Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Eu só queria um mundo de verdade. De Verdades.


-Cuidado, minha filha, o mundo é hipócrita, não entendem a sinceridade. _minha mãe me disse.

Mas é justamente isso que tento combater! Esse mundo onde ninguém fala dos defeitos, da realidade, porque "não se pode falar".
Ninguém fala a verdade porque constrange.
Ninguém fala o que realmente acha porque o outro pode achar ruim.
Ninguém fala o que sente (nem pra si) porque tem medo do outro. (como se o outro também não sentisse algo!).
Não pode falar determinada coisa (a verdade) porque as pessoas podem interpretar errado (mesmo quando não há espaço para outra interpretação. Mas eu sei que quem quer ver chifre em cabeça de cavalo, dá um jeito!). Se o outro é 'doente', seja sozinho. Tento ajudar, mas cair nessa de virar doente porque o outro não aguenta alguém que já foi curado?! Ahh não!
Não sou a favor da grosseria, não. Deus me livre disso! Apenas luto por uma vida de verdade, onde as pessoas conversem com naturalidade sobre o que sentem (se estão com raiva, amando, com medo...) e não como se fosse um pecado mortal falar de emoções!
Apenas luto por uma vida onde alguém te pergunta "você gostou disso?" e você tenha liberdade pra dizer "não, não é minha praia". E ambos não ficarem melindrosos, simplesmente se respeitarem e se aceitarem. Apenas desejo que a verdade seja algo natural, que seja virtude e não defeito.
Desejo que a verdade atraia pessoas e não afaste. Até porque laços estabelecidos na verdade dificilmente se desfazem.
Luto por uma vida em que as pessoas VIVAM antes que morram.

Mas eu sei que a verdade não pode ser gritada, isso agrediria muita gente. Nada funciona "no grito".
Mas também sei que não deve ser sussurrada, afinal não é motivo de vergonha e nem deve ser escondida.
A verdade tem que ser falada em tom normal e sempre com amor.
Com Amor, a verdade liberta. Sem amor, ela aprisiona e agride.

Um comentário:

  1. Nada mata mais a liberdade que o melindre... Se deixar mata até a verdade!!!
    Parabéns pela coragem de andar na Verdade e pela sabedoria de dizê-la em amor...

    ResponderExcluir