Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

sábado, 20 de novembro de 2010

Pra eternizar.





Hoje acordei sem despertar
Chorei sem lágrima rolar
Gritei sem barulho fazer
Olhei sem enxergar
Escrevi sem dizer
Disse sem pensar
Pensei.
Pensei muito e comecei a imaginar.

Imaginei nós dois sem parar
Fiquei feliz sem perto estar
Senti falta sem possuir
Possuí sem querer
Quis, quis tanto...e ainda quero sem perceber.

Caminhei sem rumo ter
Parei.
Parei sem descansar.
Cansei de te chamar.
Chamei por muito amar.
Amei, aliás amo, por simplesmente amar.
E te espero pra gente eternizar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário