Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

sábado, 8 de janeiro de 2011

Falta coragem.

Vez ou outra a gente esconde um sentimento atrás do desejo.
Muda o nome de paixão para tesão, como se fosse possível mudar algo aqui dentro também.
Penso que deveria ser mais fácil falar de sentimentos tão nobres do que expor toda nossa carnalidade...Mas nem sempre é.
É preciso entender a linguagem do outro, a linguagem da gente e então traduzi-la.
O problema é quando não se traduz, não se assume...Então, começam os erros na comunicação.
Mesmo quando usamos linguagens diferentes, a verdade deve existir. Caso contrário, aparecem as frustrações.
Acredito que quando há sentimento, o desejo é potencializado à casa dos milhares e passa a ser inegável, e a necessidade de saciá-lo passa a ser quase um caso de 'vida ou morte'.
Mas quando é só desejo...passa. Simplesmente passa. É vazio, tosco...em vão.

E ainda fico questionando por que é mais fácil, para muitos, expor o corpo do que a alma? Já que deveriam andar juntos...
Falta coragem pra sentir.
Falta coragem pra lutar por um sentimento e sobra pra saciar o corpo.
Falta coragem de VIVER.
Falta...


obs: texto tão bagunçado quanto minha mente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário