Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

quarta-feira, 30 de março de 2011

Pode ser.




Eu quase não sei de muitaaaaaaaaaaa coisa e das outras desconfio que sejam.
O meio sorriso pode ser apenas um disfarce.
O choro pode ser chuva.
O pesadelo pode ser sonho.
O sonho pode ser real.
A falta, às vezes, é tão companheira que sua (sim SUA) ausência passa a ser presença constante.
O desejo pode ser tão forte que parece medo.
O seu medo é tanto que penso que é preciso muita coragem para carregá-lo.
A fuga é tão constante que nem se distingue mais de uma rotina.
O abraço de despedida pode ser o abraço da chegada!
O final foi tão lindo que pode ser um começo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário