Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

domingo, 10 de julho de 2011

Os loucos também amam?!

Ela diz que gosta de você mas não quer te dar uma chance?
Ele diz que você é A mulher da vida dele mas deciciu que não era hora?
Ela diz que te ama, mas cuidar de você que é bom...NADAAA?
Ele diz que te ama, mas fica entrando na onda dos amigos idiotas?
Ela diz que NÃO gosta de você mas vigia cada passo seu?
Ele diz que não te ama mas morre de ciúmes de você?
Ela finge ser boazinha mas já mandou mensagem "anônima" ameaçando alguma amiga sua?
Ele diz que gosta de você mas não sabe abrir mão de nenhuma vontadezinha própria?
Ela fala que você pode sair com os amigos mas se você sai, ela arma o barraco?
Ele nem te conhece e te manda cesta de café-da-manhã cheia de chocolate no dia dos namorados?
Ela diz que não te ama mais, mas você é o assunto predileto dela?
Ele, do nada, sem ter nada com você, diz que te ama e que quer se casar com você?
Ela te faz de "gato-e-sapato" e diz que isso é servir a amada? Ela que vai servir...servir pra ser EX.
Ele te trai e diz que é "instinto"? Ele que vai ser EXTINTO!

Descobri uma coisa...Descobri que os loucos também amam.
É...de loucura e amor todo mundo tem um pouco.

MAS...
Verdade seja dita.
Pra maioria dos casos acima o diagnóstico é só loucura, e não amor.
Tudo bem que alguns não sabem amar(não aprenderam), outros confundem amor com um monte de sentimentos, confundem com paixão, com possessividade, com orgulho ferido, com falta de orgulho, com companhia, com "não querer ficar sozinho"... E sendo confundido com essas coisas, a loucura pode se passar por amor, mas não é.
O Amor pode te tirar do chão mas também te carregar quando necessário.
Porque amor não é tão lírico, a gente pode torna-lo mais romântico SIM! Mas AMOR é muito mais que uma emoção! É compromisso, decisão, responsabilidade,... Amar tem um custo. Você não é só UM, quando ama você passa a ser DOIS. O tempo que era só pra você tem que ser dividido. A atenção que era apenas voltada para você, quando se ama (SE DECIDE AMAR), essa atenção tem que ser voltada para o outro também.
Por isso, hoje em dia, amar é tão difícil, porque exige que a gente saia de nosso egocentrismo barato e disfarçado.

Bom...quero encorajá-los (e encorajar-me) a amar, a decidir Amar. Mas amar na condição de AMOR MESMO, e não no conceito moderno e mentiroso de amor.




Nenhum comentário:

Postar um comentário