Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

sábado, 5 de dezembro de 2009

Um Soneto sem sentido.

Eu gostei desse negócio rimado
A gente fica logo pensando qual será a palavra do combinado.
E mesmo que o poema fique mal explicado
A gente segue escrevendo um verso quase forçado.

Aí as palavras que antes vinham sem sentido
Agora fazem parte de um discurso esquecido.
Eu vou fazer um soneto
Eu prometo.

O difícil é que o soneto é uma 'composição poética
Formada por 2 quartetos e 2 tercetos' de brincadeira
Por isso temo que ele não se complete e fique apenas na beira.

Falta apenas uma estrofe com três versos
E como regra é regra
Deixarei aqui meus pensamentos ainda imersos.

Um comentário: