Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

... (reticências)



Já usei todas as palavras que conheço para tentar descrever o que sinto.
Já senti um tanto de coisas que tem nomes. E mais um monte que, se não tem nome, ao menos dá pra descrever.
E já há alguns dias que tento entender o que se passa aqui dentro, tento nomear sentimentos, busco palavras numa ânsia por uma resposta e o máximo que consigo é ouvir meus pensamentos caírem no chão, pois não tiveram suporte pra ficarem de pé.
As emoções estão num devaneio só.
Agora descobri o motivo disso tudo. Você está em todas as idéias, está entre cada sentimento, está abraçado a cada plano... e como pra explicar VOCÊ não há sinônimos, tudo ficou sem nome. Sobraram apenas as reticências, que sempre conseguem explicar o inexplicável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário