Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

terça-feira, 26 de março de 2013

Alguém que queira.


Por muito tempo esperei.
A forma mais "carinhosa" que me chamavam era ESTÚPIDA por esperar tanto, por querer tanto mesmo que tenha sido breve e mesmo que ele tenha me ferido tantas vezes.
Mas nunca me importei. "Perdoar 70 vezes 7" é o que aprendi.
Relaxe, não é drama. Nem me sinto "coitada".
DEUS ME LIVRE!
Mas eu não me importava com os outros porque eu tinha uma certeza dentro de mim e um amor que nada mudava. E nada disso mudou.
Mas preciso prosseguir! Viver assim não dá mais!
Vou seguir em frente mesmo com a certeza e o amor absurdo aqui dentro.
A pergunta é: como amar outro se o amor está ocupado? Não me importo mais. Deve haver um jeito.

Me apareceu um cara muito semelhante a ele. 
Mas com uma diferença: ele quer me ver, ele quer me ter, ele quer...
Ele não consegue dormir de ansiedade esperando o momento de me encontrar.
Ele não se nega, não me nega.
Ele luta, paga preço...não tá nem aí pra isso. 
E hoje eu quero isso, apenas isso: alguém que sinta o coração disparar ao me ver e que não consiga ficar muito tempo sem rirmos juntos, sem falar coisas irrelevantes....alguém que QUEIRA.

Um comentário: