Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

O Menino do banheiro.



Não via saída ou resposta.
Ele entrou no banheiro, bateu a porta e disse com a voz embargada: "Eu devo ter algum problema".
Sua voz ecoou e ele pensou não estar sozinho nessa.
Mas logo ele olhou para o espelho ali na sua frente e não viu nada. Nem o dono da outra voz nem o problema.
Decepção.
Sua entrada ao banheiro não lhe trouxe nenhuma saída. Nenhuma resposta. Até porque ele não perguntou nada, já chegou afirmando.




Por isso que eu falo: Não se pode confiar nem em banheiros. Nossa voz ecoa demais e o espelho pode distorcer as coisas.

Um comentário: