Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Raiz de gente.


Tem gente que cresce na gente (solo).
O que era semente vira uma árvore frondosa cheia de frutos.
A árvore parece estar longe, e está, mas quando a raiz é profunda, por mais alta que esteja, seus frutos ainda podem ser sentidos no solo de nosso coração. É carinho gerado e regado com verdade, respeito, amor.
E por mais que, no processo de crescimento dessa árvore, ela tenha agredido o solo, o que fica na memória da gente não são as dores, são os frutos.
Tem gente que é assim. A gente olha pro passado e não entende muito bem. Causou tantas lágrimas!
Mas não dá pra ter raiva! Era tão humano, tão perdido, tão medroso com todo aquele sentimento, tão menino....não posso culpá-lo.
Apesar da dor da dúvida, das ausências...a presença dele me bastava naquela época.
Era tão bom lermos juntos, dormirmos juntos, que os momentos separados ficavam pequenos, embora fossem grandes.
Assim encaro meu passado carioca. 
Erro?! Não, ele não!
Pois, ainda depois de tudo, quando se tem raiz em alguém e a gente sabe que agiu errado, a gente volta e pede perdão. E assim ele fez, desesperadamente. Anos depois.
E acho que por isso, por esse reconhecimento de minha importância na vida dele também (mesmo que passado), é que hoje o guardo com carinho.

Um comentário:

  1. Adorei pin!!!!!!!!! Exatamente isso!!!! Raiz de gente, belo!!!!!!

    ResponderExcluir