Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Expressão do Pai (Deus).

"Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros." _João 13:35

Tão simples que seria desnecessário explicar se não tivéssemos dificuldade com coisas simples. Temos mania de complicar.
Vemos tantas pessoas falando de Deus e até famintas por agradá-LO, mas pecam no amor. No AMOR PRÁTICO.
Quer ser expressão do Pai nesse mundo? Primeiro, ande com ELE. Então, andando com ELE aprenderá o AMOR, a ternura...
Amor não é dizer que ama. Amar alguém resume tudo. Porque se amamos nos colocamos no lugar do outro. Se amamos não enganamos, não queremos tirar proveito, não somos injustos, não julgamos, não somos indiferentes. Sim, o amor implica dizer não para nossa justiça própria, e para nosso comodismo.
E não só isso, amar é FAZER o que precisa ser feito, é fazer o que gostaríamos que fizessem por nós. É saber que alguém precisa de algo que você pode ajudá-LO e, ao invés de pensar "não é da minha conta", fazer o que puder pela pessoa, sem querer barganhar.
Se amamos, não achamos que o mundo tem que nos servir, pelo contrário, entendemos a grandeza de servir as pessoas.
Se amamos não deixamos alguém ir pelo caminho de morte, alertamos, confrontamos (se preciso), mas se a pessoa continua na revolta, a amamos mais ainda e mesmo sem concordar, a aceitamos.
Ser expressão de amor com pessoas amáveis qualquer um faz, agora ser expressão de amor com quem está em crise, com quem é diferente de você... Aí só o Amor Incondicional do PAI pra nos ensinar e nos encher.
Quando a Bíblia fala de AMOR, ela se refere ao Amor perfeito de Deus, e não ao nosso...mesquinho, limitado, condicional...
Que possamos ser expressão do Amor de Deus. É disso que o mundo precisa! Gente pra julgar, condenar, inspirar revolta, ira...esse mundo já está cheio.
Receba desse Amor, conheça Aquele que é o Amor, ande com Cristo.

Beijos
Com Amor...

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Arranquemos a incredulidade.

"Tende cuidado, irmãos, que nunca se ache em qualquer de vós um perverso coração de incredulidade que vos afaste do Deus vivo;" _Hebreus 3:12

Como arrancar as raízes de incredulidade de dentro de nós vivendo nesse mundo ??? Vivendo nesse mundo mas não sendo parte dele. Entende?! Alimentando-se de Fé, de boas novas...alimentando-se da Verdade.
E a Verdade não é o que vemos, não é o que sentimos (às vezes). A Verdade é o que Deus diz.
A Verdade é Cristo, em sua obra completa na cruz. (por isso, a importância de ler a Bíblia, para que não caia em nenhuma conversa fora de contexto).

Afastar-nos de Deus nos faz ter uma vida muito pesada e sem sentido. Lembrando que estar perto de Deus não tem a ver com ter uma religião. Tem a ver com ter Cristo, ter um relacionamento com ELE.
Ao invés de se afastar de Deus, afaste-se da incredulidade. Ao invés de rastejar, voe com ELE!

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Tire o foco de mim, foque em VOCÊ.



Não me mate só porque te amo
Não me maltrate só porque te quero bem
Não me condene só porque te absolvo
Não me julgue só porque reflito seu íntimo.

Eu sei, infelizmente, quando não podemos (ou conseguimos) expressar uma dor, julgamos quem chora.
Sim, "não podemos", porque às vezes nos negamos a nós mesmos, nos forçamos um novo caminho (mas esse caminho cheio de emoções escondidas não é saudável). Parece um tanto insano, mas é bem mais comum do que imagina.
Se não conseguimos gritar um amor (por medo, por conveniência, por covardia, ...) entramos em conflito com os gritos de quem o faz.
A autenticidade ( expressar verdadeiro sentimento, aquele escondido por tantos) gera um certo desconforto, afinal, confronta nossa maneira de viver (eu diria sobreviver, por mais intensa que seja essa maneira). E confronta porque, no fundo, sabemos que a liberdade da verdade é que deveria ser nosso caminho.
O céu deveria ser nossa estrada.
Por isso, te imploro (você que me lê, que SE lê). Aceite esse confronto, reaja, mude a rota mesmo que seja preciso voltar atrás, mesmo que fira seu orgulho, mesmo que tenha medo...
Dê esse passo em seu favor, do jeito que estiver e independente de como estiver se sentindo. Vá pela Fé. Porque no caminho da Fé você não está sozinho; no caminho da Fé, Deus entra.

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Tudo que é bom, nisso pensai.



"Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai." _Filipenses 4:8

A semana está apenas começando. Bora mudar nossa forma de ver o mundo?!
Se você faz todo dia a mesma coisa, assiste aos jornais, fica por dentro das notícias de corrupção, violência, injustiça, intolerância...está na hora de mudar.
Busquemos notícias que vão mudar nossa vida, vão nos edificar, nos acrescentar.
Na última semana inventei de querer saber de coisas que estavam acontecendo, inventei de ligar a TV nos noticiários, e clicar nas matérias políticas... UAU! COMO ISSO VEIO COMO UMA PEDRA PRA ME DERRUBAR!!! 
Claro, é bom saber o que está acontecendo, mas não alimente essas informações. Esse tipo de coisa MINA NOSSA FÉ, planta em nós a incredulidade, seca em nós a esperança... E estando assim, como fazer a diferença na vida das pessoas?!
Chega! Se for preciso não assista aos jornais, não assista TV aberta, porque até o que era pra entreter está nos deixando enfermos!
Alimentemos a nossa Fé em Deus. Como?! Ouvindo músicas edificantes, com boas letras, lendo a Palavra,...CONHECENDO JESUS de verdade, e não apenas de palavra.
Fé é acreditar no invisível, e vendo tanta podridão fica difícil. Por isso, não olhemos ao redor, vamos firmar nossos olhos Naquele que nos ama absurdamente.
Não tente entender. Creia!
Mude o que tem semeado dentro de você, mude sua alimentação emocional e espiritual. Chega de coisas negativas! Olhe acima das circunstâncias, é lá que o Pai habita e é lá que ELE quer q você habite também.
As lutas existem?! Claro, mas você não precisa ficar nelas, pode ficar ACIMA delas. Entende?! Estar em luta mas a luta não estar em você, não ser abalado por ela. E isso só é possível num relacionamento sincero com Deus.

Beijos
Com Amor

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Eu só queria um mundo de verdade. De Verdades.


-Cuidado, minha filha, o mundo é hipócrita, não entendem a sinceridade. _minha mãe me disse.

Mas é justamente isso que tento combater! Esse mundo onde ninguém fala dos defeitos, da realidade, porque "não se pode falar".
Ninguém fala a verdade porque constrange.
Ninguém fala o que realmente acha porque o outro pode achar ruim.
Ninguém fala o que sente (nem pra si) porque tem medo do outro. (como se o outro também não sentisse algo!).
Não pode falar determinada coisa (a verdade) porque as pessoas podem interpretar errado (mesmo quando não há espaço para outra interpretação. Mas eu sei que quem quer ver chifre em cabeça de cavalo, dá um jeito!). Se o outro é 'doente', seja sozinho. Tento ajudar, mas cair nessa de virar doente porque o outro não aguenta alguém que já foi curado?! Ahh não!
Não sou a favor da grosseria, não. Deus me livre disso! Apenas luto por uma vida de verdade, onde as pessoas conversem com naturalidade sobre o que sentem (se estão com raiva, amando, com medo...) e não como se fosse um pecado mortal falar de emoções!
Apenas luto por uma vida onde alguém te pergunta "você gostou disso?" e você tenha liberdade pra dizer "não, não é minha praia". E ambos não ficarem melindrosos, simplesmente se respeitarem e se aceitarem. Apenas desejo que a verdade seja algo natural, que seja virtude e não defeito.
Desejo que a verdade atraia pessoas e não afaste. Até porque laços estabelecidos na verdade dificilmente se desfazem.
Luto por uma vida em que as pessoas VIVAM antes que morram.

Mas eu sei que a verdade não pode ser gritada, isso agrediria muita gente. Nada funciona "no grito".
Mas também sei que não deve ser sussurrada, afinal não é motivo de vergonha e nem deve ser escondida.
A verdade tem que ser falada em tom normal e sempre com amor.
Com Amor, a verdade liberta. Sem amor, ela aprisiona e agride.

Ele te conhece, por isso acredita em você.



Aquele, pois, que está de pé, vigie para que não caia. Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar._ 1 Coríntios 10:12-13

Fiquemos atentos. Pra cair basta estar de pé!
Os problemas vêm, os desafios da vida, uma perda, um deserto que parece não ter fim.
Relaxe, isso não é pessoal, não é só com você. Todos nós passamos por isso. A questão é COMO passamos. E isso é ESCOLHA.
Você vai se entregar, lamentar, murmurar até quando? Claro, se tem vontade de chorar, chore. Mas não alimente isso, ou vai acabar vivendo um ciclo sem fim de tristeza.
Ter dó de si é algo lamentável, porque sempre vai achar que precisa de alguém pra te socorrer...ou que as pessoas precisam fazer algo por você, e aí você nunca cresce.
Sim, amigos fazem isso, nos acolhem e isso é maravilhoso e necessário! Mas há momentos em que é só você e Deus. E posso falar?! Esse é o melhor momento! O momento em que sua intimidade com o Pai aumenta, sua confiança cria raízes...
Deus, um Pai de Amor, não permite que venham tentações, provações maiores do que podemos suportar. 

Já parou pra pensar que se você está passando por algo (que pode ser usado para forjar seu caráter, coração), é porque ELE acredita em você?!
O REI DO UNIVERSO, O CRIADOR, o TODO PODEROSO acredita em VOCÊ. Acredite também! Eu sei, tem dias que parecem insuportáveis! Mas se você olhar pra Jesus verá que ELE depositou o Espírito Santo dentro de você (que crê). O Espírito Santo é o próprio Deus.
Mas nós temos que dar a oportunidade pra ELE nos guiar. Temos que ouvi-LO e isso implica, muitas vezes, abrir mão de nossa opinião ou nosso "querer" pra andar de acordo com o que ELE diz. (Deus não se contradiz. Se quer saber se foi ELE quem falou algo...Ele sempre estará de acordo com sua Palavra).
Encha-se Dele, da Palavra Dele. ELE é o escape.

Beijos
Com Amor...

Amanhã encaro a verdade, hoje me deixe. Só hoje.


É estranho.
Antes alguém te despertava amor, hoje temor.
Antes você desejava falar com ele, hoje embora deseje, tem medo de falar com ele.
Não, não podem caber pessoas tão distintas dentro de uma.
Um deles está mentindo. Ou o que despertava amor nunca existiu, ou o que desperta medo é um 'falsário'.
Prefiro acreditar na segunda hipótese.
É, a gente nunca quer acreditar que nos enganamos tanto a respeito de alguém.
Afinal, isso coloca em dúvida nossa capacidade de avaliar, de ler pessoas... Isso mostra nossa ingenuidade.
E ingenuidade é algo inaceitável para a maioria nos dias de hoje.
Reconhecer esse erro grotesco (ingenuidade) até dói de tanta vergonha que sentimos.
Mas fazer o quê?!
Bom, como não estou a fim de sentir vergonha hoje, prefiro acreditar que a hipótese real é de que o que não existe é esse grosseiro que me desperta medo.
Mas já faço minha advertência: fugir da realidade não é saudável. E isso serve pra mim, diante dessa decisão de não querer acreditar nos atos insanos alheios.
Eu sei, sempre luto pela verdade, pra encararmos a realidade. Estou encarando. Levantei duas hipóteses. Estou apenas decidindo acreditar  assim por uma questão de FÉ.

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Meu voto.



Não se assuste com o que vou dizer, mas você não é a minha melhor opção .
Não é porque você tem inúmeras qualidades e defeitos que são aceitáveis pra mim. Não ...isso é vago, pequeno.
Você não é minha melhor opção porque somei conveniências, vi que era mais fácil, cômodo,... subtraí distância, dividi finanças, multipliquei tesão. Não! Sim, você tem mil e uma virtudes e amo cada uma delas. E seus defeitos me dão liberdade pra errar e ser humana.
Mas você não é minha melhor opção, é minha única opção! Porque quando há amor não restam outras vias para se unir à alguém, as opções (mesmo que boas) somem, se tornam nada.
É minha ÚNICA OPÇÃO porque é VOCÊ que eu amo (não por decisão, mas por coração, por acaso...no de repente).
Foi você que despertou em mim um pedaço de Deus, do amor que parece incabível ...mas que nos fez caber um no outro, independente dos muros erguidos. Porque esse amor que sinto me ergue, me leva tão alto que qualquer obstáculo se torna desprezível .
E pode ter certeza, eu farei o possível e impossível pra ser sua única opção pra sempre, pra ser seu "amém" quando você precisar, ser seu silêncio pra descansar, sua festa pra te alegrar, sua música pra dançar, sua melodia pra cantar ... assim como você é pra mim.

https://soundcloud.com/r-marra/meu-voto-narra-o-de-texto

Mude sua reação diante das adversidades.

"E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam.[...] E de repente sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere se moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos." _ Atos 16:25-26

Tentando resumir a história narrada em Atos 16... Paulo (o tão conhecido apóstolo Paulo) e Silas foram presos por estarem falando do Amor de Deus. Insano, né?! Mas muitas vezes acontecem coisas com a gente desse tipo. Somos presos injustamente, ou passamos por situações que nos acorrentam, nos atormentam...Todo mundo passa por esses momentos. O que nos difere são nossas reações.
Ao invés de lamentarem, e se encherem de autopiedade ou revoltarem, eles DECIDIRAM orar e cantar a Deus.
Que isso nos sirva de lição! Diante das cadeias, volte seus olhos para Deus, e não para si, e louve-O. Mesmo sem sentir, faça por decisão, porque nessas horas dificilmente a gente sente essas vontades.
Porque o louvor, o relacionamento com o Pai é através da Fé e não do sentimento.
Exerça DOMÍNIO PRÓPRIO e coloque suas emoções no lugar delas: sob o controle de Deus. Não estou falando para negá-las, mas pra não ser guiado por elas.
Por que fazer isso que eles fizeram? Porque quando cantamos à ELE, estamos olhamos para ELE, então somos cheios da Presença Dele, e não de nós mesmos, e as cadeias se rompem (assim como na vida de Paulo e Silas).

Eu sei que não é a coisa mais fácil do mundo. Mas decida fazer essa experiência, decida agir assim.
Aposto que você já agiu do "seu jeito" a vida inteira, e pode até ter conseguido se libertar, mas foi mais desgastante.
Pode ser dolorido porque o Pai nos mostra quem realmente somos quando andamos com ELE (carentes da Misericórdia Dele), mas é libertador!
Eles conheciam o Deus que serviam, por isso confiavam e tiveram essa reação.
Vamos conhecê-LO mais na prática (e não só de ouvir falar).

 Então, diante das lutas...ao invés de murmurarmos, brigarmos...vamos encher nossos lábios com louvor, com música a ELE e orações. Porque ELE é soberano.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Seja sua melhor versão: livre!


Escrevo tantos contos fictícios (embora cheios de verdades), falo de tanta coisa, às vezes, diretamente. Pra quê?!
Pra me expressar, claro. Mas mais ainda, para que você se expresse! Para que a gente se veja nos personagens, para que a gente olhe pra dentro e busque a intenção, a verdade, a essência...Para que a gente se descubra.
A maioria tem dificuldade em fazer isso. Criam personagens e acreditam cegamente neles. Mas nada como a crise ou alguém com um "espelho" para nos revelar nossa real natureza.

A hipocrisia e o julgamento andam de mãos dadas. Não sei quem é causa e quem é consequência.
Julgamos tanto as pessoas que elas, para serem aceitas, encontram na hipocrisia uma saída.
Talvez se parássemos de julgar haveria espaço para a autenticidade.
Mas o mundo está tão viciado nesse jogo doentio que fica difícil ser você no meio de tanta gente esperando um momento pra te acusar, né?! Entendo seu receio. Mas te garanto, se você se libertar dos outros e de si, tendo consciência de quem você é, nada te prende.
A questão é: para não nos importarmos com os que julgam ou com os hipócritas (geralmente, quem julga é hipócrita também! Haja espaço pra tanta coisa ruim numa pessoa só, né?!)...Enfim, para não nos importarmos precisamos nos conhecer, saber quem somos. Assumir defeitos, fraquezas, amores, saudades...assumir! E mais, conhecer Aquele que nos criou com tanto amor: Deus. Pois conhecendo-O, descobrimos quem somos e podemos ser NELE (por causa de Cristo).
Descobrimos, por exemplo, que já somos amadas absurdamente! Então, a opinião do outro vira mero detalhe.
Nessa comunhão com ELE somos moldados e mudados para a nossa melhor versão!

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Carta de Adeus.


Desculpe, meu bem...
Eu acredito no seu amor,  acredito mesmo.
Mas não sei viver uma relação cheia de tensão. Eu sei, a gente tem muito tesão também,e isso sempre foi incrível!
Mas não gosto da tensão sobre o que posso ou não falar, gosto da liberdade de poder confidenciar tudo (ou quase tudo), da liberdade da sinceridade.
A tensão amarra, prende. Prende o ar, prende os pés...e a gente fica sem poder respirar, sem poder voar.
E você sabe,  eu gosto de voar!
Se você decidisse voar também...
Eu sei, não precisa repetir, sei que me ama. Mas é um amor-menino ainda.
Um amor que está na fase do "é meu". E eu já estou um pouco crescida pra isso.
E embora eu fosse sua, eu também ME pertenço. Você não quer me dividir nem comigo!
Porque essa sou eu, alguém que ama gente, e se preciso for, mudo minha rotina por me importar com gente.
Ah você sabe que eu me importava com "a gente " também, aliás, a maior parte do tempo era só a gente.
Mas mesmo eu conversando, tentando te falar que isso estava me matando você não mudou.
Me disse mil palavras lindas (que sempre amei ouvir de você), cuidava de mim, mas quando o assunto era o equilíbrio da relação... você pedia desculpas mas não mudava.
Desculpe, meu bem...mas minha paciência chegou ao fim.Não é questão de não te querer mais, é que está me pesando demais.
E não me julgue, há casos e casos. Nosso caso não é de uma relação leve, onde mesmo que haja discordância, nos amamos demais.
Nosso caso é,  diante de um mundo tão incrível, você quer me guardar numa caixa. E em caixa não sei viver.

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Acorde, coleguinha!

Carência nível: ------- (piiiiiiiii) você ultrapassou o limite. Game Over.
ahahahahahahahaha

Essa é para você que acha que seu valor está diretamente ligado com sua popularidade nas redes sociais.
Nada contra redes sociais, aliás, amo e faço bom uso. Mas estabelecer meu valor por fatores externos não dá.

Faça isso nãooooooooooo, gente!
=)

Vem comigo, pula esse muro!

Na intimidade de uma conversa sem máscaras...
O papo entre esses dois amigos fluía com muita liberdade:

-Eu não queria me envolver agora, acabei de sair de um relacionamento.

-É, acho saudável. É bom ficar sozinho pra pensar, repensar...

-Então, por isso emendo sempre. Quero pensar nãoooo!ahahahaha

-(risos) Dói, mas faz crescer, liberta! Lembra?! "A Verdade liberta".

-É.. Mas não consigo ficar sozinho não, eu gosto de carinho, gosto de dormir junto, de ter alguém...

-BINGO! Você matou a charada da maioria! Você gosta do carinho e não de carinho, gosta de dormir junto...Você gosta do aconchego não importa de quem venha. Mesmo que você não ame...Você não gosta da pessoa, gosta do que recebe dela. Por isso sai e entra tão rápido de relacionamentos.

- Ahhh! Mas já me apaixonei algumas vezes, e amei uma pessoa. Na verdade ainda amo.

-Eu acredito nisso. Mas dentre todas que você se relacionou foram poucas que te tocaram de verdade. E se você já se apaixonou fica ainda mais fácil, porque você tem o sentimento aí dentro e simplesmente transfere para a outra que acabou de chegar. Então acaba vivendo mais uma paixãozinha até que...

-Até que...?!

-Até o momento que você queira e decida pensar, olhar pro seu coração, ver por quem ele pulsa involuntariamente,...Mas é preciso parar. [...] Mas fique tranquilo, não te condeno, te aceito assim como amigo. Nada vai mudar entre nós apesar dessa "mutação emocional"...ahahahahaha....Apenas lamento por se achar tão esperto, tão intenso, mas ser tão frágil na intensidade.

-Você bate doído, né?!

-É por amor...(risos)

-E o pior é que sei disso. Nossos papos são bons! A gente viaja pra caramba, sempre tem uma descoberta!

-Então, não sou a pessoa que sabe de tudo, não! Aliás, preciso aprender demais! E aprendo muito com você também! Mas ao menos busco a verdade sempre, a verdade dos acontecimentos, a verdade dos sentimentos, a verdade por trás de ações (ou falta delas),...sempre procuro me olhar e observar outros. Nem tudo "Freud" explica, mas se simplesmente observarmos, sem julgamentos, sem condenar as pessoas (ou a nós mesmos), apenas buscando conhecimento já é lucro. Porque observando o outro, nos enxergamos também! E nessa jornada, nessa busca o Pai da Verdade e de Amor (Deus) nos revela os mistérios. Afinal, pra quase tudo nessa vida há mil  motivos por trás.
Vem comigo, pule esse muro!

Erga os olhos.




A ansiedade no coração deixa o homem abatido, mas uma boa palavra o alegra._ Provérbios 12:25

A ansiedade revela a fragilidade de nossa relação com o Pai (Deus). Porque se conhecemos alguém e confiamos simplesmente esperamos, sem desespero.
Por exemplo, se sua mãe diz que vai te buscar no aeroporto quando você está chegando de viagem, você não fica desesperada, ansiosa, se perguntando "será que ela vai?". Afinal, você sabe que ela te ama e vai cumprir o combinado.
O combinado de Deus conosco é de que ELE cuidaria de nós, e estaria conosco em todos os momentos. Estar com ELE não significa que não passamos por momentos difíceis, passamos, mas não passamos por eles sozinhos.
A vitória está na força que vem Dele e não na sua própria força. E muitas vezes a vitória não está na mudança da circunstância, mas na mudança de nosso coração.
Eu sei que isso vai na contramão desse mundo que prega independência e autossuficiência. Mas com o Pai de Amor não funciona assim. Ele acha ótimo dependermos Dele.
Na vida há tempo pra tudo e são as tempestades que nos moldam, revelam nossas estruturas fracas e então podemos mudar e crescer (se assim quisermos).
Tem gente que prefere "amargurecer" (como costumo dizer) do que amadurecer. Aí, é escolha de cada um. Tem gente que ao invés de se curvar diante de Deus, fica mais duro, mais cheio de si ainda (tipo, eu sei me virar sozinho). Ok.
Muitas vezes no meio da crise não enxergamos Deus. "Como ELE pôde nos abandonar?!" Ele não abandonou. Ele continua ali, dentro de quem crê em seu Filho e ao nosso lado.
O grande problema é que olhamos tanto para os problemas que perdemos ELE de vista. Olhamos tanto para o "eu, eu, eu" que ficamos sem rumo. Falamos tanto que não ouvimos.
Pare, olhe pra ELE. Acalme seu coração. Confie. Lembre-se, o Deus que criou o Universo habita dentro de você. Acredite nisso. Acredite em você. Mas acima de tudo....ACREDITE NELE.

Se não consegue mudar a visão primeiro, mude as palavras, pois a partir dela o seu mundo é criado.
Tiremos a ansiedade de nossos coração, fale da Palavra Dele, fale vida, fale coisas boas. Seja um portador de boas notícias. Mude o que fala e verá a vida por um outro ângulo.


Isso é o que tenho aprendido aos trancos e barrancos, espero que você aprenda sem precisar passar por isso, aprenda com as histórias alheias.

Beijos
Com Amor...

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Não perca!


Desde o início Carlos amou Ana. Desde o primeiro dia, talvez não tenha descoberto no primeiro dia, mas que foi mágico foi.
Trocavam risadas, brincadeiras toscas, eram eles mesmos em suas formas mais puras. Ambos.
Mas apesar do sentimento ser recíproco, o conhecimento e coragem era unilateral.
Ana era tão transparente que refletia. Isso assustou Carlos, pois ele passou a se enxergar.
E viu que não era tão forte assim, não estava preparado.
A velha e batida história de medo de amar aparecendo mais uma vez, e dessa vez com um detalhe, ele não sabia ser amado daquele jeito, com aquela tranquilidade toda. Sem neuroses.
Por ele não conseguir abraçar o amor, apesar de assumi-lo, eles terminaram.
Que dia marcante! Um adeus querendo ficar, e a mão que se despedia continuava estendida, parecia pedir socorro. Mas socorro ele não conseguia aceitar. Quanta autossuficiência! Mas ele não sabia que era esse o motivo de não aceitar ajuda....Achava que era pra caminhar apenas, olhar pra frente.
E Ana também confundiu orgulho com amor próprio e decidiu deixá-lo ir. Quanto orgulho disfarçado de segurança. Mas ela não sabia...a gente tem essa mania de camuflar nossos defeitos, claro, de forma inconsciente.
-Você vai ser sempre a mulher da minha vida. Não quero perdê-la.
-Não me perca...
Esse foi o último diálogo daquele período.

Pra evitar pensar e fugir da dor, ele logo emendou em outro namoro. Assim, ele continuava tendo pra quem ligar, pra quem mandar mensagens de "bom dia", pra quem contar seu dia, cantar suas músicas, ...
Já Ana emendou um choro atrás do outro. Suas lágrimas pareciam não ter mais fim. Mas o que acontecia é que a saudade alimentada vira fonte dentro da gente. Aí, quanto menos vemos quem amamos, mais enchemos aqui dentro até o dia que transborda.

Depois Ana namorou Paulo que lhe chamou a atenção por se parecer bastante com Carlos. Aquela história de achar um substituto que pareça com quem a gente ama, como se fosse a pessoa...Nossa capacidade de nos enganarmos é medonha!
Paulo sonhava em se casar e ter filhos com Ana. Aliás, algo que Ana sempre despertou nos homens sabe-se lá porquê. Enquanto tem gente que diz que os homens não querem nada, Ana fica aflita com os pedidos que recebe (não no mesmo intervalo de tempo, claro).
Mas quando chegou esse momento, ela viu...Paulo não era Carlos. Óbvio, não?! Mas a fantasia estava tão boa, menos dolorida que enfrentar o medo.
O que temos que entender é que o medo é tipo bicho-papão, nem existe, só assusta. Vai "doer" da cama até acender a luz do quarto, mas aí...você vê que não tem nada. Era só coisa de sua cabeça.

O caminho de Carlos para Ana estava livre, sempre esteve. Caminho de amor não fecha, não tem congestionamento...é caminho único. Mas mesmo assim Carlos tinha orgulho de andar de volta e buscá-la.
Ele era seu próprio inimigo. E tudo por uma questão de vaidade...
Se soubéssemos de verdade (e não apenas de palavras) o quanto a vida passa rápido, não perderíamos tanto tempo com bobagens e coisas não essenciais.
E por não querer "entender" tanto os outros, por não aguentar mais justificar grosserias alheias, inclusive de Carlos, Ana aceitou o amor de Paulo e se abriu para o próximo passo.

Muito obrigadaaaaaaaaaa!!!!


Receber mensagens assim de pessoas que nunca me viram, jornalistas, antropólogos, psicólogos, gente que não tem curso nenhum mas tem coração sensível....É o que me motiva sempre!
Gente que não está preocupada com a forma (com a métrica e tal) e sim, com o conteúdo.
Claro, um mínimo de "bom português" é necessário.

A maior parte de meus leitores eu não conheço (tipo 80%). Não são os amigos...é que amigos relaxam e acabam esquecendo da importância deles. A importância da participação e motivação deles. Enfim...estão perdoados.rs

Bom, só vim agradecer pelo carinho e resposta de sempre!!!!
Por mim e por você...não vou parar.
Espero muito que as verdades aqui ditas e encaradas mexam com você o suficiente para que haja mudança em sua vida.
Fique tranquilo, não se assuste com seu reflexo aqui no espelho. Mude a imagem que o reflexo muda.
Beijos
Com Amor...

Pela Graça.

"Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie;" _Efésios 2:8-9

Estamos tão acostumados a esse mundo de "mercado" que fica até difícil entender a Graça do Pai.
Mas é isso mesmo. Somos salvos pela GRAÇA, pelo Amor Dele. Só precisamos crer ("mediante a Fé"). Não precisamos fazer tudo certo, não precisamos dar o dízimo, fazer campanhas, fazer boas obras...
Se fizermos isso com a intenção de sermos aceitos por Deus, estamos tentando barganhar com ELE. Que feio!
E eu sei, é complicada essa mudança de mentalidade. Vez ou outra me pego querendo pagar o que não tem preço.
Não tente comprá-LO. Com isso dizemos que a obra da cruz foi incompleta, que Jesus viveu aqui, morreu e ressuscitou em vão. E não foi em vão! A obra de Deus é perfeita. TUDO já foi feito. "Está consumado".
É claro, quando andamos com ELE, mudamos algumas coisas. Mas as mudanças são consequências de andar com ELE, e não causa. Entende a diferença?
A transformação vem da convivência. E por amor a ELE e por entender o Amor, buscamos praticar o bem com o próximo (não para provar qualquer coisa, mas porque é natural de quem ANDA com ELE); algumas coisas que antes mexiam com a gente, não mexem mais. Porque quando realmente O encontramos nada mais nos deslumbra.
Entenda, nada do que fazemos pode mudar o amor Dele por nós.
MAS o que fazemos são sementes e a lei da semeadura sempre funciona. Por isso, plantemos boas sementes!

Beijos
Com Amor...


quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Uma questão de coerência.


Tão bom seria se a frase da maioria fosse cheia de verdade e não de palavras.
Tanta gente diz amar, mas nem sabe o que é amor.
Tanta gente diz que é amigo, mas na primeira discordância se ausenta.
Tanta gente diz que faz coisas boas pelos outros...mas quando convém apenas.
O EGO, o EU está sempre no meio do caminho. Se não passa por ele não fazem, não amam.

Às vezes eu penso, será que sou eu quem está errada nesse caso?!
Será que é errado tentar ser coerente?
Será que é errado querer que as relações sejam saudáveis?!
Não sou perfeita, tenho minhas falhas, meus defeitos, mas pelo menos os assumo, e tento ser coerente com o que digo.
Ser coerente nos faz livres. Afinal, não podem nos cobrar por algo que não dissemos, nem nos acusar de hipócritas.
Ser coerente até nos aproxima de Deus. Porque muitas vezes chegamos diante Dele, cheios de uma falsa ideia a nosso respeito, criamos um personagem para nós e ainda pedimos que Ele nos abençoe. Mas como ELE vai abençoar alguém que não existe?!
Claro, ele já nos abençoou em Cristo e tal, .... mas o foco aqui é você, que precisa se libertar do "eu inventado", porque o "eu inventado" pode ser mais "fácil" de viver, mas é superficial, é falso, inexistente e chegará uma hora que vai perceber que perdeu muito tempo e energia para manter alguém no seu lugar.
E se você SE assumir, poderá mudar, avançar, viver de verdade! Viver um amor que você abandonou, agir com coragem (o que não significa que não fique inseguro, mas age assim mesmo. Não fica paralisado).

Muita gente falando de amor, pouca gente sabendo amar.
Mas falo do Amor mesmo, do tipo que o Pai nos ensina: paciente, bondoso, que não arde em ciúmes, que tudo suporta (ou seja, ama apesar de....apesar da pessoa não fazer o que você quer, apesar dela errar, ...)
O mundo está cansado de pessoas que só julgam, falam bonito mas tem ações medíocres.
Falar de Amor é fácil, quero ver SER AMOR.


terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Por um mundo melhor.


 "E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo." _Mateus 22:37-39

Ta aí uma passagem que dispensa muita explicação, mas como temos dificuldade de nos enxergarmos. Vamos lá!

Amar não é um discurso, é uma prática. E é uma prática que exige uma ESCOLHA de nós.
Se você tenta passar a perna em alguém, tenta tirar proveito de tudo (e ainda acha q isso é o mercado e normal), ...você ainda não entendeu o amor. Isso é ser mercenário.
O amor não quer ganhar em tudo, ele quer se doar em tudo, porque ele entende que o lucro não está em "ganhar". Porque muitas vezes ganhamos quando perdemos...quando perdemos o orgulho; quando, na visão de muitos, "perdemos tempo" por ouvir alguém...O amor é um tanto na contra-mão.
Se você é cheio de si e acha que o mundo te deve algo, que as pessoas tem que te ajudar ou fazer algo por você...você ainda não entendeu o amor. Isso é egocentrismo.
Se você sente um ciúmes absurdo e quer "amarrar" a pessoa que diz amar....você ainda não entendeu o amor. Isso é insegurança e egoísmo.
 Se você pode ajudar pessoas mas não ajuda; se você conhece alguém q poderia abrir portas para outra pessoa e não faz essa intermediação...você ainda não entendeu o amor.
 Se a pessoa tem que andar como você acha, tem que ser a pessoa que você idealizou para que a ame...você não sabe o que é amor. Isso é controle.
Se você  se acha o "santarrão", fala de Deus, mas julga os outros, faz fofoca...você não sabe o que é amor. Isso é hipocrisia.

Amar a Deus é importante, não pra ELE, mas pra nós. Porque se O amamos, passamos mais tempo com ELE e aprendemos mais Dele...inclusive, aprendemos a Amar (porque ELE é o Amor).
Amar ao próximo como a nós mesmos...se seguíssemos isso os problemas estariam solucionados. O problema é que não sabemos NOS amar, nos respeitar. Confundimos amor próprio com orgulho, e não tem nada a ver.
Se não sabemos nos amar...amar o outro se torna uma incógnita.
Mas em suma é isso, é dar a outra face ao invés de revidar e querer fazer a justiça com as próprias mãos. É olhar para o outro. Sim, existe um mundo inteiro que não está no nosso umbigo.
É aceitar mesmo sem concordar ( isso não quer dizer se anular, apenas respeitar o outro), é abraçar o outro quando ele está sujo, quando está irritante...

Que possamos aprender esse amor com o Pai. E praticá-lo. Porque a vida não é um livro que vive apenas de palavras, a vida é prática, tem que ter atitude, mudança de pensamento.
Olhemos no espelho e mudemos o necessário. Como? Entregando-nos mais e mais ao único que pode nos mudar genuinamente... Cristo.

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Espírito Inabalável.

"Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito inabalável."_ Salmos 51:10

Essa é minha oração. Que a gente não seja contaminado pela rebeldia, revolta, egocentrismo que paira no mundo ainda mais atualmente.
Fico realmente impressionada em como há revolta dentro do coração da maioria.
Claro, há momentos que nos revoltamos, mas isso deve acontecer em MOMENTOS e não ser um estilo de vida.
É só observarmos: cada postagem é uma revolta, é um soco na cara, uma crítica ofensiva...isso nos torna pesados.
Mudemos o alimento que estamos dando à nossa alma. Paremos de alimentar essa rebeldia.
A maioria dos políticos são asquerosos?! São. Alguns religiosos nos envergonham?! Sim. Mas vc expor seu ódio não vai mudar. Talvez você agindo diferente deles pode trazer alguma mudança. Eles são apenas retrato de uma sociedade que só pensa em si.
Não permita que circunstâncias ou pessoas pautem sua conduta. Decida fazer a diferença! Mas não por ser cheio de justiça (e intolerante), e sim, por ser cheio de graça, amor e paz. É disso que precisamos. E só encontramos Naquele que é a origem disso tudo: DEUS, em sua melhor expressão de amor...Jesus.

Peço ao Pai (Deus) que me dê um espírito inabalável. Isso não é fácil, e sei que esse pedido me fará passar por situações que me colocarão em prova. Mas com ELE podemos vencer e alcançar esse nível de PAZ. Um espírito inabalável, não importa a tragédia que estejamos vivendo.

Com Amor..

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

É só sair do trono (imaginário).

As pessoas combatem tantos "ismos", racismos, machismo, "feminismo", ...
Se combatêssemos simplesmente o egocentrismo e narcisismo tudo estaria resolvido.
Mais amor pelo outro e menos "eu sou" alguma coisa.
É só sair do trono (imaginário) e verás que somos todos iguais nos direitos e deveres.

Oi Amor (é maiúsculo porque é pessoa e não apenas sentimento).


Oi Amor, hoje tá difícil.
Eu, que sempre sou tão 'forte', hoje não estou conseguindo.
Porque hoje o que está forte é a memória.
Todos os dias eu tento apagá-la...todos os dias.
E todos os dias tenho um trabalho em vão. Suas lembranças não se vão.
Hoje tá doendo como há muito tempo não doía.
Se você não entende isso, fique tranquilo que não está sozinho nesse barco.
Eu também não entendo.
Mas acho que sei o que é.
É o tão procurado e falado AMOR.
O amor genuíno que não soma qualidades ou conveniências pra decidir amar.
É o amor que ama suas virtudes, risadas, suas piadas, seu som, e que também ama seus defeitos (pois te fazem humano), ama suas lágrimas (que me fazem querer cuidar de você ainda mais), ama sua seriedade (que me coloca nos 'trilhos' quando necessário), ama seu silêncio (que descansa a alma e respeita o meu silêncio também). É o amor que perdoa as suas e as minhas rebeldias, inseguranças, meninices...
É o amor que explode dentro da gente e bagunça tudo e reorganiza colocando as coisas essenciais como prioridade. E mesmo que o mundo pareça o mesmo por fora, por dentro é outro mundo e jamais será o mesmo.
Essa é a característica de quem descobriu o amor: o olhar muda, porque você sabe que esse sentimento não é mito, é real.
Mas o que me dói é a falta daquele que foi capaz de tal façanha, é a falta de você que, despretensiosamente, mudou meu ritmo, arrancou o meu relógio interno.
Tempo?! Quem é o tempo perto do Amor?

https://soundcloud.com/r-marra/oi-amor-narra-o-texto

Achegue-se.


Disse Jesus: "Vinde a Mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e Eu vos aliviarei." _ Mateus 11:28

Ninguém consegue ser "super homem" por muito tempo. É exaustivo esse papel! Ainda mais quando somos cheios de justiça própria! Porque a justiça própria causa revolta quando você vê alguém agindo como VOCÊ acha que não deveria. E revolta pesa. E ainda mostra o quanto está cheio de si, se achando apto pra julgar.
É tanta desgraça, tanta notícia ruim, tanta coisa ruim até mesmo dentro de nós que nos desgasta, nos consome.
É difícil viver nesse mundo não sendo dele.
MAS como gosto de ser portadora de BOAS NOVAS... A boa notícia é que você NÃO PRECISA VIVER ASSIM.
Coloque-se diante do Pai e derrame-se. Ele não está preocupado com seu dízimo, com seu desempenho, com suas conquistas, com seus acertos e erros,... você não precisa ser santo (até porque nunca será. Podemos ser "santificados" por causa do sangue de Cristo, o que é diferente)... Aliás, quanto mais nos esvaziarmos de nós mesmos, de nosso EGO melhor para ouvi-LO.
ELE quer nosso coração. É isso que vale.
A nossa transformação é consequência de um CAMINHAR com ELE. Afinal, nos tornamos parecidos com quem andamos.
Chegue como está. Sem cerimônia. Não faça como Adão e Eva que ao invés de correrem pra ELE, correram Dele, porque tiveram vergonha.
Como?! É tão simples. Converse com ELE (Jesus nos dá esse acesso).
No meu caso, eu entro pro meu quarto, às vezes coloco uma música que me direcione a ELE, me deito no chão (é...eu gosto de chão..rs). E falo o que sinto, vejo...falo que estou cansada e que preciso Dele (de Jesus).
Choro até não aguentar mais. É na Presença Dele que me renovo. E às vezes nem digo nada, só chego e falo : "nem sei o que dizer, mas estou aqui. Fique à vontade, me encha de Ti, revele-se a mim."
Tão simples!
Isso é RELACIONAMENTO. É isso que precisamos e que ELE quer de nós...

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Por você, por favor, arrisque!


Meu coração dói quando eu vivencio ou presencio esse tipo de situação. Até porque não posso fazer nada a não ser falar e tentar abrir os olhos deles. (uma vez que já passei por isso e abri os meus).
Aquela situação em que mais uma vez o medo vence.
Todo mundo sabe que a vida é feita de riscos, é preciso arriscar pra viver o MAIS da vida.
Mas as pessoas preferem ter uma sobrevida e não arriscar. "É mais seguro, é garantido", dizem.
Sim, você pode ficar na segurança de um ninho, ou você pode voar e desfrutar o Céu.
Claro, no vôo pode enfrentar ventos fortes, outros bichos... Mas o melhor, estará enfrentando a si mesmo, arrebentando a corrente do medo e insegurança.
Um cara tinha duas opções e não sabia o que fazer. Não por gostar do mesmo tanto de ambas, mas por estar usando pesos errados. Usava o peso da conveniência e "falsa-segurança", e não do amor.
-Eu a amo. Amo a companhia dela, conversar com ela, amo fazer amor com ela,...ela me deixa louco, cheio de tesão. Acho que namorar com ela seria muito fácil, a gente jamais brigaria, pq ela não é dada a essas coisas. Seria muita paz. Mas...
-Mas o quê? O conflito, a insegurança da outra mexem com você. Isso não é saudável.
-Não, não sei. É que a outra...A outra gosta muito de mim.
-Então, você prefere ficar com quem goste de você, por sentir-se mais seguro assim, do que ficar com quem você ama (mesmo sendo recíproco)?! 
-É que...eu estou gostando demais dela. Penso nela o dia todo, quero falar, sinto falta...
-Está saindo de seu controle...
-Isso.
-E?!
-Como assim?!
-Ué, você está sendo guiado pelo medo. Ele que está determinando suas escolhas. Isso é lastimável!
-Eu não sei o que eu faço.
-VIVA. E não simplesmente sobreviva. Pode não dar certo. Mas PODE DAR MUITO CERTO!

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Drama pelo nome?!

E aí a pessoa te chama pelo nome e isso é suficiente para você pensar que o amor acabou, o carinho nunca existiu, ele mentiu, enfim...
-Por que você me chamou assim?
-Ué, é seu nome.
-Não, pra você nunca foi. Parece que você é um estranho, que está distante...Uau, como essa distância dói!

Mesmo sem entender...CONFIAR.



"Pois os meus pensamentos não são os pensamentos de vocês, nem os seus caminhos são os meus caminhos", declara o Senhor. "Assim como os céus são mais altos do que a terra, também os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos e os meus pensamentos mais altos do que os seus pensamentos." _Isaías 55:8-9 

Há dias (muitos) que não entendemos muito bem os rumos que as coisas tomam.
Fizemos o possível para que algo desse certo, mas não dá. Ficamos sem saber o porquê de tudo aquilo. Mas mesmo sem saber os motivos, se sua vida está nas mãos de Deus (de verdade), é melhor CONFIAR E DESCANSAR. Porque ELE, como um Pai de AMOR e BONDADE, tem cuidado de nós.
Os caminhos Dele são bem mais altos que os nossos.
Lá na frente as coisas podem mudar e o que você tanto queria acontecer, ou...lá na frente VOCÊ pode mudar e perceber que nem era bom pra você o que tanto queria.
ELE sabe.
O "como" pertence a ELE. Como ELE vai fazer? Não sei, mas sei que vai fazer. E não é porque sou boa, não. É porque ELE é BOM.
A gente vê só o que está na nossa frente, Deus vê o quadro todo. ELE sabe o que é melhor pra gente muito mais que a gente... E às vezes, o melhor não é o mais confortável no momento, mas é o que nos fará crescer, amadurecer, curar nossas feridas, inseguranças... Enquanto estamos focados nas metas, sonhos, desejos, ELE está focado no nosso coração. Quer nos preparar para o melhor.

CONFIAR SEM ENTENDER, esse é o desafio, mas essa também que é a CONFIANÇA DE VERDADE.
Lembremos sempre: os pensamentos Dele são mais altos que os nossos.

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Comece pelo Amor.


Ric e Thiago eram muito amigos desde a adolescência. Cresceram e mantinham a amizade. Ric foi padrinho de casamento de Thiago, dia tão especial para Thiago e dramático para Ric. Dramático pois foi nesse dia que o medo da intimidade compromissada o assombrou e ele não se sentia preparado para o casamento. Ninguém o cobrava. Talvez o amor. O amor o cobrava uma entrega, uma renúncia, o cobrava plenitude.
O amor que ele sentia o impulsionava ao tão temido casamento, mas ele...fugiu. Do casamento e do amor.
Não teria problema algum se fosse apenas do casamento. Mas do amor?!
Depois de alguns anos se encontraram com um pouco mais de tempo. Porque nesse tempo eles se viam, mas ficavam na superfície das conversas.
Thiago, mais corajoso em se expor, em demonstrar o que se passa deu logo um abraço em Ric e olhando-o firmemente perguntou: -Oi, cara! Como você está?
Parece uma pergunta simples, mas acompanhada do olhar cuidadoso de seu amigo, ecoou dentro de Ric.
-Bem, estou muito bem. Você sabe, o trabalho vai bem; já namoro há algum tempo.
-Poupe-me das formalidades e conveniências, amigo. Quero saber da sua vida. Como foram seus últimos anos?
-Ah, tanta coisa aconteceu. Nem sei por onde começar.
-Comece pelo mais importante: pelo AMOR.
Houve uma pausa na conversa e na respiração de Ric. Isso era algo que ele evitava pensar.
-O amor?!
-É, cara. Falei algo errado?!
-Não, só é estranho falar disso assim...
-Como e com quem tem que ser falado?Somos amigos e amigos não se divertem apenas! Amigos se abrem.
Outra pausa. Ric não falava sobre ela, ou melhor, sobre o amor. Mas já que seu amigo se mostrava tão atencioso começou a falar.
No início foi difícil achar as palavras. Depois foi complicado achar o tempo para puxar fôlego entre uma frase e outra. Tudo de uma vez era mais fácil. Se não ele pensaria, justificaria pra si, maquiaria os sentimentos...
-Bom, desde Lia o amor sumiu. Sim, estou num ótimo relacionamento e estou muito bem, muito bem mesmo...feliz! Mas Lia... ela é tudo que sonhei. A gente viveu coisas tão lindas, tão doces, tão intensas...Temos o mesmo mundo, ela me mostrava isso! Foi tudo real, muito real! Eu sei, foram poucos dias juntos, mas dias que viraram eternidade dentro de mim e dela. Porque eu sei, eu sei que ela ainda me ama. Poucos dias juntos fisicamente, mas completamente envolvidos mesmo de longe.
Eu sempre me lembro dela... Penso nas coisas que eu queria ter dito, mas nunca tive coragem de dizer. Tive muita coragem de dizer para ela se afastar, e coisas do tipo, mesmo me doendo. Não sei o que aconteceu...Parecia que eu não merecia todo aquele amor. Ao mesmo tempo parecia um sonho realizado, e eu tinha medo que esse sonho acabasse...decidi acabar antes..
Eu sei...isso parece algo babaca. Mas era involuntário...Enfim, você me perguntou do amor. Não sei onde ele anda, ou melhor, ela. O amor e ela andam juntos, parecem inseparáveis... Eu a tratei muito mal, mas precisei agir assim para a gente se afastar. Se adiantou?! Não e sim. Não deixo de pensar nela. Mas com o contato cortado é mais fácil de fingir que nada aconteceu.[...] Eu tô bem, sabe, cara. Tô muito bem.

-Então pra quê está se autoafirmando isso o tempo inteiro?! Dizendo que você está bem...Se você está bem, vou ver isso, não precisa me dizer. Sei que você está bem, porque você fica bem em qualquer situação...mas você encontrou aquela que te inspirava, aquela que te fazia desacelerar (aliás, talvez isso tenha te assustado, ela te fazia pensar numa outra dimensão, pensar de um jeito diferente desse seu). Eu sei que você tem bom gosto para escolher mulheres. Mas Lia te rejuvenescia, você parecia criança (no bom sentido da palavra)... Agora?! Agora parece que envelheceu. Não estou dizendo AMADURECEU. Afinal, amadurecer é preciso. Você se afastou de quem você é, até a gente se afastou.... Talvez porque eu te lembre de sua essência, e sua essência lembre dela...

-Hum...Mas passou. O tempo passou. Minha história e dela passou.

-Se é amor...reescreva. Não acredite nas bobagens que dizem. Nem se case porque todos da turma já se casaram. Cara, eu me lembro de algo que você me contou e eu achei incrível: sempre que se viam, vocês nunca falavam "deixe eu te dar o último beijo de boa noite" ou coisas assim, era sempre o PENÚLTIMO, porque não existia último dia, último beijo... Então, faça isso ser mais real, faça essas palavras valerem à pena, mostre pra ela que você não estava mentindo._ finalizou Thiago, despertando-o para uma vida plena e de VERDADE.


A crise nos revela. Vamos usá-la para o crescimento.



"Porque nada há encoberto que não haja de ser manifesto; e nada se faz para ficar oculto, mas para ser descoberto."_Marcos 4:22

Quem não passa por momentos de crise?! Mas sabe uma coisa boa desses momentos de conflito e muitas vezes dolorido???! Esses momentos nos expõe, revela quem realmente somos. Porque às vezes temos uma visão equivocada a respeito de nós mesmos. Nos achamos muito bons, justos, íntegros e até nos orgulhamos disso. (esse é o problema, o orgulho mostra...)
A arrogância, a prepotência, o orgulho, a fragilidade de uma relação mal fundamentada se revela na tempestade.
Não é que eu esteja passando por um momento difícil e isso me faz agir mal com as pessoas. Não! O momento de crise apenas revelou quem realmente sou. Entende?!
Os terremotos só mostram a fragilidade de algumas construções dentro de nós. Virtudes sem fundamentos reais logo caem.
Que possamos usar essa exposição da verdade de quem somos para nos confrontar e mudar. Melhorar, crescer é o melhor lema pra vida. 
Entregue-se a Deus, deixe que ELE faça a mudança necessária, permita-se mudar...você não é perfeito, eu não sou. E quando ELE faz a mudança, aí sim é bem alicerçada.
Abra mão de sua arrogância de saber de tudo, da prepotência, assuma suas meninices e cresça, avance na vida!
E mesmo que não esteja vendo, creia e abra-se para o processo de transformação.
E a transformação que ELE faz vem de dentro, às vezes a gente não vê mesmo, mas na hora certa, esse fruto vai crescer.
E mais uma vez o versículo nos mostra que não há nada oculto que não venha ser descoberto. A mudança será revelada.

Exemplificando: conta-se a história de que Agostinho no início do ministério, começou a doar tudo que tinha. Deu tudo! ("uau", podemos pensar). Ficou apenas com a roupa do corpo e uma capa.
Então, pediram a capa e ele deu.
Minutos depois, logo ali na frente, ele caiu. Os discípulos foram ajudar : -"Mestre, mestre...o senhor está bem? O que aconteceu?"
Ele respondeu: -ACABEI DE ME ORGULHAR DE TER DADO A CAPA.
----
Ele tinha dado tudo, mas seu coração ainda não tinha sido revelado. Quando ele deu a capa ficou orgulhoso dele mesmo, se achou muito bom, e seu coração foi exposto. Mas ele teve humildade para reconhecer e mudar.


domingo, 2 de fevereiro de 2014

Descanse na soberania do Deus de Amor.



"E, entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram; E eis que no mar se levantou uma tempestade, tão grande que o barco era coberto pelas ondas; Jesus, porém, estava dormindo"_ Mateus 8:23-24

Quantas e quantas vezes, diante de uma tempestade, nos desesperamos. As coisas apertam e ficamos ansiosos. O que a gente queria que acontecesse não acontece e nos frustramos.
Tem dia que está tudo bem, mas tem AQUELE DIA que nossa fé consegue ser menor do que um grão de mostarda, e queremos fazer algo (mesmo que não adiante).
Isso prova que não confiamos verdadeiramente em Deus. Nossa confiança ainda é muito frágil. Precisamos edificá-la.
Como? Conhecendo mais de Deus (não por palavas, mas por experiências).
Afinal, é assim que construímos a confiança , ne?! Por convivência, conhecendo...
Que possamos aprender com Jesus, que conhecia muito bem seu Pai (Deus) e por isso CONFIAVA de verdade. No meio da tempestade Jesus dormia.
Vamos colocar nossa vida nas mãos dAquele que pode cuidar dela muito melhor que nós. ELE é um Pai de amor e bondade. (essa é a verdade!)
Confiemos nisso. Deixemos Deus ser DEUS em nossas vidas. ELE é soberano sobre todas as coisas.

sábado, 1 de fevereiro de 2014

Respeito.

Respeitar não significa concordar.
Significa que você sabe que o outro PODE pensar diferente de você, e não vai afrontá-lo por isso.
Vejo tantas pessoas agressivamente defendendo seu ponto de vista.
A partir do momento que agredimos alguém (o tachamos de "ridículos conservadores" ou encaramos como preconceituosos quem pensa diferente) perdemos a razão, e nos tornamos 'ridiculamente preconceituosos' com quem pensa diferente.
Largue as pedras. Ninguém pode jogá-las. Ninguém tem autoridade pra isso.
O único que poderia nos julgar, nos AMOU.
Muita gente diz "mais amor, por favor", mas na hora da prática...
Eu digo: mais PRÁTICA de amor, por favor.
E o amor não é só quando convém pra você, é principalmente quando não convém.

RESPEITO, a gente não vê por aqui...nas redes sociais (virtuais ou reais).
Estranho, muitos na luta para serem respeitados, desrespeitam. Incoerente.
Lamentável.