Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

O outro lado.


E hoje estou mais uma vez do outro lado da história. Do outro lado...
Estive algumas vezes (como todo mundo!), mas não sei porquê agora é diferente.
Agora está mais constrangedor...
Eu apoio e defendo o direito de todos se expressarem, de lutarem por quem estão apaixonados, por isso, não me queixo se o cara liga, insiste...Ele está no direito dele! Lembrando que o direito dele termina quando começa o meu. Por exemplo, eu acho que CIÚMES é uma coisa que alguém que você não ama NÃO tem o direito de ter. Cuidado de quem você ama é bom. Mas ciúmes...PACIÊNCIA ZERO.
Eu que, durante muito tempo, estive aqui me declarando ao vento, amando sozinha...hoje estou sendo amada sozinha, sem a tal reciprocidade. Eu não sei o que é pior pra a pessoa: se é eu deixá-lo tentar me conquistar (que é algo extremamente difícil) ou se é falar NÃO logo de cara! Se eu permito que ele tente, estou dando a ele o direito de me amar, mas ele pode se sentir fracassado depois, usado...sei lá! (caso não consiga me despertar). E se eu falo NÃO logo, ele acha que eu não estou deixando ele tentar... E pra mim, as duas opções são drásticas, aí fico em crise, agoniada...porque sei onde está meu coração, e tentar gostar de alguém por conveniência, para ter alguém ou qualquer outra coisa que não seja AMOR, me soa como covardia e imaturidade por não querer ficar sozinha.
"Antes só do que mal acompanhada", pra mim, essa frase diz o seguinte: melhor sozinha do que acompanhada de mediocridade, seja sua ou de outro. E mediocridade, nesse caso, é estar com alguém por estar, porque "foi acontecendo" , ao invés de estar com alguém por AMOR, POR DECIDIR, POR QUERER ESTAR COM ESSA PESSOA...SEMPRE!

Um comentário: