Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Meu desejo é...


Minha luta é para que jamais perca a doçura.
Mas se perder, não tenha vergonha ou orgulho, simplifique.
Volte onde se perdeu.
Eu torço para que jamais perca a essência amável no cotidiano sem perceber e vire um alguém, como a maioria, automatizado. Mesmo que em alguns momentos você volte à essência, não é disso que falo. Falo de voltar no dia-a-dia, e não em alguns momentos.
Quer uma dica?  Reveja fotos antigas, reveja seus gestos, seus sonhos...se coloque na poltrona e "assista-se". Você se reconhece? O olhar tem a mesma ternura e cuidado? Os gestos ainda são leves? Seus sonhos...ainda existem ou foram "adaptados"?
Eu espero muito que siga o caminho oposto da maioria, que não se julgue melhor que os demais por ter tido alguém que te amava mais, que não se torne arrogante porque alguém pediu para que agisse assim, que não se reinvente numa versão piorada...
Mas se você perder o caminho e for guiado por pensamentos baixos e pequenos, PARE. Corrija o percurso e ouse pedir perdão e perdoar.
Eu sei, por trás dessa armadura forte e dura, há um coração que ainda pulsa, há uma pessoa aí dentro que ainda acredita, que ainda sonha, que ainda VIVE. Ela não morreu. Esse outro alguém aí dentro está apenas escondido, mas ele existe, esse é você. Essa é sua melhor versão!
Eu, realmente, oro para que você SE encontre na candura, simplicidade. Assim como oro por mim.
Eu oro para que a gente não se perca nesse mundo aqui fora, ou mesmo, dentro de um mundo particular afoito e inseguro.

Obs:
No link abaixo vc pode ouvir esse texto narrado. =)
https://soundcloud.com/r-marra/meu-desejo-my-desire

Nenhum comentário:

Postar um comentário