Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

sábado, 26 de julho de 2014

Deus e você: É RELACIONAMENTO, e não mercado.


"Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez; tudo posso Naquele que me fortalece." _Filipenses 4:12, 13.

A última frase desse versículo é até bem conhecida. Convenientemente conhecida. Afinal, quem não quer PODER TODAS AS COISAS?!
As coisas andam tão invertidas que queremos um Deus que nos sirva, queremos um mágico, na verdade, que realize nossas vontades. Mas Deus está focado no SER, no nosso coração, então as coisas acontecem de forma diferente do que imaginamos.

Mas contextualizando o versículo...O que precisamos entender é que nosso contentamento com o Pai (Deus) precisa ir muito além das bênçãos, precisa estar alicerçado no SER e não no TER.
Precisamos aprender a estarmos confiantes no AMOR Dele tanto na escassez como na fartura.
Ou nosso "relacionamento com Jesus" foi contaminado pelo sistema e, sem perceber, barganhamos o amor Dele? Tipo, O amamos SE Ele fizer nossas vontades.

Uau! Quanta mediocridade existe em nós! Claro, ninguém assume isso. A hipocrisia é mais fácil de se viver ( para maioria, para os meninos, crianças na fé e nas emoções ).

Sabe, percebo que às vezes agimos como criança mimada que só ama o Pai se Ele fizer o que pedimos. Mas entenda, o Pai sabe o que é melhor para seu filho. Não é assim na vida natural com seus pais? Às vezes seu pai não te dá o que vc pede, porque ele sabe que vc não tem idade para tal brinquedo, então ele te dá o que vc precisa.
Que Deus nos ensine a amá-Lo para percebermos Seu Amor em toda e qualquer situação, para que possamos viver BEM na escassez e na abundância.
Que nosso relacionamento com Cristo se estreite a tal ponto que "tudo podemos Naquele que nos fortalece".
Se a nossa força vem Dele e não de uma posição social, intelectual ...então estamos bem fundamentados e podemos viver contentes em qualquer situação.
Se estamos vivendo um mar de rosas ELE é o Deus de AMOR. Se estamos vivendo no meio da guerra, ELE é o Deus de Amor. Não é a situação que determina quem ELE é. Mas é o que cremos que determina QUEM ELE é EM NÓS.
ELE é Deus sempre, mas é a nossa escolha, nossa postura que nos faz experimenta-LO. E experimentá-Lo não significa simplesmente a realização de um sonho, embora isso possa acontecer. Mas experimentá-Lo significa ser suprido mesmo sem a realização de algo.
SIM, ELE, como um Pai Amoroso, cuida de nós e quer nos dar presentes, quer nos agradar também. Qual pai não quer isso?!
Minha ênfase aqui é apenas para prestarmos atenção e percebermos que MAIS DO QUE NOS DAR COISAS PARA ficarmos FELIZES, ELE QUER QUE SEJAMOS FELIZES.

Avance no relacionamento...crie laços e não mercados internos.

Deus e você: É RELACIONAMENTO, e não mercado.

Beijos
Com Amor...

Nenhum comentário:

Postar um comentário