Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Presente!


"Você é a mulher dos sonhos de qualquer homem em sã consciência!"
Para muitas mulheres ouvir isso de seus melhores amigos, que a conheciam de perto e tinham uma convivência diária, seria um elogio e tanto! Agradaria a maior parte delas! Mas não à Ana.
Pra ela, isso soava quase como um peso. O peso de não ter sido O SUFICIENTE pra única pessoa que ela desejava ser um sonho. Aliás, desejava ser realidade.
Claro, ela sentia-se lisonjeada, mas ao mesmo tempo...aquele elogio a machucava, e ela se via insuficiente e querendo merecer aquele cara!
Ela se percebia fazendo, o que muitas vezes fazemos com Deus...tentando merecer o amor!
Porque muitas vezes só aceitamos o amor que julgamos merecer. E nessa bobagem toda corremos o risco de jogar fora um amor maior ou um alguém bom, por nos acharmos impróprios para tal presente.
Corremos o risco de vivermos na zona de conforto porque achamos que já está bom.
Falo isso porque nas pequenas coisas Ana se via assim, às vezes.
Vou tentar fazê-lo enxergar com um exemplo simples!
Se alguém diz que quer dar um presente à ela e lhe manda escolher, Ana não sabe escolher, ou melhor, fica constrangida de escolher o que realmente quer, constrangida de escolher o melhor (pra ela), afinal já está ganhando. E como diz o ditado "cavalo dado não se olha os dentes".
Mas se temos oportunidade de olhar, se foi nos dada essa chance, essa graça...Entremos com ousadia no melhor de Deus.
Esse pensamento é pequeno, é de gente pequena e não deveria caber em pessoas grandes, de coração grande.
Sim, temos que ser gratos, mas se há a possibilidade de se ter o melhor...Por que não?
Se o melhor chegou até você...SIM, VOCÊ MERECE. Isso é Graça! É graça da Graça do Pai (Deus). Você ganhou um presente, abra-o e usufrua!

 Obs: O melhor implica naquilo que faz você perder as respostas, perder o fôlego. É quando estar com a pessoa faz todo o resto ser secundário, não se importar de perder o horário...

Nenhum comentário:

Postar um comentário