Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

terça-feira, 5 de abril de 2011

Vá, menina!




Quase todos os dias ela se encontrava com suas contradições. Discordavam (como sempre!)!
Olhava tudo à sua volta e se apresentava à cada detalhe, sentia tudo o que não via, via o que podia, podia o que queria...queria algo que desconhecia. Mas,assim...como quem não aposta, como quem não joga, fechou os olhos para os 'modismos estúpidos e vazios' do mundo "moderno", riu do escuro e foi tateando corações que ainda pulsam.
Ela soltou os cabelos, tirou as sandálias e de pés descalços deu o primeiro passo rumo à um lugar sobrenatural que ainda não sabe o que é. Desconfia que seja amor. Desconfia.
Vá, menina! Mostre ao mundo o Amor Divino, o Amor Real, o Amor prático!
Vá, menina...Ame!

Nenhum comentário:

Postar um comentário