Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

quarta-feira, 2 de março de 2011

Ame.



Ame.
Ame muito.
Ame sempre.
Ame o máximo de pessoas que puder. E as que não puder também.
Ame com o máximo de você.
Quando doa amor, o máximo que pode acontecer é você amar ainda mais!
Porque no amor é assim: quanto mais se dá, mais se tem pra dar.

E se um dia você se cansar de amar, ame mais um pouco, sua última gota, com um último fôlego.
AME Aquele que é o Amor. Lembre-se ELE te amou primeiro!
Não pense que seu amor está indo pro lixo. Não!
Lixo é o último lugar pra onde ele iria. Ele vai pra pessoa amada com certeza! Você pode não perceber, mas a pessoa percebe, sente.
Mas não confunda, JAMAIS, amor com posse. Amor não possui, abraça.
Não tranca, liberta.
Não obriga, dá opções.
Não agride, acolhe.
Vez ou outra fica inquieto, o amor. Mas é uma inquietação de querer bem.
Fica um pouco bravo caso sinta-se desrespeitado, e nessas horas ele não se cala, ele corrige.

Quando for amar, não se esqueça de que o amor não é seu, é um dom supremo, DIVINO.
E se é divino, é sagrado.
Por isso, cuide bem do amor que você tem dentro de você, cuide bem do amor que você doa (ouviu bem, DOA. Doar é diferente de emprestar). E trate de se derramar na Presença de Deus, pois ELE é a fonte de todo amor.



"Fica sempre um pouco de perfume nas mãos de quem oferece rosas."

Um comentário:

  1. Esse "ouviu bem" é "bem" seu...
    Vc quando crescer será uma "matriarca"... Ouviu bemmmm...

    Espero que vc não cresça nunca...
    Um abraço, com carinho. Paz e Pão, Alex Prado.

    ResponderExcluir