Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Quero saber da essência.


Quem é você que diante das coisas que posta na vida virtual diz ser irreal?
Alegando fantasiar uma vida para os outros assistirem, declara inverdades, expressa o que não te expressa... Sei que não é por maldade (prefiro acreditar assim), talvez por fuga da realidade. O que o povo gosta de ver?! Que povo, de dentro ou de fora?
Quem é você que diante do que diz, nas ações se contradiz? Diz que é cuidadoso mas nem um telefonema pra dizer "oi, chegou bem?".
Quem é você que esconde o SER no meio das "relativizações", esconde a doçura com uma armadura tão forte, tão 'nem aí'? Possui uma imprevisibilidade tão previsível, mas ainda assim arrisco acreditar.
Quem é você que consegue despertar meus desejos com um olhar, me encosta contra a parede mas contra a parede fica quando o assunto começa a se aprofundar?
Quem é você que aguça minha curiosidade por não conseguir concluir nada a seu respeito?
Malandro, cuidadoso, menino, homem, covarde ou corajoso?! Talvez um pouco de cada.
Mas qual é a essência? Da essência preciso saber, é ela que me interessa. O resto passa, muda...
Realmente, não se enquadra em nada.
Não é que eu queira te enquadrar, afinal, eu também não me enquadro em rótulos. Dispenso todos.
Mas queria conhecer, ver a verdade do ser...
Não gosto de mentiras e me incomoda vê-lo preso à qualquer uma que seja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário