Dupla Delícia.

Dupla Delícia.

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Ah..o Vento!



O som dele me envolve. É uma melodia flexível, depende do momento.

Ele leva pra longe tudo aquilo que me agride, que me atormenta.

Ele assopra a ferida que ainda está aberta e por alguns instantes, ela pára de arder.

Ele seca as lágrimas sem fim que escorrem descontroladamente.

Ele acalma minha mente quando, em meio a um turbilhão de pensamentos, parece que vai explodir.

Ele me traz alegria e liberdade!

Ele me leva à uma viagem sem tirar os pés do chão.

Ele traz uma nova canção quando tudo parece mudo demais.

Ele traz a chuva quando o deserto parece não ter fim.

Ah! Mas quem dera se o vento levasse embora o amor que sinto por você, sem razão ou “por quê”, e eu parasse de sofrer e de te querer.

Onde eu mais preciso dele...ele não consegue chegar.

Meu coração tem paredes de vidro que não querem quebrar.

Ah...o Vento!



Escrito por Rê Marra no dia 30/07/2009 às 17h20

Nenhum comentário:

Postar um comentário