero nessa vida, o dia que acordei ao seu lado foi o melhor da minha vida! Mas eu tenho tanto medo, porque eu me conheço, eu fico bobo com você ..."
- E qual é o problema disso tudo que você está me falando?!
- Ue, você sabe de minha história. Tenho medo de quebrar a cara...
- As pessoas são diferentes. Você não pode é ser refém de uma história pro resto da vida, não pode tomar decisões sendo guiado pela sua reação ao medo de "sofrer". Não enxergue assim. A vida é assim mesmo, temos altos e baixos, isso é normal.

 O medo da entrega tem sido maior do que o desejo do amor. E é pura tolice, já que o amor te deixa sim sem chão, mas ele tb te ensina a voar. Ou seja, não te deixa na mão. Então, resumindo...um bom partido é o que te faz bem sim, claro, pq aqui não falo de amor doentio de gente q quer estar com o outro mesmo o outro sendo mau e desrespeitando. Mas em primeiro lugar, pense que um bom partido é o que faz você sentir-se viva!

Olhemos para as crianças e vamos aprender a simplicidade do amor e da vida!

Nenhum comentário:

Postar um comentário