Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

quarta-feira, 30 de abril de 2014

O perdão cola, remenda.


Clara recebeu uma carta inesperada.
Olhou o remetente (vinha de uma temporada de pescaria, era quando ele finalmente parava pra PENSAR) e mal pôde acreditar. Afoita, abriu o envelope.
E em voz baixa começou a lê-la:

 "Meu coração dispara 
Diz: PARA. 
Mas por que? Por medo de se perder no 'caminho sem mapa' que é o amor. 
E por pura falta de coragem, mesmo sabendo o que quero, não consigo sair da margem. 
E com isso vejo quem amo partir. 
Partir-me ao meio e ir... 
E fico metade. 
Meio passado e meio presente. 
Meio com uma namorada que ocupa um espaço social, e com você que ocupa meu coração e pensamento. Mas nessa metade sou intenso (eu sei, estou justificando)! 
Mas mesmo fazendo o possível, dando o meu melhor...Sou só metade. 

Assumir tudo foi a coisa mais difícil da minha vida 

Mas minha vida já tinha sido dividida quando você chegou (antes e depois de você), e depois novamente dividida quando te deixei ir. 
Então, como agora sou só fragmentos intensos, o orgulho, o medo, a covardia já não cabem mais. 
Te ter de volta?! Como?! 
Você me colaria? Você se colaria a mim novamente? Me perdoaria?" 


Ahhh ela nunca hesitou em seu amor por ele. Tudo foi sempre muito claro, forte.
Era tudo que ela queria, tudo que ela esperou por tanto tempo. Mas agora ela tinha medo de ele deixá-la ir...sem nenhuma explicação lógica novamente. Aquela dor a relembrava de um Amor Covarde...
Mas ela tinha um lema: "Eu não tenho nenhuma coragem, mas procedo como se a tivesse, o que talvez venha dar ao mesmo."

Então, Clara pegou um papel e escreveu apenas:
"COLARIA SEMPRE. NUNCA ME DESCOLEI DE VOCÊ. E, SIM, TE PERDOARIA TODOS OS DIAS SÓ PRA PODER AMÁ-LO POR TODA A VIDA".

segunda-feira, 28 de abril de 2014

ELE vem.


"Ao anoitecer, o barco estava no meio do mar, e Jesus se achava sozinho em terra. Ele viu os discípulos remando com dificuldade, porque o vento lhes era contrário. Alta madrugada, Jesus veio ter com eles, ANDANDO POR SOBRE O MAR, e queria tomar-lhes a dianteira."
 _Marcos 6:47-48

Muitas e muitas vezes estamos em dificuldades, os ventos estão contrários, parece que nada favorece...
Mas quer uma boa notícia? JESUS VAI AO NOSSO ENCONTRO.
ELE VEM AO NOSSO ENCONTRO. E vem das formas mais inusitadas, mais surpreendentes!
Por isso, não queira enquadrá-lo num caminho natural e humano. ELE é Deus, ELE É O CAMINHO.
Se preciso for, ELE anda sobre as águas.
O 'sobrenatural' para nós é o caminho comum Dele.
O impossível para nós é absurdo para Ele.
Nele habita a vida. Nele habita a autoridade sobre todas as coisas. ELE é o Todo Poderoso!
E sabe o melhor?! O Senhor de todas as coisas é o nosso Pai. É o Pai daqueles que creem.
Não limite por onde ELE deve agir, como ou quando! Apenas seja filho, discípulo, seguidor, amigo...Dele. ELE foi ao encontro dos discípulos antes mesmo deles O chamarem. ELE viu que estavam em dificuldades e foi. Esse é o nosso Deus de Amor.
A multidão que queria apenas bençãos ia atrás Dele. Mas com os filhos (os que decidiram crer Nele e viver de verdade o que dizem crer) ELE vai atrás. ELE vai atrás da ovelha perdida...

Preocupe-se apenas em ter um RELACIONAMENTO ÍNTIMO, VERDADEIRO COM ELE.
Saia da religião, das filosofias humanas que apenas aliviam a consciência. Saia da falsidade, hipocrisia...Pare de Se enganar! Vá para a intimidade com Jesus que é onde há TRANSFORMAÇÃO DE VIDA.

Beijos
Com Amor...

Boa semana!

domingo, 27 de abril de 2014

Inverta. Ou você não tem o que oferecer?


Ao invés de querer receber, receber, e receber, já pensou em dar?!
Ao invés de querer que as pessoas sempre façam algo por você, já pensou em fazer por elas?
Pergunte-se: o que posso fazer por fulano para ajudá-lo? (lembrando que AJUDAR nem sempre é dar o peixe, é ENSINAR A PESCAR).

Quem só recebe não semeia, assim sendo, não colhe.
Seja rio, seja vida que flui. Lugar que só recebe água é como o 'Mar Morto', não gera vida.
Ao invés de ficar só se 'alimentando' dos outros, 'alimente' outros também. Assim você semeia. Então, terá colheita e não mais dependerá da colheita alheia. 

A lei mais exata da vida é : o que semeamos, colhemos.
Quem semeia estrela, colhe constelação. E quando colher, aprecie sem moderação.

Obs: e quando falo de 'DAR', não me refiro à dinheiro apenas. Dar atenção, carinho, servir, ...

Bom domingo!
Beijos
Com Amor...

sexta-feira, 25 de abril de 2014

Eu volto a dizer...

Não olhe pra minha colheita, olhe pra minha semeadura.
Não olhe pra onde estou, observe bem a estrada que trilhei.
Repare bem nos momentos em que eu disse "não" para o meu egoísmo, nos momentos em que respeitei meu luto, meu choro. E preste atenção que, NESSES MOMENTOS, mantive minha Fé. Mesmo não vendo um palmo na minha frente, minha confiança no Pai permaneceu.
Cometi erros, tropecei, caí, falhei...sou humana. Aceitei isso. E juntamente com isso, aceitei que sou dependente da Graça, do perdão e do Amor de Deus. Sem ELE nada sou.
Eu não me salvo sozinha. Apenas reconheci e reconheço todos os dias que preciso de Cristo pra ser meu Salvador.

Por um mundo menos independente...
(vivendo na DEPENDÊNCIA DIÁRIA DE DEUS) #naContramão

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Eu estendo a minha mão. Estique a sua!


-Não me deixe
-Não fui em quem te deixou, foi você quem me deixou ir...
-Você volta?
-Você se refere à cidade ou a NÓS?
-Volte!
-...e mais uma vez você jogou a responsabilidade pra mim ou para o destino... Mais uma vez você me deixa ir...
-Como assim?
-Você não tinha que me pedir pra voltar, você tinha que me impedir de ir.
-Mas agora você já está indo...
-Sim, AGORA, já estou... Agora preciso ir...Ir pra qualquer lugar que não me lembre você.  
-Você sabe que não é assim.
-Mas pode ser. Pode funcionar.
-Se eu te amo e você me ama...por que você vai?!
-Porque, mesmo eu te amando e você me amando, você me deixa ir. Você tem medo do sentimento. É só amor, meu bem. Eu sei que é absurdo e gigante, mas não precisa ter medo. É só um sentimento que te faz perceber a respiração, que te mostra cada detalhe da vida... Mas enquanto você não desce e olha o que tem debaixo da cama, enquanto você não enxerga que não é um monstro, e sim, um presente...Eu vou.
-Me diga, você volta?
-Se eu não conseguir voltar sozinha, você me busca?!

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Quer uma vida diferente? MUDE.

Você pode até me achar "dura" com algumas coisas, mas é porque é duro ver pessoas que a gente gosta vivendo de migalhas, enquanto poderiam voar alto...
Não, não tenho dó. Às vezes faz é me irritar, ver que sabemos de um monte de coisas (na teoria) mas não colocamos em prática. E o pior é quando tentamos abrir os olhos de alguém e a pessoa diz "eu sei".Bom, se sabe, deve saber que precisa agir também. Conhecimento sem prática é igual a nada!
 "Coitado, ele precisa...", alguém pode dizer. Precisa, precisa mesmo, de mudança!
Não adianta ficar reclamando das situações se VOCÊ NÃO MUDA. Quando você mudar, as circunstâncias mudam.
Vejo isso na minha vida. A gente, às vezes, fica esperando uma mudança cair do Céu!!!
Ela pode até vir do Céu, mas o passo terá que ser seu.
Paremos de focar nos outros, nas situações que se repetem e ....bora criar vergonha! Arcar com as consequências de nossas escolhas.
Ou mudemos a atitude para que as mudanças da vida aconteçam...OU abrace o comodismo SEM RECLAMAR.

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Sobre a semana santa...

Não é uma sexta-feira sem comer carne que nos deixa "santos".
É uma vida cheia da presença de Deus em cada ESCOLHA que fazemos, em cada gesto.
O que nos torna 'santos' é uma vida sem sermos guiados pelos desejos da carne.
O problema não é a carne que ingerimos, é a carne que temos.
Reflita. Não engane a si mesmo.
Não adianta deixar de comer carne mas continuar sendo uma pessoa cheia de ira, inveja, ciúmes, egoísmo, narcisismo ...
Agir segundo a carne é quando você não dá a outra face, quando você é vingativo, quando é mesquinho...Enfim, na verdade tem muito mais a ver com nossa motivação (intenção) do que com nossas ações. Pois às vezes até temos uma bela ação, mas a motivação é torta...

"Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem; idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes. Eu os advirto, como antes já os adverti, que os que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus. Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio." 

 Bom feriado!

terça-feira, 15 de abril de 2014

Por favor, viva. Por você e por mim.


-Então quer dizer que eu já te perdi?
-Não é isso. Eu acredito que toda pessoa é 'reconquistável'. É claro que muita coisa aconteceu. Eu mudei, você mudou. Mas mudanças, às vezes, fazem bem. E às vezes até melhoram uma relação. Tipo, ontem não daríamos certo, hoje sim. Não sou o tipo de pessoa que acredita que o ser humano é descartável: uso, jogo fora e nem olho pra trás. E isso não tem nada a ver com viver de passado. Apenas, respeitar o passado.
-Você parece que fala por parábolas...rs...Não consigo entender sua resposta.
-Rafa, você teve todas as oportunidades do mundo! Eu sou muitooo paciente, esperei você se decidir, acordar...E, como sempre, só acorda quando vê que está perdendo. 
-Tá vendo! Então...estou perdendo! Tem outro cara na jogada, né?! Droga, eu te amo....É estranho falar isso...dá medo, mas é a verdade.
-Bom, sou uma mulher solteira, posso e devo conhecer outra pessoa. Sobre me amar... Ahhh, não me diga isso agora. Não agora! Hoje estou cansada de tudo...
-Tá certo. Eu estou errado mesmo, eu sei disso. Seja feliz então...
-Tá vendo?! É disso que sempre falei! Que insano isso! Você acaba de dizer que me ama, mas me deseja felicidade com outro. Não faça isso!
-O que quer que eu faça?
-Alguma coisa! Caramba, se eu descobrisse que amo alguém, e que as coisas não caminharam por responsabilidade minha....Ahhhhh, eu lutaria até o fim se soubesse que a pessoa sempre me deu o "sim" como resposta! Porque o "sim" quando é verdadeiro, não deixa de existir, apenas se cansa de existir. 
Mas não...VOCÊ NÃO FAZ ISSO! Seu amor é cheio de teoria, e cheio de medo e insegurança que não te deixam agir. Eu até entendo, sempre tentei te ajudar. Mas vai ser refém disso pra sempre?! Eu não posso agir por você...
-Eu não sei o que fazer...
-Não vamos conversar sobre isso agora. Vou acabar falando demais...
-Mas quando você fala eu enxergo. Dói, mas enxergo. Parece que você ilumina minha alma...
-Hoje quem está insegura com tanta insegurança sou eu...Só acho lamentável você vir me falar essas coisas mesmo estando namorando outra agora... 
-Mas não estamos fazendo nada de errado.
-Não é isso. Não é questão de certo ou errado. É questão de vida ou morte. Você não escolheu a vida. Preferiu, como muitos, estar com alguém que você gosta do que estar com quem ama. E tudo por quê? Por medo de ficar vulnerável, de perder o controle, de sofrer por amor... Quem não está disposto às loucuras do amor, vive à margem. E quem vivem à margem, já morreu.


segunda-feira, 14 de abril de 2014

Confie Nele.

Entregue o seu caminho ao Senhor; confie Nele, e Ele agirá: _Salmos 37:5-6

Simples falar que confiamos, né?! Agora REALMENTE confiar é que são elas!
Onde depositamos nossa confiança, nossa segurança? Num sonho, numa meta, num trabalho, numa pessoa.... Tantas opções que facilmente roubam nosso coração.
Você organiza sua vida a partir de quê? Você escolhe um amor a partir do trabalho, ou da cidade...? Você escolhe o trabalho a partir do dinheiro, da segurança...? Sua segurança financeira está num concurso que passou?
E se, de repente, Deus te orientar pra outro lado?! E se você tiver que mudar de país, cidade...ou abandonar a "estável" para arriscar a algo bem maior?! Onde está sua confiança? O mesmo Deus que te sustenta através de um concurso, te sustenta de qualquer outro jeito.
Não estou dizendo que batalhar por uma estabilidade financeira seja errado. Claro que não! É muito prudente, aliás. Só estou dizendo que nossa confiança não deve estar firmada nisso. Isso pode ser tirado da gente. E aí?! Vai se desesperar?!
É muito bom termos coisas, mas as coisas não podem nos ter (na prática).
Escolher um companheiro pra vida a partir de conveniências e perder a chance de viver um amor?! "Ahhh mas pra viver o amor que tenho por fulano, teria que fazer um monte de coisas"....alguém diz. Ué, faça. Ou você não confia que Deus te fortalecerá, já que te deu um amor um pouco mais longe?
Muitas vezes, os melhores lugares não são tão fáceis de chegar.

Sua alegria está numa paixão?! Paixão pode passar. Pessoas são inconstantes e podem nos ferir (mesmo sem querer). Você fica sem chão se não tiver aquela pessoa com você? Claro, quando gostamos, sentimos falta. Mas calma, entrega ao Senhor, confie.
O que tem nos guiado? O que deve nos guiar é nossa Fé no Pai, é o Espírito Santo. Afinal, a vontade Dele pra nós é PERFEITA.

Todos os dias eu decido entregar meu caminho ao Senhor, e busco exercer minha fé Nele. Confiando na soberania do Pai de Amor.
E lembre-se, confiança é decisão e fruto de intimidade. Relacione-se com Jesus. 

Beijos
Boa semana!

sábado, 12 de abril de 2014

Uma lição compartilhada.

Paulo, um cara muito bem sucedido, conversava com um amigo dele sobre finanças .
Esse amigo estava se queixando, dizendo que pra Paulo tudo era mais fácil, afinal, ele era milionário.
Paulo sabiamente respondeu :
 - Cara, você teve boa criação, tem uma ótima família, estudou fora e só começou a trabalhar aos 25 anos, e isso porque estava entediado, nem foi por necessidade . Eu nasci em família pobre, tive que começar a trabalhar aos 14 anos pra não faltar comida em casa. Enquanto você se divertia, vivia sua infância e adolescência, eu trabalhava. E você vem me dizer que as coisas são mais fáceis pra mim?! Eu não estou reclamando de minha vida, mas cada escolha tem uma renúncia. Você está me dizendo que está endividado?! CARA, A QUESTÃO NÃO É O VALOR QUE VOCÊ GANHA. Quem não consegue viver com 100 reais não consegue viver com 10 mil reais. O grande problema é que você quer viver acima do padrão que você está, gasta mais do que tem. Aprenda a ser grato, de verdade, nas pequenas coisas. "Seja fiel no pouco e sobre o muito te colocarei".

 ------
Esse diálogo realmente aconteceu com um amigo. E como achei sábio, resolvi compartilhar. Vários ensinamentos num papo de amigos.
1- nunca julgue, você não sabe os caminhos que a pessoa percorreu.
2- Não gaste mais do que ganha.
3- Seja grato.
4- Não ache que o mundo tem que fazer algo por você, vá e faça.
5- Não se faça de vítima. Tá insatisfeito ?! Mude sua história. ....

Beijos

Com Amor...

domingo, 6 de abril de 2014

Vida sem marcas ou vida marcante, você que escolhe.


Mundo estranho esse que construíram. Mundo onde uma pessoa não se revela a outra pessoa.
E quando alguém rompe essa barreira e enxerga o outro, o que foi descoberto fica em conflito. Acha bom, mas foge.
Pessoas tão inteligentes, estudam tanto pra quê? A razão da vida está em VIVER, se relacionar. E a maioria usa os estudos, o dinheiro, a tal "inteligência" para criar muros ao redor de si.
Mas é tudo tão maquiado, tudo tão bem arquitetado pelos fantasmas que nos prendem que fazemos isso sem ver. Vivemos anos com pessoas sem aprofundar, relacionamos sem nos entregarmos.
E acabamos por alimentar uma vida social sem ser social . E tudo muito bem justificado com termos até "inteligentes" (mas não honestos).
É nesse mundo que vivem Sofia e Pedro.
Pedro, um homem estudioso, disciplinado, cheio de metas, e belo como seu coração.
Sofia, uma mulher que, apesar de não saber muito das fórmulas de física ou química e não se apegar à regras gramaticais, se aprofundava em pensamentos e sentimentos. Lhe faltava disciplina, mas sobrava vontade. Cheia de sonhos.
Ser estudioso jamais será defeito, assim como ser disciplinado, ou ser cheia de sonhos. São apenas formas diferentes de se apresentar à vida. Mas qualquer coisa vira defeito quando se coloca entre você e outra pessoa; quando te faz mudar os valores sem que perceba, quando nos impede de olhar dentro do outro, olhar para o outro, e não pra você mesmo que se identifica dentro do outro.
Sofia e Pedro se conheceram, se amaram desde o primeiro instante.
Ela amava olhar pra Pedro e o enxergar por dentro. Não que ele permitisse, mas ela sempre foi atraída pela essência das pessoas, sempre gostou de olhar pra dentro.
Pedro a enxergava também, isso lhe era natural. Mas se assustou ao sentir-se nu. Essa nudez atrapalharia suas metas.Assim, escolheu o lado errado da vida. O lado da "não-vida". Desconectou-se de Sofia e ingressou na procissão do mundo, fria e indiferente.
Começou um novo relacionamento dentro dos paradigmas 'externos' . Entende?! Porque a fôrma interna, o coração dele era diferente, isso era dele, mas apesar de pertencer a ele, colocou-se de fora de si (eu sei, tá complicado).
Em muita coisa sua nova companheira lembrava Sofia (inclusive no tom de pele, cabelo, altura, gostos...). Uma substituta? Até quando? Até quando a emenda aguentaria? Até quando o disfarce (pra si) funcionaria?
Certo dia  ele confessou pra Sofia: -"Você me traz calma, desperta meu lado doce, me traz de volta pra quem sou... ".
Mas acho que ele confundiu "essência" com infância, e acreditou que amadurecer era SE abandonar, mudar quem sempre foi. Claro, atitudes mudam, planos mudam, mas coração?! Não deveria....
Pena que nesse mundo a maioria perde o coração (tem seu coração adulterado) mas nem percebe, e fazê-la enxergar não é uma tarefa fácil.

E nessa mudança, preferiu se ausentar de Sofia (e de si). Ele dizia que vê-la mexia com seu coração. Pra bom entendedor de alma, isso basta pra saber que se mexia é porque o amor era genuíno.

Numa conversa com um amigo Pedro foi questionado:
-Cara, eu não te entendo. Eu sei que isso é comum de acontecer, mas não é porque seja comum que é aceitável. Entende?!
-Hã?! Do que você está falando?
-Você ainda pensa em Sofia, ainda se nega a falar com ela... 
-Não viaja, cara...Tô quase me casando com outra pessoa que me faz muito bem e gosto muito.
-Legal... Mas não estou falando de gostar, estou falando de alguém que ocupa seu imaginário, suas hipóteses, seu íntimo mais profundo...onde a razão não explica.
-É verdade que eu penso em Sofia, ela tem o mesmo mundo interior que o meu e isso é uma raridade de achar...
-É, uma raridade que você está jogando fora...
-Não é isso...
-Não? O que é então?
-Ah...Suas perguntas estão me inquietando...
-Claro, estou levantando o tapete pra você ver o tanto de coisa que tem por baixo... Estou mexendo nos entulhos (bons e ruins) que encobrem seu coração...
-Eu já segui minha vida, ela seguiu a dela.
-Seguiram? O que é "seguir" a vida pra você? Cara, sentimento como esse de vocês não é fácil achar. Com certeza, surgirão outras feridas se vocês se assumirem. Sua atual companheira, o atual companheiro dela, inclusive você e Sofia vão sofrer um pouco com essa atitude (caso, tenham tal atitude de terminarem com os atuais e voltarem). É normal... Mas pense comigo, feridas cicatrizam e a vida continua, mas continuar no morno, ter uma vida sem ferida e pela metade é praticamente um aborto da plenitude da vida. Corra, sempre dá tempo de amar....

sábado, 5 de abril de 2014

O sentido da Verdade pode nos surpreender.



É incrível como a mentira precisa fazer sentido. O inventado precisa ser explicado. A ficção tem que ter lógica (como se a vida tivesse...).
A verdade, por ser absoluta, descarta justificar-se.
Tantas e tantas vezes lutei pra explicar o inexplicável 'amor de verdade'. Eu queria fazê-los entender a dimensão...Claro, foi e é válido. Mas a maioria não consegue entender.
Se eu dissesse que amei e já não amo mais, muitos entenderiam (porque provavelmente teria uma explicação). Como se o amor se findasse....
Sim, o amor pode esfriar, pode ser escondido, mas ir embora como se nunca tivesse chegado?! Ahhh não sei não, hein...
Por ter me cansado de falar tanto, justificar ações e reações, me calei por uns dias.
E no silêncio falo mais alto. Na quietude da imaginação, a FÉ reina, soberana, e a emoção se estabelece sob o governo de Deus.

Não estou dizendo que as ações ou palavras não são justificáveis, ou não tenham causa, raízes profundas de um monte de coisas. Nem estou dizendo que quando minha imaginação está saltando minha fé vacile.
Estou apenas contando um momento da vida.
Estou apenas, mais uma vez, explicando como funciona o meu processo sobre a verdade que sinto.
Há várias fases.
Quando a gente se fere, nossa primeira reação é gritar, falar, contar como foi, explicar a dor. Mas passado um tempo, o sangue já parou de pingar e a gente encara a dor como 'parte da natureza' (quase) , como um acaso desgraçado.
Se foi apenas um corte, tudo bem, logo cicatriza. Mas se perdemos um pedaço de nós, mesmo que cicatrize, faz falta, dói. E é aí que entra a saudade.
Saudade do que foi, e pior, saudade do que poderia (ou ainda pode) ser.

Mas como já estou na fase do silêncio (do lado de fora), busco estabelecer a verdade da Fé nAquele que me criou, me conhece, me ama.
E a calmaria da confiança na Soberania do Pai (Deus) me invade e me guarda de tudo, inclusive da saudade e do amor 'já citado'.
E todos os dias ELE me relembra que os caminhos Dele são cheios de verdade. Assim sendo, não precisam fazer sentido. Pelo menos, não o "nosso sentido".

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Sobre generalizar.


'Pessoas que generalizam são tolas demais.
Ops! Acabei de generalizar.'

Bom, só quis mostrar (acima) como facilmente comentemos os mesmos erros que criticamos nos outros. Desde crítica aos políticos corruptos quanto líderes religiosos que nos envergonham, até a comportamentos que simplesmente não concordamos.

Observe-se.
Às vezes o que nos incomoda no outro é justamente nosso defeito projetado e gritado, ou um desejo de ter tal liberdade (inveja).
Claro, há defeitos que nos incomodam porque agridem nossos princípios morais, éticos. Mas há situações de puro reflexo de podridão da alma. Entende?! A podridão do outro expõe a sua (de forma inconsciente). 

Por isso, falei 'observe-se'.
Mais paciência com o outro, e uma olhada a mais no espelho da consciência vai sempre bem. Abra a janela da alma e se encontre.
Impossível mudarmos o mundo se não partir de nós mesmos. O primeiro mundo que tenho que mudar é o meu (interior).
O mundo de fora é consequência de um bom exemplo e não de boas palavras.
Que Deus nos dê graça e nos mostre onde precisamos mudar. Porque muitas vezes não enxergamos. E que a gente caminhe rumo à mudança, mesmo que exija de nós a morte do EGO , do "estar certo sempre", do orgulho, arrogância, vaidade... É, matar essas coisas dói.
Caminhar na LUZ da Verdade sempre ajuda. E isso não é religião, é comunhão, relacionamento com Jesus (nosso melhor exemplo de que podemos vencer o mundo..NELE e com ELE).

Tua Graça me basta.


E disse-me (o Senhor): "A minha Graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza."_ 2 Coríntios 12:9

Quantas e quantas vezes fazemos o que não deveríamos e vemos nossas fraquezas ganharem uma dimensão que não queríamos?
Ou quantas vezes esperamos sentir a plenitude da vida num sonho realizado?
Pra todas as ocasiões...UMA RESPOSTA de Deus : "A MINHA GRAÇA TE BASTA".

Não estou defendendo pecados, defeitos ou momentos de estupidez que cometemos. Mas que possamos colocar nossas fraquezas nas mãos DELE, para que o poder de Deus se manifeste. É um ótimo momento de vermos e reconhecermos a manifestação do Pai em nossas vidas, de reconhecermos o Amor Dele por nós apesar de nós, apesar de nossos inúmeros defeitos.
Conhecemos o Deus que salva quando estamos à beira do precipício.
Conhecemos o Deus que restaura quando a dor já é insuportável.
Conhecemos o Deus que perdoa quando reconhecemos quão pecadores somos.

Façamos de nossas fraquezas um momento de intimidade com Cristo, e aí, onde somos fracos, ELE nos fará fortes. Pode não ser do dia pra noite. Cada um tem um processo diferente, um tempo diferente, uma personalidade diferente. Não se compare com outros. Deus trata com você de forma diferente do que trata comigo. Mas tenha certeza de uma coisa, ELE sempre trata com AMOR.

E quanto à segunda pergunta que fiz...(quantas vezes esperamos sentir a plenitude da vida num sonho realizado?)... Várias vezes eu me pego 'querendo' cair nas armadilhas do mundo, onde o ser feliz depende da realização exterior, de metas alcançadas, pessoas conquistadas... Claro, tudo isso é bom. Mas não vamos nos alicerçar nisso. Isso passa, é temporal, é inconstante, incerto....
Que possamos viver e entender que o mundo pode estar de pernas pro ar, sua vida pode estar do avesso, mas A GRAÇA DE DEUS TE BASTA.
Que possamos ter isso revelado em nosso íntimo, a aceitação do Amor do Senhor (criador do universo) por nós.
Que possamos usufruir desse amor tão absoluto por nós...
Acredite em mim, a plenitude da vida vem na companhia Dele, quando mergulhamos no Amor e Graça do Pai.
Se ELE diz que a Graça nos basta, basta.

Beijos
Com Amor...