Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Dia dos Namorados.



Dia dos namorados chegando e temos algumas possibilidades:
Obs: não precisa marcar. Isso poderia ser trágico, dependendo da opção escolhida.

( ) Pelo menos nesse dia você fica feliz por ter alguém do seu lado (mesmo que nos outros dias, essa pessoa não seja a que você realmente quer).
( ) Você comemora porque ao seu lado está a pessoa que você quer passar o resto de sua vida e construir família.
( ) Você olha em volta e não vê NENHUMA possibilidade real de ter alguém ao seu lado. E isso, meu querido(a), é deprimente!
( ) Aquele tanto de gente diz que você está passando esse dia (e todos outros) sozinha por opção. (o que não deixa de ser verdade. Mas é por opção DELE..daquele que você cismou que quer!)
( ) Você está solteira(o) e feliz porque não terá que gastar. (mentira! Isso é desculpa de "pão-duro" pra não dizer que tem sentimento)
( ) Uma amiga pede sua ajuda pra comprar presente para o namorado, e você fica lá pensando no ex: "se aquela antaaaaaaaaaaa estivesse comigo eu daria meio mundo pra ele!".
( ) É mais um dia pra se lembrar do quanto você foi idiota por acreditar no que ele dizia. Porque se fosse verdade, esse dia seria celebrado com vocês dois juntos, e isso é fato.

Bom, essas são ALGUMAS das inúmeras possibilidades que passam pela nossa cabeça (pelo menos, na minha!).
Mas sabe...não querendo justificar o (in)justificável, nem querendo desmerecer a merecida data...Esse dia, DIA DOS NAMORADOS, é apenas mais um dia para celebrarmos o Amor e expressá-lo sem receio, sem reservas!
Se você ama alguém e é recíproco, isso deve ser comemorado (ainda mais nos dias de hoje), deve ser valorizado, deve ser gritado e se puder...que seja contagiante (influencie os que estão por perto)!
Mas, ter UM dia estabelecido pra isso não significa que nos outros você não deva mandar flores, fazer surpresas, enfrentar horas de viagem, ou seja lá o que for. Porque o Amor não dá pra ser resumido em um único dia, ele deve ser vivido como eternidade todos os dias!
E se você ama e não sabe se é recíproco, fique feliz porque o fato de amar já é incrível, mas não sofra (pelo menos, tente não sofrer) por não tê-lo ao lado. Pense nele com amor e comemore o fato de você não ter sido mordido pela 'serpente da indiferença e frieza'. Afinal, o Amor ainda pulsa firmemente em você e através de você!

E à todos nós, UM BELO DIA DOS NAMORADOS.

Um comentário:

  1. "E também de não perder esse jeitinho
    De falar devagarinho
    Essas histórias de você.."

    =*

    Leandro Mota

    ResponderExcluir