Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Conversa transparente.

Depois de um tempinho eles se encontraram por acaso. Eram amigos...hoje.
Há muitos anos ele tinha sido uma paixão dela. Passou. Ele casou-se. A amizade ficou. E mais NADA!


-Oiiii! Que saudade! Você sumiu! Tá namorando?
-Oiii! Não, estava viajando, trabalhando...
-Mas, tá namorando? Porque sempre que vc está com alguém vc some da gente. Não quer nos apresentar...
-ahahahahahahahahaha...Eu não! Não sumo, mas claro, algumas mudanças precisam acontecer. E sim, eu estava com alguém...
-Você nunca chegou pra mim e disse que está NAMORANDO!
-Ué, porque aprendi com os tombos. Só falo que estou namorando depois de muito tempo.rs...E esses caras são malucos! Já falam em casamento!
-Claro, mulher como você não acha não! Era pra gente estar casado já!
Ela riu.
- É sério! Vc sabe disso! Ainda mais quando eles te conhecem de verdade, querem dar um jeito de segurar.
-Tá, mas tem que ir com mais calma. Eles me assustam!!! Preciso conhecer o cara direito, já me enganei demais!
Ele riu. E ela continuou: - Eu sei, geralmente homem que tem medo, né?! Mas é que casamento pra mim é coisa séria, é pra sempre. E também, acho que entendo os homens. Na verdade, a gente tem medo quando não há sentimento o suficiente.

-É e não é.rs.... Às vezes, mesmo tendo sentimento nós, homens, temos medo.  Não sei dizer o motivo certo, talvez porque no fundo todos nós sabemos a importância de um casamento na vida de alguém. É o início de uma nova vida, parece até que é o início da vida, de uma outra família... Mas, e esse cara com quem você está?
-Não sei se estou, já falei!rs...Mas, acho que vou dar uma chance. Ele é seguro, sabe o quer. Atravessa o país pra vir jantar comigo. É...pra variar, não é daqui. Mas ele não vê problema nisso, pelo contrário, ele soluciona e isso me traz conforto.
-É, mas por você eu também atravessaria. Não estou dando indiretas, eu sei que passou. E você me conhece também, sabe que não ia ficar te cantando.
-Relaxe, eu sei. Obrigada pelo cuidado de sempre, é bom ter pessoas na vida que permanecem, que a gente não precisa jogar fora porque foram más...


Nenhum comentário:

Postar um comentário