Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Folha em branco.

Eu tinha medo desse dia chegar. Por isso adiava tanto.
É, porque é muito ruim a ausência de sentimento. É estranho olhar uma foto friamente, sendo que há alguns dias o coração não cabia no peito e queria saltar.
É meio desnorteante ver alguém que sentou-se no trono de seu coração e hoje não passa de um desconhecido.
TOTALMENTE desconhecido, porque assim ele se fez.
Assim ele me fez acreditar. E  eu, eu acreditei.
Hoje quando relembro não tem familiaridade, fico me perguntando "Quem é?" e um sonoro silêncio ecoa dentro de mim. E me sinto como uma folha em branco, sem passado, sem lembranças, sem promessas, sem esperança.


Nenhum comentário:

Postar um comentário