Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Vesti-me toda pra você.



Eu acreditei que virias
Tomei um banho, lavei a alma
Enxuguei o corpo e as lágrimas
Vesti um vestido preto um pouco curto
Enfeitei meus cabelos
Coloquei um salto alto
Pintei otimismo nos olhos. Pronto, maquiada eu estava.
Botei um sorriso no rosto
E me perfumei.
Vesti-me toda pra você.

O relógio disparou
O tempo correu
E você não apareceu.

Voltei pra casa com o otimismo borrado.
O batom intacto.
O sorriso caiu no meio do caminho.
O salto alto veio carregado nas mãos
Os pés vieram cansados
Tirei o vestido
Me olhei.
Me despi toda pra você
E você não apareceu.
Nem uma explicação me deu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário