Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Sobre Introdução, prefácio...



Como venho falando muito em leitura, livros e tal...

Nada contra a "Introdução", o "Prefácio"...ou seja lá o nome que você queira dar. Aliás, todo livro deve ter, eles não surgem do nada. MAS...eles(introd., prefac...) devem saber seu lugar.
Prefácio fica no início e pronto. Não adianta querer se enfiar entre um capítulo e outro.
Acho legal e até bonito o autor do livro não ignorá-los mas é meio absurdo permitir que eles se achem donos da obra só porque precederam vários capítulos...
A gente não vê o capítulo 32 se metendo entre os capítulos 5 e 7. Nem o capítulo 2 entre o 43 e 45. Todo mundo sabe que entre o 5 e 7, está o 6, e entre o 43 e o 45 está o 44. Existe uma "ordem" que deve ser respeitada.
Não sei se é questão de respeito, consideração ou simplesmente consciência cronológica das coisas.

Agora...se o autor quer enfiar tudo numa pasta ao invés de dar continuidade ao livro,...nem sei. Ou se considera a introdução mais importante que os demais capítulos....melhor é transformá-la em clímax da história ou argumento, ou algo que a torne presente mesmo que tenha passado.
Porque o passado sempre vai existir mas nunca deve estar no lugar do presente.

Pelo menos...eu acho.

Um comentário:

  1. Friend q profundo isso! Rs...melhor msm é a historia c início, meio e fim como td na vida!

    ResponderExcluir