Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

domingo, 9 de janeiro de 2011

Só uma normalidade restrita...



Não sou louca, apenas tenho a normalidade restrita.
Às vezes, minha falta de orgulho beira o ridículo.
Outras, uma vergonha de não sei o quê é quase estúpida.
Meu romantismo tropeça na fantasia.
E minha realidade se abandona...

Tenho urgência por viajar, conhecer o novo.
O novo me fascina, me estimula...
Mas tenho um forte apego ao que já é.

Minha compulsão, às vezes momentânea, por palavras é só uma necessidade de entender o mundo!
E por gostar tanto é que vem delas as coisas que mais me irritam: mentiras, palavras sem compromisso, fofocas...
Me deparo com todos tipos delas (palavras): as significativas, as inúteis e as cortantes!
Minha fé nas pessoas é uma decisão, e minha fé em Deus é o que me sustenta.

Tenho a mente aberta, mas alicerçada em princípios vitais.
Ando com sorriso na alma, mesmo que eu esteja mergulhada em lágrimas.
'É só uma tempestade, vai passar', assim eu penso.
Tropeço após tropeço não adiantam para me fazer descrêr no amor, nas pessoas e na vida.
Meu coração tem pernas firmes. Pode até bambear, mas não cai.

2 comentários:

  1. A autoria é sua, Rê? ADOREI!!!
    "não sou louca, apenas tenho a normalidade restrita" (RS)
    "Outras, uma vergonha de não sei o quê é quase estúpida." (EU TB!)
    "Tenho a mente aberta, mas alicerçada em princípios vitais" (PERFEITO!)

    ResponderExcluir
  2. Oiii....Sim sim....os textos postados aqui são de minha autoria! Se coloco algo de alguém dou seu devido direito autoral..rsrsrs...
    Bigada!
    Que bom que gostou!
    =)
    Bjoooooooooo

    ResponderExcluir