Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

sábado, 3 de setembro de 2011

Por que banalizaram tanto?



"Segundo um amigo, a paixão é proporcional à distância que a garota mora. Quanto mais longe, menor a paixão."
Li isso hoje e me entristeceu um bocado.
Aí outro comentou, "nãooo, quanto mais longe melhor".
É sério mesmo que vão discutir qual é o jeito mais fácil da paixão? É sério que querem que ela caiba numa agenda de endereços??? Nem aqui, nem ali. Paixão não tem endereço.
Sei que a frase se refere à paixão, mas prefiro estender ao amor.
Será que a frieza chegou a tal ponto de racionalizarmos um amor, uma paixão?
Será que o número de pessoas que abandonam um amor devido à distância é tão grande assim? E eu que sempre achei que esses (os "desertores") fossem minoria.
Não quero dar uma de eterna romântica que acredita em conto de fadas. Mas acredito que não é o amor quem tem que se adequar as coisas e sim as coisas ao amor.
Não entendo essa dificuldade toda que inventam em algo tão sublime como o amor. Não mesmo! Não estou dizendo que é a coisa mais simples do mundo, mas é uma das mais fortes(se não a MAIS forte).
Tanta gente querendo encontrar um amor e alguns encontram e abrem mão por...POR QUE MESMO? Por nada. Por capricho. Por vaidade. Por ignorância. Por não saberem lutar e não terem paciência de esperar, de suportar...Sinto muito, mas preciso confrontá-los! "O amor tudo suporta, tudo crê."
O mundo, a mídia, e infelizmente até a arte, tem deturpado a imagem desse sentimento tão grande e absurdo que é personificado em Jesus. Pregam um amor banal, egoísta, secundário...Acho que precisamos rever nossos conceitos, resgatar os valores...Porque do ponto que estamos, o próximo passo é muito dolorido. É a indiferença, a apatia...MORTE.
Morte da coisa mais linda que temos: a capacidade de sentir, de tocar o outro, de ser tocado.
O buraco é mais embaixo, minha gente....Sei que o 'Amor Perfeito lança fora o medo', e realmente, só ELE (Deus, aquele que é O AMOR) pra nos ensinar a amar de verdade, sem medo, sem reservas.
Resumindo, o mundo precisa de amor mesmo. Nós precisamos! Mas acima de tudo precisamos saber, conhecer QUEM é o AMOR, aí sim...saberemos amar. E lembre-se, o aprendizado é eterno, o que precisamos é de disposição pra aprender.


Nenhum comentário:

Postar um comentário