Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Só um bate-papo...

Infelizmente, queremos o amor, mas temos vergonha de expressá-lo e assumi-lo.
Tudo errado. Tudo errado!
Dizer que gosta ou homenagear, ou de tão feliz querer gritar ao mundo...é crime???
Crime é banalizar a vida, o sentimento...Colocar tudo dentro dos parênteses.
Crime é ter o dinheiro como Senhor...é não entender o "carpe diem".

Um amigo indignado (ironizando) disse que não é bom que deixemos rastros de amor (mensagens, scraps, post...sei lá).
Eu acho realmente incrível isso! Pra falar besteira, pra abrir a boca e transmitir morte, pornografia, trabalho, dinheiro...pra falar disso podemos expor, podemos mostrar ao mundo, mas pra falar de vida, de coisas que realmente importam, pra falar de coisas eternas, e de Deus...temos vergonha! É isso mesmo????Nãoo, não pode ser!
E por que não deixar rastros de sentimentos tão nobres? Devemos apagar é o desamor, o rancor, o orgulho, a falta de verdade...
Vergonha por ter um dia amado??? Vergonha é não amar!

E por falar em não amar e tal...Sempre penso muito em como funciona a alma humana e vejo que, às vezes, até sabemos amar, MAS não sabemos ser amados.
Não sabemos receber aquele amor que não cobra, que acolhe...aquele amor saudável nos assusta!Muitas vezes, no inconsciente achamos que é muito pra nós, não merecemos,...É muito "não" que guardamos no peito. Creio que é hora de jogá-los fora!
E aceitarmos, simples assim, o amor cru.

Eu, sinceramente, quero aprender a cada dia a amar e ser amada.


obs: sei que falo muito de amor, mas é que tudo esbarra no amor, tudo esbarra em Deus...e é do que meu coração se enche.

Nenhum comentário:

Postar um comentário