Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Não me escute. Decida.


Confesso que tenho medo de quem consegue ultrapassar os limites que crio, quem consegue pular os muros altos que construí.
Fico admirada, acho corajoso, mas dá medo. Porque se ele ousou pular o muro pra entrar, poderá pular lá de cima também depois de fazer sua conquista.
É estranho. Eu deveria dar um prêmio, né?! Um voto de confiança. Eu confio. Mas é uma confiança frágil.
Preciso dar um jeito nisso. Mas como? Estipular o "teste"? De repente me dá um pânico quando penso que há mais alguém aqui em cima comigo. Sim, sempre desejei isso, mas nunca me acostumei, nunca tive uma oportunidade confiável....Os que saltaram o muro, saltearam minha alma, me levaram de mim e só tempos depois devolveram.
Não sei se peço tempo e paciência, se peço que venha mais depressa ou que pare....se peço que vá embora ou que fique. Na verdade, não sei se nessas condições posso pedir alguma coisa. Então, seja o que for que eu fale, verbalmente ou não-verbalmente, não me escute. Faça o que achar que deve fazer. Só não se esqueça de decidir sempre pensando com amor e respeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário