Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

domingo, 19 de setembro de 2010

Basta ser humano.



- Sabe, sempre foi mais fácil pra mim não reagir às coisas, aos desafetos, e até mesmo ao amor.
- Como assim?
- Ué, se me amassem, ótimo. Se me odiassem, tanto faz.
- Mas e se VOCÊ amasse?
- Nunca soube como agir. Achava bom, a sensação era gostosa, mas...podia acabar então...não me entregava tanto.
- Não. Você não se entregava. Não existe 'meia entrega'. [...] e se a pessoa que você 'amava' se cansasse de sua 'mornidão' ?
- Eu terminava.
-Mas por que? Se vocês se gostavam? Precisa de mais motivo pra ficar junto?

[SILÊNCIO].

- ok. Mas então, você sofria, ficava mal, né?
- Não. Bola pra frente!
- Mas não é uma questão de fazer drama. É simplesmente respeitar o que se sente. Não adianta fingir que nada aconteceu, sair com os amigos e tal...Sinta-se, respeite-se.[...] É....ser simplesmente humano não é uma coisa tão fácil pra você, né...

Nenhum comentário:

Postar um comentário