Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Texto de Maya Angelou.

Quando digo... "eu sou cristã", não estou gritando "eu sou pura". Estou sussurrando "eu estava perdida, agora eu fui encontrada e perdoada". E não falo disto com orgulho. Estou confessando que eu tropecei e preciso de Cristo para ser meu guia. Também não estou tentando ser forte. Estou confessando que sou fraca e preciso de Sua força para continuar.

Quando digo... "eu sou cristã", não estou me gabando de sucesso. Estou admitindo que tenho falhado e preciso de Deus para limpar minha bagunça. Não estou clamando ser perfeita, minhas falhas são muito visiveis, mas Deus acredita que mereço.


Quando digo... "eu sou cristã", eu ainda sinto a ferroada da dor. Eu tenho minha parcela de angústias, então, eu chamo por Seu nome. E não afirmo que sou mais santa que você, sou apenas uma simples pecadora que recebeu a boa graça de Deus de alguma forma.

(Maya Angelou)



obs: faço das palavras dela, as minhas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário