Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

domingo, 13 de novembro de 2011

E eu sonho.



Meu coração está um tanto cansado.
Um tanto inquieto
Um tanto ansioso
Um tanto saudoso
É um tanto de coisa que, HOJE, me dói carregá-lo.

Me resta dormir pra amanhã estar mais forte.
Mas me deito na cama e o colchão afunda, e quase sinto o chão frio.
Então eu choro, e milagrosamente me esvazio.
Fico tão leve que adormeço e sonho.
E sonho com você, com seu coração um pouco cansado, um pouco inquieto, um pouco ansioso e um pouco saudoso. Mas você não dorme, não se deita, nem chora. Você se rende e assume o que sente.
Você me ama, e eu te amo.
E eu acordo...

4 comentários:

  1. Minha linda adorei tuas palavras, e tenho uma coisa pra te dizer, o coração não enxerga, se enxergasse talvez, não amasse quase nada!


    Faço um convite pra me visitar, http://italodepaiva.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Bommm...
    Um dia um poeta me disse: A dor é a caneta da alma...

    ResponderExcluir
  3. Aposto que escreveu esse texto no sonho!
    Muito lindo.....

    ResponderExcluir