Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

sexta-feira, 8 de março de 2013

Passou.

E passado um tempo você descobre que não era bem assim.
Numa roda de amigos depois de 4 anos que a amizade continua e só melhora ele diz:
-Quantas e quantas vezes ela me ajudou, me falava as coisas...Eu batia na porta da casa dela de madrugada e ela ia esquentar comida pra mim.[...] Caramba, ela já viu tanta coisa, aturou tanto...
-Mas eu faria novamente, faço porque faz parte de mim, de minha essência. Sou fiel a mim independente de pessoas (quase sempre!).
Ele olha diretamente pra ela e pergunta:
-Mas e se depois disso tudo, se HOJE eu decidisse ficar junto com você, você me aceitaria?
-Poxa, já faz tanto tempo! Mas a questão nem é o tempo, mas é que eu te conheço tanto, sei de tanta coisa, né...
Olhando para os amigos ele reflete : -tá vendo, cara?! Meu passado me condena.
-Não só seu passado, né?! Seu presente também. Seria difícil confiar, saber que não está mentindo.[...] Embora você nunca tenha mentido PRA MIM, já vi você mentindo para outra...
-Mas você não acredita que alguém pode mudar?
-Claro, acredito! Se DEUS estiver junto e a pessoa realmente quiser, ela muda.
Eles se despedem. Ela, tranquila. Ele, pensativo.
Abraçam-se.

Nenhum comentário:

Postar um comentário