Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

sábado, 29 de setembro de 2012

É só esperar...


Tudo não passava de um sonho. Eu sei.
Eu já sabia.
Era ilusão?Aí também não. Acho que era só uma outra forma de ver, era só um outro ângulo, uma outra percepção. Talvez um ângulo inventado, sim. Mas e daí?
Há alguma placa escrito que é proibido sonhar?
Já que é pra imaginar, que sejam coisas boas, belas palavras como se fossem verdade, boas pessoas como se fossem reais, ...Já que posso sonhar, que seja doce, leve, divertido, inocente, simples!

Dizem que é loucura sonhar demais. Mas, e "não sonhar" não é uma loucura ainda maior?
"Mas seu sonho pode não te permitir usufruir da realidade", disse alguém. Mas eu já vivi tão intensamente nesse sonho que me bastou.
Fuga da realidade. Eu sei, os terapeutas de plantão já logo pensam nisso. Acham que eu já também não pensei?!
Mas não foi. Não dessa vez. Acho que tenha sido apenas uma vontade absurda de que fosse real, e por mais que o outro lado não tenha existido, o meu lado é real, foi real.

"A esperança é a última que morre" é o que dizem. Mas a minha morreu e eu continuo de pé. Doeu, sangrei, chorei, mas continuo de pé.
A esperança morreu. O sonho acabou. A luz do fim do túnel apagou. Mas eu ainda tenho a Fé.
E pela Fé (em Deus e eu seu amor), eu sei que a esperança vai ressuscitar, um sonho vai se realizar e a minha luz o túnel vai iluminar.
É só esperar...


Nenhum comentário:

Postar um comentário